Resumo dos Jogos – Semana 13

5 de dezembro de 2016
Tags: fernando mossmann, marcos filho, Rafael Storone, resumo dos jogos,

thoma1_20161205040416011_6752505_ver1-0_640_360

Perdeu alguma coisa da semana 13? Confira aqui nosso resumo de cada partida de mais uma rodada da NFL.

Minnesota Vikings (6-6) MIN 15 x 17 DAL Dallas Cowboys (11-1), U.S. Bank Stadium

Mesmo jogando fora de casa, o Dallas Cowboys não perdeu a sequência de vitórias. Chegando a sua décima primeira vitória seguida, o Cowboys teve novamente em Ezekiel Elliott uma das sua grandes forças. Com uma média de 4.3 jardas por corrida, Elliott foi responsável por 6 dos 17 pontos da equipe. Apesar da vitória, a equipe de Dallas não teve vida fácil. Com uma campanha de recuperação do Vikings nos últimos minutos e um touchdown com 30 segundos restantes para o fim da partida, Minnesota por muito pouco não acabou com a festa do Cowboys. Com a vitória na quinta-feira e a derrota do Redskins neste domingo, o Dallas Cowboys foi a primeira equipe da liga a garantir uma vaga nos playoffs.

Melhores da Partida

Minnesota Vikings MIN

QB Sam Bradford: 32/45 para 247 jardas e 1 TD, 2 corridas para 10 jardas

WR Adam Thielen: 7 recepções para 86 jardas

DE Everson Griffen: 8 tackles e 1 hit no Quarterback

Dallas Cowboys  DAL

RB Ezekiel Elliot: 20 corridas para 86 jardas e 1 TD, 4 recepções para 19 jardas

MLB Anthony Hitchens: 10 tackles, 1 sack, 1 tackle para perda de jardas, 1 passe desviado e 1 hit no Quarterback

S Barry Church: 9 tackles e 1 hit no Quarterback h


Green Bay Packers (6-6)  GB 21 x 13 HOU Houston Texans (6-6), Lambeau Field

Em um jogo disputado sob a neve de Wisconsin, o Green Bay Packers derrotou o Houston Texans por 21 a 13 para voltar a briga por uma vaga nos playoffs. Com direito a comemoração fazendo um anjo na neve de Randall Cobb e liderados por Aaron Rodgers, que parece aos poucos voltar a jogar como antes, o Packers volta a ficar com o mesmo número de vitórias e derrotas, após estar com um recorde de 4-6. Destaque grande também para Jordy Nelson, o melhor alvo de Rodgers na partida. Por outro lado, a terceira derrota seguida do Texans deixa a equipe empatada com o Tennessee Titans na liderança da divisão e apenas meia partida a frente do Indianapolis Colts. Contudo, o Colts joga nessa segunda contra o Jets e pode tomar de vez a primeira colocação na AFC South.

Melhores da Partida

Green Bay Packers GB

QB Aaron Rodgers: 20/30 para 209 jardas e 2 TDs, 3 corridas para 16 jardas

WR Jordy Nelson: 8 recepções para 118 jardas e 1 TD

SS Morgan Burnett: 9 tackles, 1 passe desviado e 1 hit no Quarterback

Houston Texans HOU

WR Will Fuller: 5 recepções para 59 jardas

WR DeAndre Hopkins: 3 recepções para 58 jardas e 1 TD

FS Quintin Demps: 7 tackles e 1 tackle para perda de jardas


Oakland Raiders (10-2) OAK 38 x 24 BUF Buffalo Bills (6-6), Oakland Coliseum 

Entrar no último quarto perdendo? Sem problemas para Derek Carr! O Quarterback do Oakland Raiders mais uma vez liderou sua equipe a uma reação nos últimos minutos da partida. Mesmo jogando em casa o Raiders não teve vida fácil contra o terceiro colocado da AFC East. Chegando a última etapa da partida um ponto atrás no placar, o Raiders buscou uma reviravolta para manter a sequência de vitórias e praticamente se garantir nos playoffs. Carr, com outra boa atuação, continua figurando entre os nomes discutidos para o prêmio de MVP da temporada regular. Outro grande destaque do jogo foi o RB Latavius Murray, com média de 4.1 jardas por corrida e 2 TDs. Na defesa Khalil Mack só não fez chover. Sensacional atuação do Raiders, mais uma vez. O Bills, por sua vez, perdeu a chance de encostar no Miami Dolphins e viu New England se distanciar ainda mais na liderança da divisão com a vitória sobre o Rams. Se há uma notícia boa foi a grande atuação de LeSean McCoy, alcançando quase 200 jardas totais.

