Preview da Semana 10 do College Football

5 de novembro de 2016
Tags: andre oliveira, College Football, mundo college,

Principais Resultados e observações da Semana 9

Quinta (27/10)

  • Pittsburgh 36 x 39 #25 Virginia Tech
  • USC 45 x 24 California

Sábado (29/10)

  • #12 Florida State 34 x 37 #2 Clemson

Em mais um emocionante duelo de conferência, foi Clemson quem saiu com a vitória em pleno Doak Campbell Stadium. Apesar da inconsistência, principalmente do ataque, o time cresceu nos momentos finais e se aproveitou dos erros de FSU. O Seminoles entrou no último quarto vencendo por 28 x 20, mas o Tigers marcou 17 pontos só no período final, incluíndo um TD de 34 jardas de Deshaun Watson para o TE Jordan Leggett restando 2:04 para o fim do jogo. Deondre Francois e companhia ainda tinham tempo suficiente para mais um drive, mas sacks e faltas acabaram com a campanha final do time, dando a vitória para a equipe de Dabo Swinney. O triunfo foi o primeiro do Tigers no estádio rival em 10 anos e foi o quinto do time na temporada por 7 ou menos pontos. Apesar da derrota, Dalvin Cook teve uma partida fantástica, correndo 169 jardas e marcando 4 TDs em 19 tentativas de corrida.

  • #17 Utah 24 x 31 #4 Washington

No seu teste mais difícil da temporada até aqui, o Huskies conseguiu manter intacta as suas chances de playoffs na temporada. Diferente dos outros jogos do time, Jake Browning não foi brilhante, completando apenas 12 de 20 tentativas de passe para 186 jardas, 2 TDs e 1 INT. Contudo, o jogo corrido e o time de especialistas assumiram a responsabilidade. Washington conseguiu 199 jardas e 1 TD de seu jogo terrestre e um TD de retorno de punt de 58 jardas do WR Dante Pettis no último quarto que abriu a vantagem de uma posse restando pouco mais de 3 minutos para o fim. Foi a vez então da defesa da equipe aparecer para segurar o ataque do Utes e sacramentar a vitória.

  • #6 Ohio State 24 x 20 Northwestern

Foi por pouco, mas o Buckeyes conseguiu reencontrar o caminho da vitória contra Northwestern. O triunfo foi crucial para manter viva as chances do time brigar por uma vaga nos playoffs. Mais uma vez o ataque de Ohio State foi inconsistente, mas apareceu bem no último quarto. Um drive de 63 jardas em 6 jogadas culminou no TD da vitória e duas conversões de terceiras descidas do QB J.T. Barrett na campanha seguinte permitiram o time manter a posse da bola e não dar chance da virada para Northwestern.

  • #11 Wisconsin 23 x 17 #7 Nebraska

  • Texas 35 x 34 #8 Baylor

  • Oklahoma State 37 x 20 #10 West Virginia

  • Wyoming 30 x 28 #13 Boise State

O incrível número de quatro invencibilidades foram quebradas só neste último final de semana. Nebraska foi derrotada na prorrogação por Wisconsin, em um duelo que já era esperadamente equilibrado. West Virginia não encontrou respostas para frear o ataque do Cowboys e o QB Mason Rudolph, responsável por 3 TDs na partida. Já Baylor e Boise State sofreram com a zebra e foram derrotadas por Texas e a “gigante” Wyoming respectivamente. O Bears viu a vitória escapar após um FG de 39 jardas do K Trent Domingue (Texas), enquanto o Broncos acabou perdendo após o DT Chase Appleby (Wyoming) fazer o sack no QB Brett Rypien e forçar o fumble que acabou saindo pela end zone, sendo marcado safety e dando a vitória para o Cowboys.

