Power Ranking: A briga pelos playoffs esquenta!

8 de dezembro de 2016
Tags: power ranking, semana 13,

power ranking - L32

 

Faaala, moçada! Semana 13  na NFL acabou, e com isso colocamos o Power Ranking Liga dos 32 no ar. O final da temporada está chegando e a briga pelos playoffs está cada vez mais intensa – menos para o Cowboys, primeira equipe já classificada. Quais equipes se juntarão ao Cowboys nos playoffs?

Só para lembrar, nosso power ranking é semanal e o critério a ser levado em conta é o resultado do time na semana somado ao resultado do time da semana anterior mais a força da equipe.

E aí, em qual posição estará seu time? Espero que todos curtam, e para quem não concordou é só deixar sua opinião nos comentários.

1°) Dallas Cowboys  (11-1) Vitória fora de casa contra o Vikings
O ataque do Cowboys encontrou um adversário à altura na defesa do Vikings, mas no final prevaleceu. Em um ano de relativa baixa na NFL, o Cowboys destoa como a equipe a ser parada, pois embora sua defesa não inspire tanta confiança assim, qual oponente tem uma defesa suficientemente boa para freia-los combinada a um ataque eficiente? O Vikings só tinha uma parte (a defesa) e com isso, não deu. O Cowboys agora joga para defender o mando de campo ao longo do playoffs – que o time espera que seja longo.

2°) New England Patriots  (10-2) Vitória em casa contra o Rams
“Motivada” pela renovação do seu amado Head Coach e equipe do Rams mostrou todo o seu potencial jogando fora de casa contra o Patriots, ou seja, muito pouco. Vitória mais do que esperada para o Patriots que caminha tranquilamente rumo ao seu oitavo título de divisão consecutivo.

3°) Oakland Raiders (10-2) Vitória em casa contra o Chiefs

A rotina do Raiders continua sendo entrar o quarto período perdendo e virar a partida sem grandes problemas. Derek Carr continua pondo o ataque para rodar e se a defesa resolver jogar ao nível do que se projeta essa equipe do Raiders tem tudo para avançar nos playoffs – pois já estão praticamente garantidos neles.

4°) Kansas City Chiefs   (9-3) Vitória fora de casa contra o Broncosseta-verde +1
Cairo Santos começou errando um extra point, mas no final foi salvo pela atuação brilhante de Eric Berry. O Chiefs mostrou sua força com uma defesa dura e oportunista contribuindo no placar e um ataque que, se não é explosivo, tem sido pelo menos eficiente. Ambos, complementados por um time especial que foi especialmente feliz em um fake punt primoroso ajudaram a garantir uma importante vitória, consolidando o Chiefs como uma das equipes que está firme na disputa por uma vaga nos playoffs.

Leia mais: 32 por 32 – Análise da surpresa Kansas City Chiefs

5°) Seattle Seahawks (8-3-1) Vitória dentro de casa contra o Panthers seta-verde +2
A defesa do Seahawks não teve dificuldades em parar o irreconhecível (em relação ao ano passado) time do Panthers. Após um começo de jogo instável, Russell Wilson fez bom uso dos seus recebedores e se apoiou no jogo corrido para conduzir uma ampla vitória para o Seahawks que com isso parece se recuperar da dura derrota sofrida na semana passada.

6°) Detroit Lions (8-4) Vitória fora de casa contra o Saints seta-verde +3
O Lions continua sua impressionante campanha sob o comando Matthew Stafford e não teve grandes problemas para passar pelo Saints em Nova Orleans. Nada mal para uma equipe que era cotada para estar no piso da sua divisão esse ano – e hora de reconhecer o bom desempenho da equipe por aqui.

7°) New York Giants   (8-4) Derrota fora de casa contra o Steelers seta-vermelha-1

Não é fácil jogar no grande pote de mostarda e começar a partida com um safety e uma interceptação com certeza não ajudaram. A boa atuação do CB Eli Apple acabou ficando ofuscada pela má atuação do outro Eli, o Manning, que parece incapaz de se acertar com qualquer recebedor não chamado Odell Beckham Jr.

8°) Pittsburgh Steelers (7-5) Vitória fora de casa contra o Giants 

Com Big Ben jogando bem e Eli Manning contribuindo, o Steelers passou tranquilamente pelo Giants. O Steelers tem um final de temporada com uma tabela altamente favorável, o que aliado ao seu bom desempenho gera uma expectativa pelo momento de ultrapassar o rival Ravens e selar sua ida aos playoffs com o título da divisão.