Melhores da Partida

Oakland Raiders OAK

QB Derek Carr: 19/35 para 260 jardas e 2 TDs, 2 corridas para 4 jardas

RB Latavius Murray: 20 corridas para 82 jardas e 2 TDs, 3 recepções para 23 jardas

DE Khalil Mack: 7 tackles, 1 sack, 1 tackle para perda de jardas, 1 passe desviado, 1 hit no Quarterback, 1 fumble forçado e 1 fumble recuperado.

Buffalo Bills BUF

RB LeSean McCoy: 17 corridas para 130 jardas, 7 recepções para 61 jardas

FS Corey Graham: 11 tackles e 1 passe desviado

DE Kyle Williams: 9 tackles e 1 hit no Quarterback


Atlanta Falcons (75) ATL 28 x 29 KC Kansas City Chiefs (9-3), Georgia Dome

Em um confronto entre dois times com boas campanhas em 2016, o que se viu foi um excelente jogo. A partida começou num ritmo forte, com ambas as equipes anotando touchdowns em suas primeiras campanhas ofensivas, porém o K Cairo Santos teve a tentativa de XP bloqueada. Na sequência Atlanta converteu dois FGs para ampliar sua vantagem, mas o Chiefs rapidamente igualou o placar ao marcar mais um TD. Kansas foi para os vestiários com a liderança após uma pick-six anotada pelo S Eric Berry. Na segunda etapa, o Chiefs aumentou sua vantagem ao fazer outro TD logo de cara, entretanto o Falcons conseguiu dois TD no quarto final da partida e tinha tudo para ganhar o jogo. Foi aí que aconteceu a jogada da partida. Tentando ampliar sua vantagem para três pontos, o Falcons foi para uma conversão de dois pontos após o TD que lhe deu a liderança já no fim do jogo, mas o S Eric Berry interceptou a tentativa de passe do QB Matt Ryan e retornou para converter os dois pontos a favor do Chiefs. O lance marcou a primeira vez que um time virou a partida e a venceu devido a uma conversão defensiva de dois pontos desde a instituição dessa regra, em 2015. O S Eric Berry também se tornou o primeiro jogador a retornar para TD e conversão de dois pontos no mesmo jogo.

Melhores da partida

Atlanta Falcons ATL

QB Matt Ryan: 22/34, 297 jardas, 1 TD, 1 INT, 3 corridas, 23 jardas.

RB Devonta Freeman: 15 corridas, 56 jardas, 2 TDs, 4 recepções, 49 jardas.

LB De’Vondre Campbell: 5 tackles, 1 tackle para perda de jardas.

Kansas City Chiefs KC

QB Alex Smith: 21/25, 270 jardas, 1 TD.

RB Spencer Ware: 14 corridas, 29 jardas, 1 TD, 3 recepções, 23 jardas, 1 TD.

S Eric Berry: 2 tackles, 1 passe defendido, 1 INT, 1 TD.


Jacksonville Jaguars (2-10) JAC 10 x 20 DEN Denver Broncos (84), EverBank Field

Em jogo marcado pelo desempenho ruins dos QBs, o Denver Broncos saiu com uma importante vitória na briga pelos playoffs. O placar só foi inaugurado no segundo quarto, com um FG do Jaguars. O fim do primeiro tempo ainda viu o Broncos anotar um TD e um FG pra virar a partida. No segundo tempo, Denver aproveitou para consolidar sua liderança após uma pick-six lançada pelo QB Blake Bortles. No quarto derradeiro, a franquia da Flórida chegou a colocar a diferença em apenas uma posse de bola ao marcar um TD, porém os ataques de ambas as equipes pouco produziram a partir daí. O Broncos converteram um FG já no fim para dar números finais ao jogo.