  • Michigan State 23 x 32 #2 Michigan
  • Virginia 25 x 32 #5 Louisville
  •  #9 Texas A&M 52 x 10 New Mexico State
  • #14 Florida 24 x 10 Georgia
  • Ole Miss 29 x 40 #15 Auburn
  • #16 Oklahoma 56 x 3 Kansas
  • South Carolina 24 x 21 #18 Tennessee
  • Purdue 24 x 62 #24 Penn State
  • Notre Dame 30 x 27 Miami
  • TCU 24 x 27 Texas Tech

De Olho no Draft

OT Cameron Robinson (Alabama)

Resultado de imagem para cameron robinson alabama

Em uma possível classe fraca de Offensive Tackles, Cameron Robinson pode acabar sendo o único da posição escolhido na primeira noite do draft. O polêmico jogador tem um bom porte físico para a posição com 1,98 metros e 148 kg. Apesar de ter o bloqueio para o jogo corrido como principal qualidade, evoluiu bastante sua técnica para proteção do pocket. Atlético e ágil, jogadores com o o talento físico de Robinson sempre são bastante assediados durante o período do draft pelos técnicos da NFL acreditarem que podem ajudá-los a desenvolver todo o seu potencial.

WR Mike Williams (Clemson)

Resultado de imagem para mike williams clemson

Após perder a temporada de 2015 com uma fratura no pescoço logo na abertura da temporada, Williams voltou com tudo nessa temporada. O recebedor tem consistentemente jogado bem mesmo com a inconsistência de seu quarterback. Com 1,91m e 95 kg, tem o porte físico ideal de um clássico WR #1 além de ser rápido e possuir braços longos. Todos essas ferramentas físicas lhe dão um enorme raio de recepção, possibilitando o jogador receber passes baixos que raramente jogadores do seu tamanho conseguem pegar. Williams é um forte candidato para ser escolhido como o primeiro de sua posição na primeira rodada.

Melhores Jogos da Rodada (Semana 10)

LSU#13 LSU Tigers (5-2, 3-1 Conf.) x #1 Alabama Crimson Tide (8-0, 5-0 Conf.) – 22:00

Resultado de imagem para lsu alabama

A último confronto contra Crimson Tide não foi nada bom para o Tigers. LSU chegou em Tuscaloosa como #2 no ranking do CFB playoffs e enfrentaria a então #4. A derrota por 30 x 16 para a eventual campeã nacional marcou o início de uma desastrosa sequência de três derrotas que tirou o time da disputa pelo título da SEC e os playoffs. Um ano depois, o time tem a chance de redenção mesmo após um terrível início de temporada que culminou na saída do HC Les Miles.

A promoção de Ed Orgeron para o cargo de HC e de Steve Esminger para a função de coordenador ofensivo parece ter surtido efeito. O ataque do Tigers finalmente engrenou na temporada após marcar pelo 42, 45 e 38 pontos nos três últimos jogos contra Missouri, Southern Miss e Ole Miss respectivamente. Obviamente que nenhuma dessas equipes possuem setores defensivos intimidadores, mas o que LSU mostrou nos três confrontos foi realmente positivo. Contra Crimson Tide será a verdadeira prova de fogo. A melhor defesa do país freou a campanha de Leonard Fournette para o Heisman da temporada passada após limitar o RB a apenas 31 míseras jardas em 19 tentativas de corrida. Esse ano o nível de dificuldade não deve ser menor e a OL do Tigers precisará jogar em alto nível para ajudar seu RB. A troca de quarterback também deve tirar um pouco da pressão do jogo corrido. Danny Etling não tem sido brilhante, mas tem trazido mais estabilidade para a posição do que Brandon Harris. Contra uma secundária muito oportunista mas com tendência em ceder algumas big plays, errar o mínimo possível e envolver Malachi Dupre e Travin Dural logo cedo no jogo será crucial. Vale lembrar que Alabama não contará com seu SS titular, Eddie Jackson, até o fim da temporada.

Defensivamente, LSU, inquestionavelmente, tem um dos setores mais talentosos de todo o College Football. Em nenhuma partida até aqui, o Tigers cedeu mais do que 21 pontos. A defesa é capaz de pressionar os quarterbacks, parar o jogo corrido e se aproveitar dos erros adversários. O problema é que do outro lado também há um elenco repleto jogadores de alto nível. Jalen Hurts só mostra que é calouro quando é pressionado. Quando o pass rush adversário não faz o seu trabalho, o jovem QB castiga tanto pelo ar como pelo chão. Calvin Ridley, ArDarius Stewart de O.J. Howard são ótimos alvos e impulsionam mais ainda o potencial do jogo aéreo. Se o signal-caller está em um dia ruim, o jogo corrido assume a responsabilidade com a boa dupla formada por Damien Harris e Bo Scarbrough. Resumindo, podemos esperar um confronto divisional bastante quente no Death Valley e com possibilidade de bagunçar de vez a SEC West.