9º) Atlanta Falcons  (7-5) Derrota em casa contra o Chiefs seta-vermelha -5

No segundo jogo difícil dentro de casa a equipe do Falcons não resistiu à força coletiva do Chiefs e sucumbiu com uma derrota apertada. O Falcons continua na liderança da divisão e com plenas condições de ir aos playoffs, mas a questão é se o time tem o que é necessário para avançar qunado o nível da competição aumentar em dezembro e janeiro.

10°) Denver Broncos  (7-4) Vitória fora de casa contra o Jaguars 

A fórmula para as vitórias no Broncos continua a mesma: deixar a defesa fazer a festa e torcer para o ataque não estragar tudo. Contra a equipe da eterna promessa não realizada, o Jaguars, não foi diferente. A segunda partida de Paxton Lynch como titular foi marcada por sua imprecisão nos passes, com nenhum acerto em passes para mais de 20 jardas. 

11°) Minnesota Vikings  (6-6) Derrota dentro de casa para o Cowboys seta-vermelha-4
Em uma boa partida que teve uma grande atuação da sua forte defesa o Vikings não facilitou a vida do Cowboys, mas no final não resistiu. O começo brilhante de temporada parece cada vez mais distante e a equipe vê suas chances de playoffs se reduzindo a cada rodada. 

Leia mais: Os 5 jogos com maiores implicações para os playoffs na semana 14

12°) Baltimore Ravens (7-5) Vitória em casa contra o Dolphins seta-verde+6
January Flacco passou mais cedo por Baltimore, para alegria dos fãs locais e infelicidade do Dolphins, e em tarde inspirada não tomou conhecimento da boa defesa de Miami. A explosão ofensiva tornou a vida mais fácil para a boa defesa do Ravens e a vitória veio de forma tranquila, mesmo assim, o Ravens continua sendo a equipe 7-5 que menos inspira confiança – e com uma das tabelas mais difíceis nesse final de temporada.

13°) Green Bay Packers  (6-6) Vitória dentro de casa contra o Texans seta-verde+2
Em uma grande partida de Jordy Nelson, apesar da neve, o Packers despachou o Texans e segue sonhando com os playoffs. Aaron Rodgers teve boa atuação e a defesa não chegou a ser muito ameaçada por Brock Osweiler. É bom não se enganar pelo 5-6 da equipe do Packers, pois o time é melhor do que seu resultado até o momento.

14°) Buffalo Bills   (6-6) Derrota fora de casa contra o Raiders seta-vermelha-2
O Bills começou bem a partida, mas o Raiders vem jogando de maneira monstruosa nos quartos períodos esse ano e foi assim que arrancaram do Bills essa vitória. O Bills, assim como seu rival de divisão o Dolphins, vê suas chances de playoffs sendo reduzidas.

15º) Miami Dolphins  (7-5) Derrota fora de casa contra o Ravens seta-vermelha-2
A equipe da Miami foi à Baltimore como uma das mais quentes da semana 13, mas deixou a gelada cidade do charme destroçada. Ryan Tannehill teve 3 interceptações e com Joe Flacco tendo sua melhor atuação no ano explorando a fragilidade no meio da defesa do Dolphins a equipe foi forçada a tentar um jogo de recuperação, utilizando menos corridas do que gostaria.

16°) Washington Redskins (6-5-1) Derrota fora de casa contra o Cardinals seta-vermelha -2
Capitão Kirk teve uma boa partida e continua passando bem em profundidade, mas para fazer jus ao mega contrato que espera seria bom começar a jogar melhor contra blitz e pressões – que vieram em abundância, conforme esperado, contra uma das defesas mais agressivas da liga. No final, a defesa também não fez o bastante para barrar o Cardinals.

17°) Philadelphia Eagles (5-7) Derrota fora de casa para o Bengals seta-vermelha-1
Dois times que vieram de derrotas que praticamente encerravam suas chances de playoffs se enfrentaram e o Eagles levou a pior. Contra uma defesa inspirada, Carson Wentz jogou como se esperaria de um QB rookie e foi incapaz de produzir e para piorar a defesa do Eagles também pareceu perdida contra um Andy Dalton também inspirado. Infelizmente para o Eagles, o final de temporada que se aproxima dá sinais de que será melancólico.

18°) New Orleans Saints(5-7) Derrota em casa contra o Lions seta-vermelha-1
“Drew Breesus, o Deus de New Orleans. Ninguém consegue parar o criador em seu estádio” – só que não. A grande surpresa da temporada passou por cima do Saints com um Matt Stafford jogando muito e uma secundária que conseguiu deter o ataque do Saints.