Melhores da partida

Jacksonville Jaguars JAC

LB Telvin Smith: 6 tackles, 1 QB hit, 1 sack.

DT Sen’Derrick Marks: 3 tackles, 2 tackles para perda de jardas, 1 QB hit, 1 sack.

RB T.J. Yeldon: 14 corridas, 55 jardas, 3 recepções, 27 jardas.

Denver Broncos DEN

CB Bradley Roby: 3 tackles, 2 passes defendidos, 1 INT, 1 TD.

CB Chris Harris Jr.: 3 tackles, 2 passes defendidos, 1 INT.

RB Devontae Booker: 18 corridas, 35 jardas, 1 TD.


Arizona Cardinals (56-1) ARZ 31 x 23 WAS Washington Redskins (65-1), University of Phoenix Stadium

Com grandes atuações do QB Carson Palmer e do RB David Johnson, o Arizona Cardinals conquistou uma importante vitória e se manteve na briga por uma vaga nos playoffs. No jogo, o que se viu foi um primeiro tempo bem equilibrado, no qual as defesas se sobressaíram, porém um TD anotado pelo Cardinals logo na primeira campanha fez a diferença e o time da casa foi para o intervalo liderando por 10 x 6. Na segunda etapa, o Redskins virou o jogo logo no primeiro drive ao chegar a endzone. Na sequência, Arizona desperdiçou a chance de deixar tudo igual após erro em uma tentativa de FG. O terceiro período ainda foi marcado por 3 TDs, sendo dois a favor do Cardinals, que retomou a liderança. No último quarto, Washington reduziu a diferença para apenas um ponto e teve a posse de bola para virar novamente a partida, porém o CB Patrick Peterson interceptou o QB Kirk Cousins e deu a vitória para Arizona. A partida ainda foi especial para o WR Larry Fitzgerald, do Cardinals, que se tornou o jogador mais jovem a registrar 1.100 recepções na carreira e de quebra agora é o terceiro WR com mais recepções na história da liga, totalizando 1.106.

Melhores da partida

Arizona Cardinals ARZ

QB Carson Palmer: 30/46, 300 jardas, 3 TDs.

RB David Johnson: 18 corridas, 84 jardas, 1 TD, 9 recepções, 91 jardas, 1 TD.

CB Patrick Peterson: 3 tackles, 1 passe defendido, 1 INT.

Washington Redskins WAS

QB Kirk Cousins: 21/37, 271 jardas, 1 TD, 1 INT, 2 corridas, 1 TD.

WR Jamison Crowder: 3 recepções, 42 jardas, 1 TD.

DE Trent Murphy: 3 tackles, 1 tackle para perda de jardas, 1 passe defendido, 1 QB hit, 1 sack.


Seattle Seahawks (83-1) SEA 40 x 07 logo panthers Carolina Panthers (48), CenturyLink Field

No aguardado reencontro entre as duas equipes que fizeram a final da NFC na temporada passada, quem levou a melhor foi o Seattle Seahawks, que conquistou uma vitória convincente e consolidou sua liderança na NFC Oeste. No jogo, o que se viu foi um atropelamento por parte de Seattle. O Panthers surpreendeu ao começar o jogo com o QB Derek Anderson, reserva de Cam Newton, e pagou caro por isso. Logo no primeiro lance de Anderson, ele foi interceptado pelo LB Mike Morgan. O turnover se transformou em FG na campanha seguinte do Seahawks, que largou na frente. O primeiro quarto ainda viu mais um TD dos donos da casa, ampliando sua vantagem. No segundo período, uma sequência de turnovers resultou no único TD que Carolina marcaria na partida, o que deixou a diferença em apenas uma posse de bola e esquentou o jogo naquele momento. Na campanha seguinte, porém, Seattle abriu novamente uma vantagem confortável ao anotar outro TD. O primeiro tempo se encerrou com mais dois FGs a favor do Seahawks, que foi para o intervalo com 23 x 7 no marcador. A notícia ruim ficou por conta da lesão do S Earl Thomas, que saiu do jogo com uma fratura na tíbia. No segundo tempo, o domínio do Seahawks se manteve e a franquia chegou a endzone mais uma vez logo em sua primeira campanha nessa etapa. A vantagem ficou ainda maior no último quarto, quando o Seattle deu números finais a partida ao anotar outro TD e converter um FG.

