quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Compartilhe

Faltando apenas uma rodada para o final da temporada regular, e com mais uma atuação inacreditável de Todd Gurley, chegamos ao final da semana 16. Sendo assim, como fazemos todas as quartas feiras, separamos e comentamos as melhores jogadas da rodada. É hora de conferir o TOP 5 da semana 16 da NFL.

LEIA MAIS: TOP 5 – Melhores jogadas da semana 15

5) K’Waun Williams com uma interceptação sensacional

Começamos o nosso top 5 com a primeira jogada do 49ers que aparece nesta coluna. Uma bela jogada pode acontecer a qualquer momento e mesmo em um time sem muitas perspectivas, porém, no caso da equipe de San Francisco, este lance é simbólico. Além de Jimmy Garoppolo, que é o responsável por grande parte do otimismo do torcedor para o futuro, a defesa da equipe também tem dado mostras de que pode ser uma unidade mais confiável na próxima temporada. Na jogada acima temos um belíssimo turnover conseguido por Williams que ajudou na conquista de mais uma vitória para a equipe. Um detalhe interessante da jogada é o posicionamento do DB que é o 2º defensor alinhando de cima para baixo no vídeo. Note que quando a jogada se inicia, K’Waun apenas recua uns passou e não segue na marcação do WR que estava alinhado a sua frente. Na sequência, a tentativa de passe é para o WR Keenan Cole que faz um corte para o meio em sua rota aproveitando o espaço exatamente atrás de Williams, porém o DB se estica e consegue a belíssima interceptação sobre Blake Bortles.

4) Todd Gurley conseguindo “apenas” o seu 19º TD na temporada

É difícil descrever os últimos dois jogos de Todd Gurley. Não que o resto de sua temporada seja ruim – longe disso – o RB é um legítimo candidato ao prêmio de MVP, entretanto, as duas últimas partidas são surreais. Após uma temporada decepcionante em 2016, o RB do Rams tem sido o coração do ataque da equipe. Com quase 2100 jardas de scrimmage e 19 TDs, Gurley parece simplesmente ignorar marcadores e nos passa a sensação de estar em uma voltagem diferente dos demais adversários. Na jogada destacada, podemos notar um bom exemplo disto. Repare que Goff recebe a bola e já sofre a pressão da defesa do Titans que havia mandado uma blitz. O QB rapidamente consegue conectar Gurley que recebe ótimos bloqueios e avança 80 jardas até a end zone. Alguns detalhes são interessantes nesta jogada. O primeiro deles é que, mais uma vez, os bloqueios do Rams após a recepção de Gurley são sensacionais, e isto não só da OL, mas também dos WRs. Outro ponto que merece destaque é a velocidade de Gurley quando encontra o campo aberto. No vídeo é possível ver uma “mudança de marcha” do RB quando passa da linha de 30 jardas. Por último, é curioso imaginar a situação caso Goff não tivesse conseguido o passe, provavelmente, algumas pessoas diriam que a culpa é de Gurley que não fez o bloqueio na blitz do Titans.

3) Rob Gronkowski mostrando porque é um jogador único

A conexão Brady/Gronk é uma das mais prolíficas da história da NFL. Apesar das várias lesões do TE, os números desta parceria só aumentam. Nesta temporada são 1084 jardas e 8 TDs para Rob. Como dito acima, o único “marcador” que realmente tem sucesso contra Gronk é o seu próprio corpo. No lance destacado, podemos ter uma boa mostra disto. O TE do Patriots tem uma combinação única de tamanho e velocidade, associada a uma incrível capacidade de recepção que o torna um encaixe ruim para qualquer defensor. No Vídeo, é possível observar que Gronk está alinhado na parte de cima da imagem, e com o safety Micah Hyde alinhado a sua frente e, neste ponto, começam os problemas para as defesas. Quando se escala um DB para marcar o jogador, Gronk costuma vencer com a vantagem física. Entretanto, caso a opção seja por um LB, o TE do Patriots leva vantagem por ser muito mais veloz do que a maioria deles. Neste jogada fica claro que Hyde consegue acompanhar na velocidade, porém, com sua altura e habilidade, o atleta do Patriots conquista uma belíssima recepção. Na repetição do lance é possível ver como Gronk demonstra bastante noção de espaço e controle corporal para finalizar a jogada.

Leia textos exclusivos a cada semana sobre todos os times da NFL. Seja um assinante L32

2) Marshon Lattimore com a mais inusitada interceptação da temporada

Marshon Lattimore é um fortíssimo candidato a calouro defensivo do ano. O CB do Saints vem jogando em altíssimo nível e tem demonstrado na NFL todas as qualidades que o fizeram ser apontado como o melhor CB de sua classe. Um dos grandes responsáveis pela melhora da secundária do Saints, Lattimore tem obtido sucesso marcando os melhores recebedores adversários. No entanto, no lance acima, o CB acaba batido na marcação de forma que o WR Marvin Hall (17) chega a tocar na bola, mas acaba dropando o passe de Matt Ryan. Na sequência do lance, acontece algo totalmente inusitado com a bola caindo sobre o corpo de Lattimore sem que o CB ao menos percebesse o que havia ocorrido. Os companheiros da defesa do Saints que notam o inacreditável lance e acabam alertando Lattimore que consegue controlar a bola usando partes peculiares de seu corpo. Além de único e inusitado, a jogada de Marshon garantiu um importante turnover para o Saints que capitalizou com um belo TD de Ted Ginn JR. O Saints está nos playoffs e podemos afirmar que Marshon Lattimore contribuiu para isso com várias jogadas importantes, inclusive com esta que foi completamente inacreditável.

1) DeAndre Hopkins com a mais bela recepção da temporada

Chegamos a jogada mais bonita da semana! E este lance pode, tranquilamente, estar na disputa para o mais belo de toda a temporada. Algo que merece ser destacado é a capacidade de Hopkins em se destacar mesmo com QBs de qualidade duvidosa. Com exceção de Brock Osweiler, o talentoso WR protagoniza grandes lances mesmo quando não dispõe de muita qualidade nos passes lançados em sua direção. Na temporada atual são 1378 jardas e 13 TDs para o recebedor que está entre os 5 melhores da NFL atualmente. Na jogada, podemos observar que Hopkins está alinhado na parte superior do video e recebe a marcação do CB Joe Haden (21). Após o Snap, Hopkins recebe o passe com a marcação bem próxima de Haden, entretanto Hopkins demonstra mais uma vez que é espetacular. A jogada é tão fantástica que só pode ser compreendida com os replays. Observe nas repetições que Hopkins toca com a mão direita, consegue a posse da bola usando apenas a esquerda e, o mais impressionante, consegue colocar os dois pés em campo para validar a recepção. Uma jogada deste nível é raríssima e se torna incontestável no topo de nossa seleção. DeAndre Hopkins conseguiu a recepção do ano!

Estas foram as melhores jogadas da semana 16. Gostaram? Faltou algum lance? Comentem!


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

 

 

 

 

 

Compartilhe

2 Comentários

Leave A Reply