Resumo dos Jogos – Semana 11

21 de novembro de 2016
Tags: Andre Korb, david telles, fernando mossmann, marcos filho, Rafael Storone, resumo dos jogos,

Perdeu alguma coisa da semana 11? Confira aqui nosso resumo de cada partida de mais uma rodada da NFL.

Carolina Panthers (4-6) CAR 23 x 20 NO New Orleans Saints (4-6), Bank of America Stadium 

Na segunda partida entre as equipes nesta temporada, o Carolina Panthers deu o troco e derrotou o New Orleans Saints por 23 x 20 no Bank of America Stadium, na Carolina do Norte. O jogo foi marcado principalmente pelas múltiplas lesões, muitas delas de jogadores fundamentais para suas respectivas equipes. Por parte do Panthers, o LB Luke Kuechly, principal atleta do sistema defensivo da equipe, acabou tendo uma concussão e saiu mais cedo da partida, assim como o C Ryan Kalil (contusão no ombro), o DE Mario Addison (lesão no pé) e o CB Leonard Johnson (com problemas no peitoral). Já pelo lado do Saints, o RB Mark Ingram, assim como Kuechly, sofreu uma concussão e deixou o jogo durante o terceiro quarto. A partir daí a dominação foi da equipe de New Orleans que, apesar de estar perdendo por 23 a 3 no começo do quarto período, foi buscar uma reação e, por pouco, não alcançou o empate.

Melhores da partida:

Carolina Panthers CAR

MLB Luke Kuechly: 14 tackles, 1 tackle para perda de jardas, 1 passe desviado

S Kurt Coleman: 9 tackles

OLB Thomas Davis: 8 tackles

New Orleans Saints NO

OLB Craig Robertson: 9 tackles

FS Vonn Bell: 7 tackles, 0.5 tackle para perda de jardas, 1 passe desviado

WR Michael Thomas: 5 recepções para 68 jardas


Los Angeles Rams (4-6) STL 10 x 14 MIA Miami Dolphins (6-4), Los Angeles Memorial Coliseum

A partida entre as duas equipes foi um contraste total. No começo do jogo o Rams foi quem impôs o ritmo, mesmo não sendo muito efetivo. O time de Los Angeles conseguiu abrir vantagem na sua segunda posse de bola, com um touchdown do RB Todd Gurley. Porém, após isso, nada mais aconteceu na primeira etapa. Foi punt de um lado para o outro e, quando o segundo tempo teve início, a equipe logo tratou de anotar mais três pontos e aumentar um pouco mais a vantagem, deixando o placar em 10 a 0 até o quarto período. Foram os dois últimos drives do Dolphins na partida que mudaram o rumo do jogo. Com Ryan Tannehill jogando tudo aquilo que não tinha jogado durante a partida, a equipe de Miami conseguiu atravessar o campo nas duas campanhas e anotar dois TDs, virando a partida e frustrando o QB Jared Goff, do Rams, que fez sua estreia na liga profissional neste jogo.

Melhores da Partida

Los Angeles Rams STL

MLB Alec Ogletree: 11 tackles e 2 tackles para perda de jardas

OLB Mark Barron: 11 tackles e 1 passe desviado

RB Todd Gurley: 20 corridas para 76 jardas e 1 TD

Miami Dolphins MIA

RB Jay Ajayi: 16 corridas para 77 jardas, 3 recepções para 7 jardas

WR DeVante Parker: 8 recepções para 79 jardas e 1 TD

MLB Kiko Alonso: 8 tackles e fumble recuperado


Minnessotta Vikings (6-4)MIN30 x 24ARZ Arizona Cardinals (5-4-1), U.S. Bank Stadium

A partida envolveu times com situações parecidas na liga, principalmente no score. Os ataques produziram pouco em termos de jardas (somaram 507 jardas totais), por isso, os times especiais e as defesas foram responsáveis por boa parte dos pontos do jogo. Com um retorno de kickoff para 104 jardas e TD, retorno de interceptação para 100 jardas e TD e um bom aproveitamento nos passes de seu quarterback, o Vikings se sobressaiu e garantiu a vitória em casa. Apesar da ótima atuação terrestre do time de Arizona, Carson Palmer decepcionou com um baixo aproveitamento nos passes e duas interceptações.