Melhores da partida

Seattle Seahawks SEA

RB Thomas Rawls: 15 corridas, 106 jardas, 2 TDs, 1 recepção, 12 jardas.

QB Russell Wilson: 26/36, 277 jardas, 1 TD, 1 INT, 3 corridas, 29 jardas.

LB Mike Morgan: 5 tackles, 1 passe defendido, 1 INT.

Carolina Panthers logo panthers

S Tre Boston: 4 tackles, 2 passes defendidos, 1 INT.

WR Ted Ginn Jr.: 5 recepções, 80 jardas, 1 TD.

LB Thomas Davis: 8 tackles, 1 QB hit, 0,5 sack.


Chicago Bears (3-9)CHI26 x 6SFSan Francisco 49ers (1-11), Soldier Field

Em um duelo de equipes fracas, o Chicago Bears conseguiu boa dinâmica no ataque, obtendo sucesso principalmente por terra. A defesa fez sua parte sacando o quarterback adversário seis vezes e permitindo apenas 28% de conversão de terceiras descidas. O 49ers teve uma partida horrível em termos de ataque aéreo. Com dois quarterbacks diferentes o time não passou das 39 jardas aéreas. Sim, dois quarterbacks (Gabbert e Kaepernick) combinaram para 39 jardas, tornando impossível qualquer tipo de produção ofensiva. Carlos Hyde, RB do 49ers, foi responsável por 70% das jardas totais de sua equipe. O runnning back calouro da equipe do Bears, Jordan Howard, foi o quinto calouro da história do Bears a correr para três touchdowns em uma mesma partida.

Melhores da partida

Chicago BearsCHI

RB Jordan Howard: 32 corridas para 117 jardas e 3 TD.

WR Josh Bellamy: 4 recepções para 93 jardas.

De Akiem Hicks: 8 tackles solo, 2 assistências, 2 sacks e 1 fumble forçado.

San Francisco 49ersSF

RB Carlos Hyde: 20 corridas para 92 jardas.

P Bradley Pinion: 8 punts.

LB Nick Bellore: 9 tackles solo e 2 assistências.


Pittsburgh Steelers (7-4) PIT24 x 10 NYGNew York Giants (8-5), Heinz Field

A partida começou diferente, tendo, como sua primeira pontuação, um safety cedido pelo Giants. Após o começo atípico, tudo aconteceu como era esperado e Big Ben comandou o ataque do Steelers a uma boa produção de jardas aéreas e Bell fez sua parte por terra. Eli foi interceptado em momentos-chave, o que dificultou muito para a equipe do Giants. Cada defesa sacou o quarterback adversário duas vezes e empataram na batalha dos turnovers (2 INT de Eli e 1 INT e 1 FUM de Big Ben e Bell). A sintonia entre Roethlisberger e Antonio Brown chegou ao seu ápice na útlima partida, pois, com o TD anotado por Brown, os dois empataram com Terry Bradshaw e Lynn Swann com o maior número de touchdowns por uma dupla quarterback-receiver na história do Steelers.

Melhores da partida

Pittsburgh Steelers PIT

QB Ben Roethlisberger: 24/36, 289 jardas, 2 TD e 1 INT.

RB Le’Veon Bell: 29 corridas para 118 jardas e 1 FUM.

SS Sean Davis: 4 tackles solo, 3 assistências e 1 INT.

New York GiantsNYG

QB Eli Manning: 24/39, 195 jardas, 2 TD 2 INT.

WR Odell Beckham Jr.: 10 recepções para 100 jardas.

LB Jonathan Casillas: 8 tackles solo e 1 fumble forçado.


