Suspensão de Ezekiel Elliott é restabelecida. Como isso afeta o Cowboys?

13 de outubro de 2017
Tags: Dallas Cowboys, Lucas Teixeira, matérias,

Uma decisão judicial expedida na tarde desta quinta-feira por uma Corte Federal em New Orleans revogou o efeito suspensivo que postergava a suspensão imposta pela NFL ao running back Ezekiel Elliott. A liminar obtida pelo RB do Dallas Cowboys em primeira instância, poucos dias antes da sua estreia na temporada regular ordenava que a suspensão de 6 jogos só poderia valer após uma decisão jurídica final sobre o caso. Mas hoje, por 2 votos a 1, os juízes chegaram a decisão de que o tribunal distrital onde a liminar foi expedida não teria jurisdição sobre o caso.

LEIA MAIS: O Cowboys precisa que Prescott e Bryant estejam na mesma página

Ezekiel Elliott foi suspenso por 6 jogos pela NFL após uma longa investigação que se iniciou com acusações de violência doméstica feitas pela ex-namorada do jogador, Tiffany Thompson. Outros incidentes disciplinares também jogaram contra o RB do Cowboys: uma briga de bar em que um DJ saiu com um nariz quebrado e ter abaixado a blusa de uma mulher – expondo seus seios – durante uma festa. Nenhum destes casos foi adiante na esfera criminal, mas a NFL julgou que as evidências encontradas contra ele eram suficientes para a punição na área trabalhista.

Elliott ainda pode recorrer desta última decisão, o que ele muito provavelmente o fará. Mas, por enquanto, a suspensão está em vigor e ele não pode sequer entrar no centro de treinamento do Cowboys. O time está na sua semana de folga, então o primeiro jogo da suspensão será cumprido apenas na semana que vem, contra o San Francisco 49ers. Ele também fica fora dos jogos contra Washington Redskins, Kansas City Chiefs, Atlanta Falcons, Philadelphia Eagles e Los Angeles Chargers. Seu retorno seria no segundo jogo contra o Redskins, apenas na Semana 13.

LEIA MAIS: Power Ranking – A triste semana 5

Esportivamente falando, a ausência de Elliott obviamente seria uma enorme perda para o Dallas Cowboys. Com ele em campo a temporada já vinha sendo de atuações inconsistentes, sem ele as coisas tendem a piorar e as chances de playoffs ficariam bem pequenas. Seu lugar na escalação será ocupado por Alfred Morris ou talvez uma divisão de snaps entre Morris e Darren McFadden, ambos jogadores regulares, mas que não impõem nas defesas adversárias o mesmo medo e respeito que Zeke coloca. Especialmente porque a linha ofensiva do time, embora ainda seja muito boa, já não é mais a mesma potência que era no ano passado.

Com isso, claro, aumenta a responsabilidade em cima de Dak Prescott, que será um jogador muito mais visado pelos adversários, tanto com suas corridas quanto no jogo aéreo. Dez Bryant terá que jogar como um verdadeiro recebedor número 1, figuras como Terrance Williams, Brice Butler e Cole Beasley também terão que ser mais e melhor usadas. É muito importante que o ataque do Cowboys consiga segurar as pontas e manter o ritmo, pois a defesa deles tem vários jogadores ainda jovens e em desenvolvimento. Caso situações como a do jogo contra o Green Bay Packers se repitam (falo de shootouts – e o Cowboys ainda enfrentará alguns excelentes ataques aéreos), a tendência é que o time fique em desvantagem. A equipe precisa que o ataque fique mais tempo em campo e controle o relógio.

E há também o calendário, com os confrontos citados acima. Os 10 dias que o time tem entre a volta da suspensão e o primeiro jogo sem Elliott, contra o 49ers, pode ser uma boa para Jason Garrett testar algumas alternativas com relativa tranquilidade. Porque depois da visita a Santa Clara, a sequência é cruel. O Chiefs é o melhor time da NFL no momento, o Falcons também lidera sua divisão, e há os confrontos diretos contra Redskins e Eagles. Após a vitória de Philly no Thursday Night Football de ontem, a diferença chegou a 2,5 jogos e não seria surpreendente vê-los já quase inalcançáveis quando Zeke voltar. O jogo contra Washington também seria muito importante em uma eventual disputa por um Wild Card. Mesmo o jogo contra o Chargers pode ser perigoso caso o time chegue ao Thanksgiving com uma série de derrotas. A situação do Cowboys é muito delicada, e a sua temporada está por um fio.

Leia textos exclusivos a cada semana sobre todos os times da NFL. Seja um assinante L32


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Postagens Relacionadas









Lucas Teixeira é o setorista da NFC OESTE. Analisa Seahawks, 49ers, Rams e Cardinals às terças e quintas aqui no site. No projeto setoristas, falamos dos 32 times a cada duas semanas! Siga-o no Twitter para acompanhar mais da cobertura dessa divisão e debater sobre as matérias: @lucas_drc