Melhores da partida

Minnessotta VikingsMIN

CB Xavier Rhodes: 2 tackles solo, 1 assistência, 2 INT para 100 jardas e 1 TD.

WR Cordarrelle Patterson: 4 recepções para 53 jardas. 1 retorno de kickoff para 104 jardas e 1 TD.

QB Sam Bradford: 20/28, 169 jardas e 1 TD.

Arizona CardinalsARZ

RB David Johnson: 22 corridas para 103 jardas e 1 TD. 7 recepções para 57 jardas e 1 TD.

LB Chandler Jones: 4 tackles solo, 1 assistência, 1 sack e 1 fumble forçado.

WR Larry Fitzgerald: 6 recepções para 63 jardas.


Cleveland Browns (0-11)CLE 9 x 24 PITPittsburgh Steelers, FirstEnergy Stadium

O Steelers não teve dificuldade para derrubar o Browns mesmo em território inimigo. O time de Pittsburgh dominou todos os quesitos e contou com um ataque terrestre arrasador com Le’Veon Bell; Big Ben utilizou seus recebedores de forma variada e a defesa forçou dois turnovers e sacou o quarterback adversário oito vezes. O Cleveland Browns não teve nenhum apoio de seu ataque terrestre e teve toda a sua produção ofensiva pelos ares. A título de comparação, o Pittsburgh Steelers correu com a bola 28 vezes, enquanto o Browns teve 33 jardas terrestres. A defesa do time da casa conseguiu forçar um fumble, mas foi só.

Melhores da partida

Cleveland BrownsCLE

QB Josh McCown: 14/27, 118 jardas e 1 TD.

WR Terrelle Pryor: 5 recepções para 97 jardas.

LB Jamie Collins: 4 tackles solo, 4 assistências e 1 fumble forçado.

Pittsburgh SteelersPIT

RB Le’veon Bell: 28 corridas para 146 jardas e 1 TD. 8 recepções para 55 jardas.

LB Ryan Shazier: 6 tackles solo, 1 assistência, 1 sack e 1 fumble forçado.

DE Stephon Tuitt: 4 tackles solo, 2 assistências e 2,5 sack.


Seattle Seahawks (7-2-1)SEA26 x 15 PHIPhiladelphia Eagles (5-5), CenturyLink Field

Em uma partida repleta de curiosidades, o Seahawks venceu em casa pois conseguiu um bom número de jardas totais (439) e uma ótima média de jardas por jogada ofensiva (7), além de forçar três turnovers e sacar o quarterback adversário duas vezes. Com vários punts e alguns turnovers, o Philadelphia Eagles produziu pouco em termos de pontuação, mas teve números satisfatórios como o de jardas totais (308). Começando com as curiosidades, essa foi apenas a quarta vez na história da liga em que esse placar (26 x 15) aconteceu. Outro ponto interessante foi a “inversão de funções” entre Russell Wilson e Doug Baldwin. O WR (Baldwin) fez um passe para touchdown ao QB (Wilson) em uma trick play.

Melhores da partida

Seattle Seahawks SEA

QB Russell Wilson: 18/31, 272 jardas e 1 TD. 1 recepção para 15 jardas e 1 TD.

WR Doug Baldwin: 4 recepções para 104 jardas. 1/1, 15 jardas e 1 TD.

DE Cliff Avril: 2 tackles solo, 1 sack e 1 fumble forçado.

Philadelphia EaglesPHI

P Donnie Jones: 7 punts

QB Carson Wentz: 23/45, 218 jardas, 2 TD e 2 INT.

WR Dorial Green-Beckham: 5 recepções para 54 jardas e 1 TD.


