Quais foram os presidentes dos Estados Unidos que jogaram futebol americano?

10 de novembro de 2016
Tags: dentro do huddle, felipe laurence,

dentro do huddle

Nessa última terça-feira o mundo ficou chocado com a eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos. Considerado forte azarão na enorme maioria dos institutos de pesquisa, Trump derrotou sua adversária Hillary Clinton em virada espetacular e, por bem ou por mal, a partir do próximo dia 20 de janeiro irá começar a morar na Casa Branca e a liderar o país mais poderoso do mundo. Apesar de ter jogado um pouco de futebol americano quando estava no colegial, Trump deixou de praticar esportes ao entrar na universidade (ele acabou por se formar em Economia pela Unniversity of Pennsylvania).

20nocera-master768

Mesmo não tendo jogado futebol americano em um nível mais elevado, o próximo presidente dos EUA tem uma história bem intrincada com o esporte. Em 1983, começando a se firmar como um dos principais magnatas da construção civil norte-americana, Trump comprou o New Jersey Generals, time que fazia parte da USFL. A USFL era uma liga pequena de futebol americano que conseguiu certo sucesso nos anos 80 por ter tido seus jogos transmitidos pela ESPN e por oferecer salários exorbitantes para a época. O Generals contava com dois ganhadores do Heisman Trophy no seu elenco: Herschel Walker (1982) e Doug Flutie (1984). A chegada de Trump na USFL trouxe um novo ar para a liga e por pressão dele, em 1985, começaram a competir diretamente com a NFL com jogos acontecendo ao mesmo tempo. Foi uma decisão desastrosa e a liga deixou de existir naquele ano mesmo (há um documentário muito bom chamado “Small Potatoes: Who Killed the USFL?” no Watch ESPN que conta a história da liga).

Em 2014, Trump tentou voltar a se envolver com o futebol americano ao dar um lance pelo Buffalo Bills (que estava à venda após a morte do ex-dono Ralph Wilson). Acabou perdendo para Terry Pegula, que comprou o time por 1,4 bilhão de dólares e pagou tudo em dinheiro.

Mas a coluna dessa semana não é sobre o Trump ou sobre sua relação com o futebol americano. Aproveitando esse clima de eleições nos Estados Unidos vou listar aqui os ex-presidentes norte-americanos que de fato jogaram futebol americano em nível universitário!

02up-roosevelt-blog427

1) Theodore Roosevelt – Harvard

Teddy Roosevelt foi o 26º presidente dos Estados Unidos em dois mandatos entre 1901 e 1909. Quando entrou em Harvard em 1876, o futebol americano estava em sua infância e pouco parecia o esporte que é hoje em dia. Mesmo assim, Roosevelt jogou por um ano até ser dispensado do time por ter uma miopia crônica que o atrapalhava na hora de jogar. Mesmo com essa desilusão esportiva, ele continuou amando o futebol americano e sua grande contribuição para o esporte veio em 1905 ao reunir os técnicos das grandes universidades da época para reformar o esporte (19 jogadores haviam morrido jogando futebol americano naquele ano) a fim de garantir sua sobrevivência. Dessa reforma surgiu o passe pra frente e a formação da NCAA.

eisenhower-football

2) Dwight D. Eisenhower – Army

Comandante das tropas aliadas na Europa durante a Segunda Guerra Mundial, Dwight Eisenhower se aproveitou dessa popularidade e foi eleito como o 34º presidente dos EUA em 1953. Ficando na presidência até 1961, Eisenhower foi o primeiro mandatário americano que realmente jogou futebol americano. Enquanto fazia seu treinamento como cadete em West Point, ele foi running back e linebacker titular dos Black Knights em 1912 e dizia que um dos seus maiores feitos foi ter nocauteado o lendário Jim Thorpe de um jogo naquela temporada. Após sofrer uma contusão séria no seu joelho em 1913, Eisenhower desistiu da sua carreira esportiva e focou nos estudos para se tornar oficial do exército norte-americano.