Jogadores para se observar:

  • #16 QB Danny Etling (LSU)
  • #7 RB Leonard Fournette (LSU)
  • #5 RB Derrius Guice (LSU)
  • #15 WR Malachi Dupre (LSU)
  • #83 WR Travin Dural (LSU)
  • #77 C Ethan Pocic (LSU)
  • #92 DE Lewis Neal (LSU)
  • #57 DE Davon Godchaux (LSU)
  • #49 OLB/DE Arden Key (LSU)
  • #52 LB Kendell Beckwith (LSU)
  • #18 CB Tre’Davious White (LSU)
  • #33 S Jamal Lewis (LSU)
  • #2 CB Kevin Toliver II (LSU)
  • #2 QB  Jalen Hurts (ALA)
  • #34 RB Damien Harris (ALA)
  • #3 WR Calvin Ridley (ALA)
  • #13 WR ArDarius Stewart (ALA)
  • #88 TE O.J. Howard (ALA)
  • #74 OT Cam Robinson (ALA)
  • #93 DE Jonathan Allen (ALA)
  • #56 OLB Tim Williams (ALA)
  • #22 OLB Ryan Anderson (ALA)
  • #10 ILB Reuben Foster (ALA)
  • #29 CB Minkah Fiztpatrick (ALA)
  • #26 CB Marlon Humphrey (ALA)

#6 Ohio State Buckeyes (7-1, 4-1 Conf.) x #10 Nebraska Cornhuskers (7-1, 4-1 Conf.) – 22:00 (WatchESPN)

Resultado de imagem para ohio state nebraska

 

 

Após perder para Wisconsin por 23 x 17 na última semana, o Cornhuskers enfrentam outra pedreira nessa rodada. Ohio State se manteve viva na briga por uma vaga no CFB playoffs com a sofrida vitória sobre Northwestern e chega para o jogo com a pressão de não poder tropeçar para evitar que Michigan dispare na liderança da Big Ten East. Nebraska por outro lado ainda lidera a divisão West, mas viu sua vantagem com relação aos rivais de divisão diminuir com o último revés. Outra derrota para um oponente de conferência seria desastroso.

Apesar de não ter mantido o nível do início da temporada, o ataque de Ohio State continua perigoso por ser balanceado. J.T. Barrett não tem sido tão brilhante passando a bola, mas o quarterback conta com alvos decentes como o WR Noah Brown e o RB Curtis Samuel saindo do backfield. O jogo corrido é que tem sido a principal força do time. Tanto Barrett como Samuel e Mike Weber já passaram das 500 jardas corridas na temporada cada um, com o último liderando o time com 770 jardas terrestres. Do outro lado estará uma defesa que superou as expectativas nessa temporada e tem potencial para dar trabalho para Ohio State essa semana. A defesa de Nebraska não tem sido brilhante como a de outros times da conferência como o próprio Buckeyes, Wolverines ou Wisconsin, mas tem jogado de forma eficiente como poucas, principalmente contra o jogo aéreo. Com a recente má fase de Barrett, o setor pode ser novamente letal.

No duelo entre o ataque de Nebraska e a defesa de OSU é onde há o maior desequilíbrio. A defesa do Buckeyes também não tem sido brilhante como nas primeiras semanas, mas ainda não tem cedido muitos pontos. No duelo da semana passada contra Northwestern, o setor cedeu mais de 400 jardas, mas crescia dentro de red zone para impedir que o adversário marcasse muitos pontos. O bom desempenho nesse quesito é animador já que o time enfrenta ataque eficiente dentro das 20 jardas finais do campo, marcando 20 TDs e 7 FGs em 33 dessas situações. O problema para o Cornhuskers é que o desempenho ofensivo no geral não tem sido inspirador e por sinal tem sido um dos principais responsáveis pelos sufocos que a equipe sofreu contra equipes contra Illinois e Indiana, além da derrota para o Badgers