New England Patriots (10-2)NE26 x 10STLLos Angeles Rams (4-8), Gillette Stadium

Com uma boa distribuição ofensiva, o Patriots não deu chances ao Rams. Brady comandou a parte aérea, enquanto Blount trabalhou bem pelo chão. Com quatro sacks e duas interceptações, a defesa do time da casa não deu vida fácil ao quarterback Jared Goff, que, apesar de um bom número de jardas por passe completado, não conseguiu ser fator diferencial na partida; o mesmo vale para Todd Gurley, que teve uma atuação apagada. Tom Brady se tornou o quarterback mais vitorioso da história da NFL com 201 triunfos (incluindo pós-temporada).

Melhores da partida

New England PatriotsNE

QB Tom Brady: 33/46, 269 jardas e 1 TD.

RB LeGarrette Blount: 18 corridas para 88 jardas e 1 TD.

WR Julian Edelman: 8 recepções para 101 jardas.

Los Angeles RamsSTL

WR Kenny Britt: 2 recepções para 67 jardas e 1 TD.

P Johnny Hekker: 8 punts

DB Michael Jordan: 5 tackles solo e 3 assistências.


Cincinnati Bengals (4-7-1) CIN 32 x 14 PHI Philadelphia Eagles (5-7), Paul Brown Stadium

Uma partida de duas equipes que prometiam antes da temporada começar, mas acabaram entregando pouco e está bem difícil que consigam se classificar para a pós-temporada. O Bengals começou melhor, controlando o ataque do Eagles, que estava sem Ryan Mathews e Jordan Matthews. Já Cincinnati vinha sem seu principal recebedor, A.J. Green e o RB Giovani Bernard. Sem Bernard, a outra ameaça é Jeremy Hill que correu para um TD, deixando o placar em 10 x 00 no fim do primeiro quarto. No segundo quarto, a partida continuou como estava, a defesa do Bengals dominando o jogo e o ataque funcionando bem. Andy Dalton passou para o TE Tyler Eifert para deixar o placar em 19 x 00 indo para o intervalo. Voltando dos vestiários, Dalton lançou outro TD, dessa vez para o WR Brandon LaFell, praticamente acabando com o jogo. O jogo corrido de Philadelphia não funcionava e Wentz tinha que forçar, lançando uma interceptação para o LB Vontaze Burfict. Com o placar assim, Wentz lançou um TD para o TE Zach Ertz, tentando voltar para a partida. Darren Sproles ainda correu para a end zone no último quarto, mas a diferença era muito grande. Cincinnati correu mais com a bola para acabar com o tempo e esperar o jogo acabar. Mesmo com a vitória do Bengals, a chance de playoffs das duas equipes praticamente inexiste.

Melhores da partida:

Cincinnati BengalsCIN

QB Andy Dalton: 23/31 332 jardas e 2 TDs.

WR Brandon LaFell: 5 recepções para 95 jardas e 1 TD.

LB Vontaze Burfict: 15 tackles e 2 INT.

Philadelphia EaglesPHI

TE Zach Ertz: 9 recepções para 79 jardas e 1 TD.

LB Nigel Bradham: 8 tackles e 1 fumble forçado.

DT Bennie Logan: 2 tackles e 1 fumble forçado.


 

New Orleans Saints (5-7) NO 13 x 28 lions Detroit Lions (8-4),  Mercedes-Benz Superdome

Uma partida com dois QBs que vem jogando em altíssimo nível, cotados para o MVP da temporada regular. O Lions começou melhor, dominando as ações do jogo, mesmo jogando fora de casa. A defesa conseguia parar Drew Brees e companhia e Matthew Stafford jogava muito com a grande ajuda do WR Golden Tate. Theo Riddick, um RB que corre e recebe passes, recebeu para um TD no primeiro quarto deixando a vantagem em 10 x 00. O segundo quarto foi uma troca de FGs, sendo um para o Lions e dois para o Saints. As equipes conseguiam chegar perto da end zone, porém as defesas levantavam o muro e tinha que se contentar com os 3 pontos. No terceiro quarto foram dois FGs de Detroit deixando o placar em 19 x 06. Logo no início do último quarto o FB John Kuhn correu para o TD, deixando o placar apertado para os minutos finais. Porém, Tate recebeu um TD de 66 jardas e praticamente matou o jogo. O que restou foi a defesa do Lions parar Brees, roubando a bola e não deixando o QB ter o melhor dos seus jogos. O Lions fica em uma boa posição para chegar aos playoffs, já o Saints praticamente dá adeus as chances.