Cincinnati Bengals (36-1) CIN 12 x 16 BUF Buffalo Bills (55), Paul Brown Stadium

O Buffalo Bills foi até Cincinnati e saiu com uma importante vitória para suas pretensões na temporada. O Bills saiu na frente anotando um TD logo na sua primeira campanha ofensiva. O Bengals chegou a endzone logo na sequência, porém um erro no XP não permitiu o empate. Já no segundo quarto, o QB Andy Dalton foi interceptado e o Bills aproveitou o turnover pra ampliar a liderança após um FG. Cincinnati chegou a virar a partida antes do intervalo após anotar um TD que novamente não teve conversão de XP. Ainda houve tempo para uma interceptação para cada lado no fim do segundo período, só que nenhuma equipe transformou os erros em pontos. Na volta do intervalo as defesas prevaleceram e os ataques pouco produziram. Assim, a segunda metade do jogo só viu dois FGs anotados por Buffalo, que foi o suficiente para garantir o triunfo do Bills, mantendo as aspirações do time de chegar a pós-temporada. Já o Bengals segue decepcionando e está em terceiro lugar na AFC Norte, longe dos playoffs.

Melhores da partida

Cincinnati Bengals CIN

LB Vontaze Burfict: 13 tackles, 1 QB hit, 1 sack.

CB Dre Kirkpatrick: 2 tackles, 1 passe defendido, 1 INT.

WR Tyler Boyd: 6 recepções, 54 jardas, 1 TD.

Buffalo Bills BUF

CB Stephon Gilmore: 6 tackles, 3 passes defendidos, 2 INTs.

RB LeSean McCoy: 5 corridas, 33 jardas, 1 TD.

LB Zach Brown: 12 tackles.


New York Giants (73) NYG 22 x 16 CHI Chicago Bears (28), MetLife Stadium

O New York Giants deu continuidade ao seu bom momento e anotou sua quinta vitória consecutiva, dessa vez em cima do Chicago Bears. A partida começou num ritmo forte, com ambas as equipes anotando TDs em suas primeiras campanhas ofensivas, porém erros dos kickers deixaram o placar em 6×6. O Bears ainda acertou um FG no fim do primeiro quarto e anotou mais um TD no segundo período, enquanto o Giants só conseguiu mais um FG. Com isso, Chicago foi para os vestiários com uma vantagem de 16×9 no placar. New York voltou para o segundo tempo disposto a mudar o panorama da partida e foi a endzone logo na primeira campanha dessa etapa e deixou tudo igual. Na sequência, a defesa conseguiu segurar o ataque do Bears e o Giants passou a frente anotando mais um TD no terceiro quarto. Entretanto, mais um erro de XP deixou o placar em 22×16 a favor da franquia nova-iorquina. O último período foi dominado pelas defesas, no qual o Bears ainda errou uma tentativa de FG e viu o QB Jay Cutler ser interceptado nos momentos finais do jogo. Assim, o placar não se alterou e o Giants segue embalado na temporada. Já o Bears amarga umas das piores campanhas da NFL até aqui.

Melhores da partida

New York Giants NYG

QB Eli Manning: 21/36, 227 jardas, 2 TDs.

RB Rashad Jennings: 21 corridas, 85 jardas, 1 TD, 5 recepções, 44 jardas.

S Landon Collins: 6 tackles, 3 passes defendidos, 1 INT.

Chicago Bears CHI

QB Jay Cutler: 17/31, 252 jardas, 1 TD, 1 INT.

TE Zach Miller: 3 recepções, 61 jardas, 1 TD.

LB Jerrel Freeman: 10 tackles, 1 passe defendido.


San Francisco 49ers (19) SF 17 x 30 NE New England Patriots (82), Levi’s Stadium

Contando com uma grande atuação do QB Tom Brady, o New England Patriots foi até a costa oeste e saiu de lá com mais uma vitória. No jogo, o Patriots anotou um TD logo em sua primeira campanha ofensiva, porém o K Stephen Gostkowski errou o XP na sequência. Na posse de bola seguinte o 49ers tirou o zero do seu lado do marcador ao acertar um FG. Entretanto, o Patriots começou o segundo quarto ampliando sua vantagem com mais um TD. O período ainda viu um TD de San Francisco, que reduziu a vantagem de New England e deu esperanças ao seu torcedor. Na volta do intervalo as defesas prevaleceram, mas o Patriots começou o quarto derradeiro marcando um TD. Já sua defesa continuou firme, não permitindo grandes avanços ao 49ers. Assim, a franquia do leste americano consolidou sua vitória ao anotar seu quarto TD no jogo. San Francisco ainda teve tempo de reduzir a diferença no fim, mas o jogo já estava definido. Brady, ao passar para 4 TDs e nenhuma INT na partida, tem agora 21 jogos nessa situação, que é a maior marca da história da NFL. Já o Patriots, ao conquistar sua oitava vitória na temporada, chega a 16ª temporada seguida com pelo menos 50% de aproveitamento, enquanto o San Francisco 49ers segue com a segunda pior campanha na NFL em 2016.

