TOP 10 – Wide Receivers

21 de julho de 2016
Tags: bengals, broncos, cardinals, cowboys, falcons, giants, jets, packers, rodrigo perrotta, steelers, texans, top 10, wide receivers,

top-10

Seguindo com a série de textos com as listas dos dez melhores jogadores da liga em cada posições, hoje vamos falar sobre os Wide Receivers. Um bom jogador da posição deve ter velocidade, agilidade, boas mãos, força, altura e fazer boas rotas. Antes de comentar, elogiar ou criticar lembre-se que o critério foi uma soma da CARREIRA com o MOMENTO ATUAL vivido pelos jogadores e a lista traz uma opinião, então não é uma verdade absoluta e todos são livres para discordar. Calouros na temporada passada não entram na lista, pois, em nosso julgamento, um ano na NFL é muito pouco para colocar um jogador entre os dez melhores da posição.

LEIA MAIS: TOP 10 – Cornerbacks
LEIA MAIS: TOP 10 – Safeties

10º) DeAndre Hopkins – Houston Texans

deandre-hopkins-texans top 10

Selecionado em 2013 com a missão de ser o sucessor de Andre Johnson, o jovem recebedor está saindo até melhor que a encomenda. Em sua temporada de calouro, ainda com o veterano em ação em alto nível, foram tímidas 802 jardas recebidas e apenas 2 TDs anotados, mas DeAndre Hopkins mostrou ter força e velocidade necessária para ser o dono da posição, tanto que no ano seguinte somou 1.210 jardas recebidas e 6 TDs. Sem Johnson no time ano passado, Hopkins finalmente explodiu na NFL, mesmo recebendo passes de quatro QBs diferentes ao longo da temporada. Ele foi um dos responsáveis pelo título da AFC Sul e provou ser um atleta de elite com suas 111 recepções para 1.521 jardas e 11 TDs recebidos através dos “incríveis” Brian Hoyer, Ryan Mallett, T.J. Yates e Brandon Weeden. Com apenas 24 anos, após suas fantásticas atuações, obviamente ele foi escolhido para o Pro Bowl e entrou de vez para o grupo de melhores WRs da NFL.

9º) Demaryius Thomas – Denver Broncos

Demaryius Thomas top 10 broncos

Desde 2010 na NFL, Demaryius Thomas só foi fazer barulho mesmo com a chegada de Peyton Manning no time em 2012. Ele se tornou titular absoluto, principal alvo do time e sua produção dentro de campo foi simplesmente incrível: três temporadas seguidas com mais de 1.400 jardas recebidas e mais de 10 TDs, com três escolhas para o Pro Bowl. No ano passado, com Manning caminhando para a aposentadoria e fora de grande parte do campeonato, os números de Thomas caíram quando Brock Osweiler assumiu a posição, mas mesmo assim ele terminou a temporada com mais de 100 recepções, 1.304 jardas recebidas e 6 TDs. Muitos creditavam seu sucesso a Peyton Manning, mas agora sem o lendário QB no comando do ataque, poderemos saber se Thomas consegue se virar com qualquer um lançando a bola ou realmente não era isso tudo.

8º) Jordy Nelson – Green Bay Packers

Jordy-Nelson packers top 10

Selecionado em 2008, Jordy Nelson só tomou conta da posição após as saídas de Greg Jennings, Donald Driver e James Jones, mas desde então mostrou ser o nome certo para o Green Bay Packers. Com uma grande capacidade de ganhar jardas após a recepção, ele soma três grandes temporadas nos últimos anos e, se não tivesse ficado de fora do campeonato ano passado, poderia ter ajudado a equipe chegar até o Super Bowl. A última temporada antes da lesão foi a melhor da carreira de Nelson – 98 recepções para 1.519 jardas e 13 TDs – o colocou no Pro Bowl pela primeira vez e agora, de volta aos gramados, tem tudo para conseguir números iguais ou melhores jogando ao lado de Aaron Rodgers, que confia de olhos fechados em seu recebedor principal.

7º) Larry Fitzgerald – Arizona Cardinals

larry-fitzgerald top 10 cardinals

Chegamos ao mais velho da lista e o que possui maiores chances de entrar para o Hall da Fama quando se aposentar. Com 13.366 jardas recebidas em sua carreira de 12 temporadas, Larry Fitzgerald terá a chance de pular para o grupo dos dez melhores na história e com seus 98 TDs anotados ele já ocupa a 11ª posição entre os recebedores. Caminhando para os 33 anos de idade, não tem mais a mesma velocidade de anos anteriores, por isso começou a atuar mais no meio do campo na temporada passada. Usando sua força e, principalmente, sua inteligência, Fitzgerald conseguiu passar das 1.000 jardas recebidas depois de três temporadas seguidas falhando – muito por causa da instabilidade entre os QBs do Arizona Cardinals – e passou das 100 recepções pela terceira vez na carreira. Com nove escolhas para o Pro Bowl nas costas e uma participação no All-Pro Team, ele pode ser considerado o maior jogador da história da franquia.

6º) A.J. Green – Cincinnati Bengals

aj green bengals top 10

Uma combinação perfeita de altura, velocidade e agilidade que resulta em um recebedor completo como A.J. Green. Com cinco temporadas de experiência na NFL, foi escolhido para o Pro Bowl em todas e também sempre passou das 1.000 jardas recebidas, mostrando uma regularidade rara para um jovem atleta. Titular absoluto desde que se tornou profissional com o Cincinnati Bengals, ele é a principal referência do ataque do time e já soma 45 TDs em apenas cinco anos. Suas atuações ainda não foram suficientes para ajudar a equipe na pós-temporada, mas o tornaram um dos melhores da NFL em sua posição.

