sexta-feira, 29 de julho de 2016

Compartilhe

SEA

Desde a pancadaria entre o defensive end Frank Clark e o linha ofensiva Germain Ifedi, que culminou em ambos perdendo alguns treinos, o training camp do Seattle Seahawks vem transcorrendo sem maiores histórias que chamem atenção da mídia, pro bem ou pro mal. No jogo do último domingo, contra o Los Angeles Chargers, destaque para os calouros Kasen Williams (WR) e Chris Carson (RB), que não vinham sendo muito cotados antes dessa partida. Com vários jogadores sendo poupados, eles ficaram em campo por bastante tempo, e aproveitaram a oportunidade. Pode vir aí uma boa dor de cabeça para Pete Carroll na hora de definir os cortes.

Pela defesa, outro calouro que jogou muito bem foi o linha defensiva Nazair Jones. Embora, ao contrário dos jogadores citados no parágrafo anterior, Jones já fosse uma certeza no elenco final – por ter sido escolhido ainda na terceira rodada do draft – sua importância para o elenco aumentou repentinamente, devido ao acidente envolvendo Malik McDowell (que segue sem data para voltar aos treinos). Na secundária, Shaq Griffin e Pierre Desir foram os melhores, enquanto o novato Tedric Thompson falhou feio em uma cobertura que acabou em um touchdown longo do Chargers. Embora oscilações sejam normais entre os mais jovens, Thompson errou uma leitura relativamente fácil (seu CB estava no mano-a-mano com um WR muito mais rápido, e ele não se deslocou a tempo para a cobertura) em uma posição vital no esquema defensivo do time:  Free Safety. Como Earl Thomas perdeu vários jogos no ano passado, é imprescindível que seus reservas estejam em ponto de bala para uma nova eventual necessidade.

Compartilhe

Comments are closed.