Melhores da partida

San Francisco 49ers SF

QB Colin Kaepernick: 16/30, 206 jardas, 2 TDs, 4 corridas, 32 jardas.

TE Vance McDonald: 3 recepções, 46 jardas, 1 TD.

LB Ahmad Brooks: 2 tackles, 2 QB hits, 1 sack.

New England PatriotsNE

QB Tom Brady: 24/40, 280 jardas, 4 TDs, 4 corridas, 12 jardas.

WR Malcolm Mitchell: 4 recepções, 98 jardas, 1 TD.

S Patrick Chung: 9 tackles, 1 QB hit, 1 sack.


Dallas Cowboys (9-1) Cowboys 27 x 17 BAL Baltimore Ravens (5-5), AT&T Stadium

Uma partida que começou altamente equilibrada, com a defesa do Ravens, que é a melhor contra o jogo corrido, conseguindo parar Ezekiel Elliott. Com a defesa indo bem e o jogo corrido funcionando, o Ravens abriu o placar com uma corrida do RB Terrance West. Porém, o outro calouro do time, Dak Prescott, mostrou que merece ser titular. Começou jogando muito e achou o WR Cole Beasley na end zone para empatar o jogo. Tudo continuou igual na partida até o fim do segundo quarto. No segundo tempo tudo mudou, Elliott começou a achar espaços para correr com a bola e Prescott continuou jogando muito, além do jogo terrestre de Baltimore parar de correr bem. Dak lançou dois TDs para o WR Dez Bryant e praticamente matou o jogo. Steve Smith Sr. ainda conseguiu receber um TD, mas a vitória ficou com Dallas. Alguns fatos curiosos desse grande momento do Cowboys: é o oitavo jogo seguido que eles conseguem 400 jardas totais, empatando com o Patriots (2007) e Denver (2013) como as maiores da história, além de bater o recorde da franquia de vitórias seguidas com 9. Prescott é o primeiro rookie da história a conseguir pelo menos 300 jardas, 2+ TDs e 0 INT em jogos seguidos, além de empatar com Dan Marino (1983) e Russell Wilson (2012) com 5 jogos consecutivos com 2+ TDs quando calouro. Ezekiel Elliott tem 1.102 jardas na temporada, é a terceira melhor marca da história, só atrás de Eric Dickerson (1.223) e Adrian Peterson (1.197).

Melhores da partida:

Dallas CowboysCowboys

QB Dak Prescott: 27/36 301 jardas e 3 TDs.

WR Dez Bryant: 6 recepções para 80 jardas e 2 TDs.

RB Ezekiel Elliott: 25 carregadas para 97 jardas.

Baltimore RavensBAL

WR Steve Smith Sr.: 8 recepções para 99 jardas e 1 TD.

QB Joe Flacco: 23/35 269 jardas e 1 TD.

LB Zach Orr: 11 tackles.


 

Kansas City Chiefs KC (7-3) 17 x 19 TB Tampa Bay Buccaneers (5-5), Arrowhead Stadium