5º) Odell Beckham Jr. – New York Giants

odell beckham top 10 giants

A maior sensação da NFL nos últimos dois anos responde pelo nome de Odell Beckham Jr. Ele ficou fora dos quatro primeiros jogos da temporada de 2014, mas assim que entrou em campo na liga profissional mostrou ser diferente. Com velocidade, agilidade boas mãos e rotas perfeitas, Beckham Jr. entrou rapidamente no grupo dos melhores WRs da NFL e vem quebrando recordes a cada ano que passa. Com duas participações no Pro Bowl e prêmio de “Offensive Rookie of the Year” nas costas, ele é o recordista de jardas recebidas nos dois primeiros anos como profissional, deixando para trás um tal de Randy Moss, e é o 2º com mais TDs recebidos nos dois primeiros anos na liga. Provando dentro de campo toda a expectativa colocada em cima dele, é apenas uma questão de tempo para o jovem atleta subir de posição nesta lista.

4º) Dez Bryant – Dallas Cowboys

dez bryant cowboys top 10

Desde que se tornou profissional em 2010, apenas Rob Gronkowski e o recém-aposentado Calvin Johnson anotaram mais TDs do que Dez Bryant. Atuando com a camisa 88 “abençoada” por Michael Irvin, virou titular absoluto em sua segunda temporada e desde então se transformou em um dos melhores da NFL. Após três temporadas seguidas com mais de 1.200 jardas recebidas e 12 TDs em cada uma, Bryant foi para o All-Pro Team uma vez e para o Pro Bowl em duas oportunidades. Porém, sofreu com uma lesão no pé no início do ano passado e, quando voltou aos gramados, Tony Romo se machucou, deixando a posição com o “glorioso” Matt Cassel, que por algum motivo evitava lançar na direção do principal recebedor do time. Agora recuperado e com seu QB saudável, Dez Bryant espera retomar as grandes atuações.

3º) Brandon Marshall – New York Jets

brandon-marshall-jets top 10

É difícil pensar em algum recebedor tão produtivo em times diferentes quanto Brandon Marshall. Ele realmente prova que é diferenciado, não importa quem esteja lançando passes em sua direção e em que time esteja. Com passagem por Denver Broncos, Miami Dolphins, Chicago Bears e New York Jets, é o único na história da NFL a ter temporadas de 1.000 jardas recebidas por quatro equipes diferentes, lembrando que ele atuou ao lado de Jay Cutler, Chad Henne, Matt Moore e Ryan Fitzpatrick. Como se isso já não fosse o suficiente, ele é também é o único com seis temporadas com mais de 100 recepções e em dez temporadas como profissional só não passou das 1.000 jardas recebidas em duas. Vindo da melhor temporada de sua carreira e com 32 anos de idade, Marshall não dá nenhum sinal de que está perto de se aposentar, continua fazendo rotas com perfeição e brigando por passes em qualquer lugar.

2º) Julio Jones – Atlanta Falcons

Julio Jones falcons top 10

É quase impossível achar algum defeito em Julio Jones como jogador de futebol americano. Com altura, força, velocidade e boas mãos, ele tem as principais características para ser um grande recebedor na NFL. Após só cinco anos como profissional, vem de duas temporadas simplesmente assustadoras com o Atlanta Falcons. Depois de um início instável e uma lesão que encurtou a temporada de 2013, Jones recebeu 104 passes para 1.593 jardas e 6 TDs. Ano passado, quando achávamos que não dava para melhorar, foram 136 recepções – 7 a menos do que o recorde de Marvin Harrison – para 1.871 jardas – 93 a menos que o recorde de Calvin Johnson – e 8 TDs, números que, obviamente, o colocaram pela primeira vez no All-Pro Team. Por jogar em uma equipe sem tanta expressão, às vezes não dão o crédito necessário a Julio Jones, mas é impossível não considerá-lo um dos melhores.

1º) Antonio Brown – Pittsburgh Steelers

Antonio-Brown-New-York-Jets-v-Pittsburgh-Steelers-Tl7HiV1HWprl

Depois do que Antonio Brown fez nas três últimas temporadas é impossível não colocá-lo no topo da lista dos melhores WRs da NFL. Selecionado apenas na 6ª rodada em 2010, começou a participar mais das partidas em sua segunda temporada como profissional e desde então só vem melhorando. São três anos seguidos com mais de 100 recepções, mais de 1.400 jardas e pelo menos 8 TDs em cada. Brown é dono do recorde de mais recepções em duas temporadas seguidas (265) e também em três temporadas seguidas (375). Além disso, é o único da história com quatro jogos em uma única temporada com mais de 175 jardas recebidas e o único com duas partidas recebendo pelo menos 16 passes em uma temporada. Quebrando recordes a cada ano que passa, Brown é um recebedor que pode atuar em qualquer parte do campo e se conseguir o mínimo de espaço após receber o passe ele é capaz de fazer um grande estrago nas defesas adversárias.

Postagens Relacionadas









Rodrigo Perrotta teve seu primeiro contato com a NFL em 2006, mas só em 2010 começou a se interessar por tudo ao redor da liga. A cada ano fica mais fascinado pelo esporte. Responsável pela edição e revisão dos textos publicados no site e por uma matéria semanal. No Twitter: @roddperrotta