jfk1-594x356

3) John F. Kennedy – Harvard

Dono de uma notória saúde frágil, John Kennedy de alguma forma conseguiu entrar para o time reserva de Harvard em 1937. Por conta de contusões, sua carreira no futebol americano não durou muito e ele acabou indo pra carreira política, sendo eleito o 35º presidente dos Estados Unidos em 1961. Comandando os Estados Unidos no auge da Guerra Fria (a famosa Crise dos Mísseis de Cuba aconteceu no seu mandato), Kennedy foi assassinado em 22 de novembro de 1963 por Lee Harvey Oswald durante um comício na cidade de Dallas. Um dos momentos mais criticados na história da NFL até hoje foi a decisão do então comissário Pete Rozzelle de manter a rodada da semana, que aconteceu só dois dias após a morte de Kennedy.

bjterdm

4) Richard Nixon – Whittier College

Nixon chegou a jogar como offensive tackle na minúscula Whittier College sem muito sucesso por não ter tamanho suficiente pra jogar na posição. Nixon já havia sido vice-presidente dos EUA nos dois mandatos de Dwight Eisenhower e foi eleito como o 37º presidente em 1969. Torcedor fanático do Washington Redskins e paranoico compulsivo (gravava todas as suas conversas), Nixon brigou feio com Pete Rozzelle por conta da regra de blackout (jogos com ingressos não esgotados não passavam na cidade do time) em 1973 quando um jogo de playoffs do Redskins não passou na televisão em razão dessa regra. A paranoia custou caro a Nixon, que renunciou ao cargo em 1974 pra evitar de sofrer impeachment após descobrirem que ele grampeava a sede do Partido Democrata.

81764925_crop_north

5) Gerald Ford – Michigan

Único presidente não-eleito na história dos Estados Unidos, Gerald Ford também foi o jogador de futebol americano mais bem-sucedido entre os presidentes americanos. Titular absoluto de Michigan (teve a sua camisa #48 aposentada) como center, linebacker e long snapper, Ford ganhou dois títulos invictos da NCAA em 1932 e 1933 pelo Wolverines e chegou a ter propostas do Green Bay Packers e do Detroit Lions para jogar na NFL. Líder dos republicanos na Câmara, Ford virou vice-presidente de Nixon em 1973 após a renúncia do então vice Spiro Agnew por conta de denúncias de corrupção. Assumiu como presidente dos EUA em 1974 com a também renúncia de Nixon e o 38º presidente na história do país se manteve no cargo até o fim do mandato em 1977.

ronald_reagan_on_the_eureka_college_football_team_1929

6) Ronald Reagan – Eureka College

Até hoje um ídolo do movimento conservador norte-americano, Ronald Reagan jogou como offensive guard no Eureka College entre 1928 e 1932 e se destacou a ponto de conseguir bolsa de estudos. Antes de virar político e ter sido governador da Califórnia, Reagan teve uma carreira como ator e seus primeiros papeis foram como jogador de futebol americano por conta do seu porte físico. O 40º presidente dos Estados Unidos, que assumiu o cargo em 1981 e ficou lá até 1989, fez o coin toss do Super Bowl XIX (o primeiro presidente dos EUA a fazer isso) via satélite pelo jogo ter caído no mesmo dia em que foi empossado no seu segundo mandato.

O que você achou da coluna dessa semana? Acha que o mundo vai acabar agora que o Trump virou presidente dos Estados Unidos? Deixe um comentário aqui ou venha falar comigo no Twitter lá no @oQuarterback! Também fique por dentro por tudo o que rola na NFL e na NCAA lendo aqui o Liga dos 32 e acompanhando o site no Twitter e no Facebook!

Postagens Relacionadas









Felipe Laurence é administrador do oQuarterback desde 2011 e colunista da Liga dos 32. Advogado de profissão, assiste NFL desde 2000 e tem como maior hobby a difusão do futebol americano pelo Brasil. No Twitter: @oQuarterback.