Esse foi um jogo que não teve tanto brilho ofensivo, até pelo baixo placar para os padrões da NFL atual. Como todo jogo do Chiefs, a partida começou com um FG de Cairo Santos e a defesa conseguindo evitar TDs, com Roberto Aguayo chutando dois FGs para o Bucs. No final do segundo quarto, Alex Smith conseguiu uma boa campanha para correr para a end zone deixando um placar apertado de 10 x 09 para o intervalo. Na volta dos vestiários, não mudou muita coisa, o placar só foi mudado em outro FG do K calouro de Tampa Bay. Com o placar em 12 x 10 para o Bucs, um TO poderia fazer total diferente e foi isso que aconteceu. O S Chris Conte interceptou um passe do QB Alex Smith e retornou por 53 jardas, já dando uma bela posição de campo para Jameis Winston e companhia. O QB lançou um TD para o TE Alan Cross, deixando o marcador em 19 x 10 para a sua equipe. O Chiefs ainda tentou voltar no jogo com o WR Albert Wilson entrando na end zone depois de passe de Smith, porém não havia muito e o Bucs vence um importante jogo para o objetivo de chegar aos playoffs. Já Kansas City perde uma partida em casa depois de vencer 10 seguidas.

Melhores da partida

Kansas City ChiefsKC

TE Travis Kelce: 7 recepções para 108 jardas.

CB Steven Nelson: 7 tackles e 1 fumble recuperado.

LB Ramik Wilson: 8 tackles.

Tampa Bay BuccaneersTB

QB Jameis Winston: 24/39 331 jardas e 1 TD.

WR Mike Evans: 6 recepções para 105 jardas.

S Chris Conte: 6 tackles e 1 INT.


Detroit Lions (6-4) lions 26 x 19 logo jaguars Jacksonville Jaguars (2-8), Ford Field

Lions e Jaguars fizeram um jogo bastante equilibrado e com diversas trocas de liderança em Detroit, mas quem sorriu por último foi o Lions, que anotou 10 pontos consecutivos no último quarto e garantiu a vitória. Detroit se tornou a primeira equipe da história a ter os 10 primeiros jogos da temporada decididos por 7 pontos ou menos. Outro fato interessante é que o time ficou atrás no placar no último quarto de todos os 10 jogos, conseguindo a virada em 6 oportunidades, outro recorde da NFL. O ataque da equipe da casa anotou apenas um TD. Todos os outros pontos foram anotados pela defesa e times especiais. O Jaguars soma a quinta derrota consecutiva e talvez seja o time que mais desapontou nessa temporada, depois de fazer uma offseason muito elogiada e criar grandes expectativas ao redor da liga. A expectativa é de mais uma vez ter escolhas altas no draft e reforçar o elenco para a próxima temporada.

Melhores da partida

Detroit Lions lions

S Rafael Bush: 2 tackles e 1 interceptação retornada por 39 jardas para TD.

WR Andre Roberts: retorno de punt de 55 jardas para TD.

TE Eric Ebron: 3 recepções para 70 jardas. 1 corrida para 1 jarda e 1 TD.

Jacksonville Jaguars logo jaguars

ILB Telvin Smith: 7 tackles e um fumble recuperado.

RB Chris Ivory: 17 corridas para 39 jardas. 6 recepções para 75 jardas.

WR Marqise Lee: 4 recepções, 52 jardas e 1 TD.


Washington Redskins (6-3-1) logo redskins 42 x 24 packers Green Bay Packers (4-6), FedExField

Mais uma grande vitória para o Redskins. Outra dolorida surra tomada pelo Packers. Essa partida começou equilibrada e se manteve assim até o final do primeiro tempo, quando Robert Kelley anotou o segundo TD do Redskins para colocar o time em vantagem pelo placar de 13×10. Depois do intervalo o Packers voltou perdido para o campo, errou um FG na primeira campanha e viu o Redskins anotar 9 pontos consecutivos. A equipe tentou uma reação, anotando dois TDs em campanhas seguidas, mas um fumble de Jared Cook acabou com qualquer chance de reação. Nos minutos finais a equipe poupou Aaron Rodgers e colocou Brett Hudley em campo, que ainda conseguiu sofrer um fumble, que conseguiu recuperar e mandar uma interceptação. O Redskins aproveitou os erros para ampliar a vantagem e sacramentar a importante vitória que antecede uma sequência de jogos complicados.

Melhores da partida

Washington Redskins logo redskins

QB Kirk Cousins: 21/30, 375 jardas e 3 TDs.

Robert Kelley: 24 corridas, 137 jardas e 3 TDs.