Melhores da partida:

New Orleans SaintsNO

TE Coby Fleener: 5 recepções para 86 jardas.

LB Dannell Ellerbe: 5 tackles e 1 sack.

CB Delvin Breaux: 8 tackles.

Detroit Lionslions

QB Matthew Stafford: 30/42 341 jardas e 2 TDs.

WR Golden Tate: 8 recepções para 145 jardas e 1 TD.

DB Glover Quin: 5 tackles e 1 INT.


 

San Diego Chargers (5-7) SD 21 x 28 TB Tampa Bay Buccaneers (7-5), Qualcomm Stadium

Uma partida de duas equipes que precisavam vencer esse jogo para continuar sonhando com a pós-temporada, com mais chances para o Bucs, já que a defesa de San Diego está fortíssima. No primeiro quarto os dois times conseguiram um TD cada, Dontrelle Iman pelo Chargers e um TD corrido do RB Doug Martin para Tampa Bay. As defesas conseguiam jogar bem e no segundo quarto apenas o RB Melvin Gordon entrou na end zone para deixar San Diego na frente por 14 x 07. Na volta do intervalo o Bucs teve sua defesa como grande destaque. O LB Lavonte David interceptou e levou para end zone, deixando o Bucs na frente do placar. No final do terceiro quarto o Chargers ainda conseguiu mais um TD com Tyrell Williams recebendo um passe do QB Philip Rivers. O último quarto foi totalmente de Tampa. Roberto Aguayo acertou mais um FG e Cameron Brate recebeu um passe para entrar na end zone, deixando o Bucs na frente do placar. No restante do quarto, as defesas prevaleceram, o que acabou sendo muito bom para o Bucs que garantiu a vitória. Com a vitória o Bucs empatou o recorde do Falcons e briga muito forte pelo título da divisão, já o Chargers praticamente deu adeus a chance de playoffs.

Melhores da partida:

San Diego ChargersSD

RB Melvin Gordon: 17 carregadas para 84 jardas e 1 TD.

LB Korey Toomer: 10 tackles.

DB Casey Hayward: 1 INT.

Tampa Bay BuccaneersTB

TE Cameron Brate: 6 recepções para 86 jardas e 1 TD.

CB Keith Tandy: 5 tackles e 1 INT.

LB Lavonte David: 3 tackles, 1 INT e 1 TD.


New York Jets (3-9) NYJ10 x 41INDIndianapolis Colts (6-6), Metlife Stadium

Atropelamento é a palavra que melhor resume essa partida. Com um jogo terrestre praticamente inexistente e 3 interceptações lançadas, o Jets fez feio em sua própria casa. Além disso, deu 90 jardas e 4 first downs em faltas para o adversário. O Colts aproveitou muito bem as falhas do Jets, pois soube produzir tanto por terra quanto pelos ares e dominou a partida do início ao fim, tendo 421 jardas totais, 53% de eficiência em terceiras descidas e 27 first downs. Vinatieri acertou um field goal de 53 jardas, mostrando que ainda pode ser muito útil.

Melhores da partida

New York JetsNYJ

WR Robby Anderson: 4 recepções para 61 jardas e 1 TD.

QB Bryce Petty: 11/25, 135 jardas, 1 TD e 2 INT.

P Lac Edwards: 5 punts

Indianapolis ColtsIND

QB Andrew Luck: 22/28, 278 jardas e 4 TD.

WR T.Y. Hilton: 9 recepções para 146 jardas.

WR Dwayne Allen: 4 recepções para 72 jardas e 3 TD.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

Postagens Relacionadas









Redação Liga dos 32 Este texto foi produzido em conjunto por dois ou mais membros da equipe Liga dos 32. Twitter: @LigaDos32 // Facebook: fb.com/ligados32 // Instagram.com/ligados32