19°) Arizona Cardinals (5-6-1) Vitória dentro de casa contra o Redskins 
O Cardinals deixou para jogar bem quando isso praticamente já não altera suas chances de playoffs. Foi uma das poucas boas partidas do Palmer esse ano e a defesa jogou no nível que se esperava desde o começo da temporada.

20°) Tennessee Titans (6-6) BYE

21°) Tampa Bay Buccaneers(7-5) Vitória fora de casa contra o Chargers seta-verde+1

O Buccs substitui o Dolphins como franquia quente do momento após uma vitória contra a boa equipe do Chargers e está firma na disputa por uma vaga no playoffs.

22°) San Diego Chargers   (4-6) Derrota dentro de casa contra o Buccaneers seta-vermelha -1
A sina de jogar bem e perder continua para o Chargers que viu uma boa partida de Philip Rivers resultar em nova derrota. Um pick six, um passe que poderia ser um TD, mas passou pelas mãos de Travis Benjamin e um underthrow que virou interceptação foram os lances crucias para o Chargers.

 23°) Houston Texans (6-6) Derrota fora de casa contra o Pakers 
Brock Osweiler teve uma atuação melhor do que as mais recentes, mas ainda muito distante daquilo que se esperava dele e do que está sendo pago para fazer. Jogando em condições adversas contra uma equipe equilibrada e que, apesar dos resultados ruins na temporada é muito talentosa, o Texans não resistiu e agora joga a temporada contra Colts.

24°) Indianapolis Colts   (6-6) Vitória fora de casa contra o Jets 

Andrew Luck voltou com sangue nos olhos e destroçou a perdida defesa do Jets. Agora é jogar pela vida contra o Texans nessa semana pelo título da divisão mais fraca da NFL.

25°) Cincinnati Bengals    (4-7-1) Vitória dentro de casa contra o Eagles seta-verde +1

Andy Dalton jogou bem, o ataque funcionou e a defesa estava inspirada. Era o que se esperava do Bengals para toda a temporada, mas o que pouco se viu nesse ano. Praticamente sem chances de playoffs, o Bengals joga de olho em 2017.

26°) Carolina Panthers  (4-7) Derrota fora de casa contra o Seahawks seta-vermelha -1

Esse não é o ano do Panthers e outra atuação fraca de Cam Newton contra a pressão, somada a uma defesa incapaz de se aproveitar da frágil linha ofensiva do Seahawks ressultou em uma derrota contundente.

27°) Los Angeles Rams  (4-8) Derrota fora de casa contra o Patriots 

A má qualidade do ataque do Rams nas últimas temporadas é algo que merece estudos e contra o Patriots fora de casa não era esperada melhora. Apesar de todo o talento defensivo e tanto investimento no draft no ataque, o Rams continuam sofríveis de se assistir.

28°) Chicago Bears  (3-9) Vitória em casa contra o 49ers seta-verde+1

O Bears precisou colocar o jogo nas mãos de Matt Barkley e não se arrependeu. Emendando sua segunda boa partida Barkley já levanta questionamentos se não seria uma boa opção para o futuro.

29°) New York Jets     (3-9) Derrota em casa conta o Colts seta-vermelha -1

O Jets entrou em colapso nessa temporada e tem muito o que pensar para 2017. O Colts não tinha nada a ver com isso e simplesmente passou o carro por cima da sofrida franquia de Nova York – para todos verem.

30°) Jacksonville Jaguars  (2-10) Derrota em casa para o Broncos 

Com as lembranças das boas atuações de Blake Bortles em 2015 desvanecendo na memória, o Jaguars não foi páreo para feroz defesa do Broncos. A boa notícia é que embora a defesa nem  de perto esteja jogando como se projetava ou esperava no começo da temporada, a unidade vem melhorando aos poucos.

31°) San Francisco 49ers(1-11) Derrota fora de casa conta o Bears

San Francisco continua na disputa pela primeira escolha do draft em 2017, sendo que sua única dificuldade para isso é a brutal concorrência com o Browns. 

32º) Cleveland Browns (0-12) BYE

Finalmente uma semana em que os Browns não perderam… mas provavelmente foi só porque não jogaram. Um bem-vindo bye para uma equipe historicamente ruim.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

Postagens Relacionadas









Igor Seidl conheceu a NFL com o SB XXVII, mas só voltou a assistir seriamente a partir de 2008. Desde então, busca aprender mais sobre o esporte. É editor da Liga dos 32, produz uma matéria semanal e faz revisões. No twitter: @igorseidl