  • #16 QB J.T. Barrett (Ohio St.)
  • #25 RB Mike Weber (Ohio St.)
  • #4 RB Curtis Samuel (Ohio St.)
  • #80 WR Noah Brown (Ohio St.)
  • #65 C Pat Eflein (Ohio St.)
  • #54 RG Billy Price (Ohio St.)
  • #6 DE Sam Hubbard (Ohio St.)
  • #59 DE Tyquan Lewis (Ohio St.)
  • #33 LB Dante Booker (Ohio St.)
  • #5 LB Raekwon McMillan (Ohio St.)
  • #8 CB Gareon Conley (Ohio St.)
  • #2 CB Marshon Lattimore (Ohio St.)
  • #24 S Malik Hooker (Ohio St.)
  • #4 QB Tommy Armstrong (NE)
  • #1 TE Jordan Westerkamp (NE)
  • #52 ILB Josh Banderas (NE)
  • #25 S Nathan Garry (NE)

Outros Jogos Importantes

  • Mississipi State x #4 Texas A&M – 14:00 (WatchESPN)
  • #9 Auburn x Vanderbilt – 14:00 (WatchESPN)
  • Boston College x #7 Louisville – 14:00 (WatchESPN)
  • Texas Tech x Texas – 14:00
  • Northwestern x #8 Wisconsin – 14:00 (WatchESPN)
  • #21 North Carolina x Georgia Tech – 14:30 (WatchESPN)
  • Miami x Pittsburgh – 14:30 (WatchESPN)
  • #3 Michigan x Maryland – 17:30 (WatchESPN/ESPN+)
  • Kansas State x #18 Oklahoma State – 17:30
  • #2 Clemson x Syracuse – 17:30 (WatchESPN)
  • Duke x #19 Virginia Tech (WatchESPN)
  • #17 Baylor x TCU – 17:30
  • Arkansas x #11 Florida – 17:30
  • #25 Washington State x Arizona – 18:00
  • North Carolina State x #22 Florida State – 21:00 (WatchESPN)
  • USC x Oregon – 21:00 (WatchESPN)
  • #20 West Virginia x Kansas – 21:00 (WatchESPN)
  • #12 Penn State x Iowa – 21:30
  • California x #5 Washington – 00:30

 

Top 25 do College Football Playoffs

Diferente das últimas semanas, hoje teremos o primeiro ranking do College Football Playoffs divulgado no dia 1 de Novembro ao invés do Top 25 da Associated Press.

 #1 Alabama Crimson Tide (8-0)

 #2 Clemson Tigers (8-0)

#3 Michigan Wolverines (8-0) 

Texas A&M #4 Texas A&M Aggies (7-1)

#5 Washington Huskies (8-0)

 #6 Ohio State Buckeyes (7-1)

#7 Louisville Cardinals (7-1)

 #8 Wisconsin Badgers (6-2)

Auburn#9 Auburn Tigers (6-2)

  #10 Nebraska Cornhuskers (7-1)

Florida#11 Florida Gators (6-1)

Penn State#12 Penn State Nittany Lions (6-2)

LSU #13 LSU Tigers (5-2)

Oklahoma #14 Oklahoma Soorners (6-2)

Colorado#15 Colorado Buffaloes (6-2)

Utah #16 Utah Utes (7-2)

 #17 Baylor Bears (6-1)

#18 Oklahoma State Cowboys (6-2)

Virginia Tech#19 Virginia Tech Hokies (6-2)

West Virginia#20 West Virginia Mountaineers (6-1)

North Carolina#21 North Carolina Tar Heels (6-2)

 #22 Florida State Seminoles (5-3)

Western Michigan#23 Western Michigan Broncos (8-0) 

Boise State#24 Boise State Broncos (7-1)

#25 Washington State Cougars (6-2)

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

Postagens Relacionadas









André Oliveira acompanha NFL desde 2007 e NCAA Football desde 2012. É fã da estratégia e rivalidade envolvida no esporte. Responsável pela cobertura do College Football na coluna Mundo College, todo sábado. No twitter: @AndreO_NFL