WR Pierre Garçon: 6 recepções, 116 jardas e 1 TD.

Green Bay Packers packers

QB Aaron Rodgers: 26/41, 351 jardas e 3 TDs.

TE Jared Cook: 6 recepções, 105 jardas e 1 TD.

DE Nick Perry: 4 tackles e 1 sack.


Indianapolis Colts (5-5) logo colts 24 x 17 Titans Tennessee Titans (5-6), Lucas Oil Stadium

Jogo importante da AFC Sul que resultou na troca de posição das duas equipes na classificação da divisão. O Colts começou avassalador e anotou 21 pontos consecutivos nas três primeiras campanhas. No segundo quarto Adam Vinatieri errou de 42 jardas e encerrou a sequência de incríveis 44 field goals convertidos. O erro parece ter abalado a equipe, que viu Marcus Mariota comandar o Titans numa recuperação de 17 pontos sem conseguir dar uma resposta. O time da casa voltou a pontuar apenas no último quarto, com um FG de 49 jardas. Andrew Luck chegou a sofrer uma interceptação, mas a defesa do Colts apareceu e impediu que o Titans se aproveitasse da situação. Essa vitória, a décima consecutiva O resultado conduz o Colts a vice-liderança da divisão e derruba o Titans para a terceira posição. A lideranças continua tranquila com o Texans.

Melhores da partida

Indianapolis Colts logo colts

QB Andrew Luck: 15/28, 262 jardas, 2 TDs e 1 INT. 8 corridas para 22 jardas.

WR T.Y. Hilton: 5 recepções, 97 jardas e 1 TD.

LB D’Qwell Jackson: 5 tackles e 1 sack.

Tennessee Titans Titans

QB Marcus Mariota: 25/38, 290 jardas e 2 TDs.

RB DeMarco Murray: 21 corridas para 70 jardas. 3 recepções, 9 jardas e 1 TD.

WR Rishard Matthews: 9 recepções para 122 jardas.


 

Oakland Raiders (8-2) OAK 27  x 20 HOU Houston Texans (6-4), Azteca Stadium

Foi uma partida especial, primeiro Monday Night Football fora dos EUA, no estádio Azteca, no México. Começou com o Texans um pouco melhor, principalmente pela pressão e por sua defesa contra o jogo corrido não deixar os RBs do Raiders fazer nada. O ataque até conseguia ir bem, com a defesa de Oakland cedendo muitas jardas, como vem acontecendo em praticamente todas as semanas da temporada. No primeiro quarto os ataques não conseguiram se sobressair e tivemos apenas um FG de Houston. Porém, logo no início do segundo quarto, Derek Carr fez um passe para o RB Jalen Richard entrar na end zone. O Texans vinha com boas campanhas, queimando o relógio e Brock Osweiler jogando relativamente bem. O QB passou para Braxton Miller para empatar antes do intervalo. Na primeira jogada pós-intervalo, Carr lançou uma interceptação e Houston aproveitou muito bem. Usando passe, corrida e queimando o relógio, Lamar Miller correu para um TD e botou o Texans na frente do placar. No último quarto Oakland dominou completamente o jogo. Carr passou para mais dois TDs e garantiu uma importante vitória contra o Texans. Raiders continua com a melhor campanha da AFC junto com o Patriots, já o Texans continua liderando a sua divisão, mas precisa tomar cuidado com o Colts.

Melhores da partida:

Oakland RaidersOAK

QB Derek Carr: 21/31 295 jardas, 3 TDs e 1 INT.

LB Bruce Irvin: 10 tackles e 1 sack.

LB Malcolm Smith: 10 tackles e 1 INT.

Houston TexansHOU

RB Lamar Miller: 24 carregadas para 104 jardas e 1 TD.

DE Jadeveon Clowney: 5 tackles.

CB A.J. Bouye: 2 tackles e 1 INT.


 

 

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

Postagens Relacionadas









Redação Liga dos 32 Este texto foi produzido em conjunto por dois ou mais membros da equipe Liga dos 32. Twitter: @LigaDos32 // Facebook: fb.com/ligados32 // Instagram.com/ligados32