Os Tight Ends que já passaram pelo basquete

6 de julho de 2017
Tags: chargers, dolphins, jaguars, murilo faitanini, nba, patriots, saints, seahawks, tight ends,

jimmy graham

Com o título do Golden State Warriors há cerca de um mês e o mercado de transferências na NBA pegando fogo, resolvemos falar sobre os Tight Ends que jogaram basquete em algum momento de sua vida escolar antes de seguirem carreira no futebol americano. Essa nova geração de jogadores são atléticos, rápidos, ágeis e com grande capacidade de salto, diferente de antigamente, que chegavam à NFL caras grandes para bloquear:

Jordan Cameron – Miami Dolphins

jordan cameron basqueteAltura: 1,96m / Peso: 111kg

Jordan Cameron saiu do ensino médio e foi recrutado por dez escolas. Acabou optando por BYU, onde jogou basquete e teve médias de 21,1 pontos, 7,3 rebotes e 3,1 assistências por partida. Mais tarde, foi parar na USC e deu mais foco ao futebol americano. O jogador atuou no Miami Dolphins e teve seus bons momentos quando ainda defendia o Cleveland Browns, mas se aposentou em 2016 por conta de concussões.

Jimmy Graham – Seattle Seahawks

jimmy graham basqueteAltura: 2,01m / Peso: 120kg

Alguém tem dúvida que Jimmy Graham jogou basquete em algum momento de sua vida com aquela característica comemoração de enterrar a bola no Y após um TD? Pois é, ele jogou o esporte da bola laranja por quatro anos na Universidade de Miami e teve médias de 4,2 pontos, 4,2 rebotes e 0,4 assistência por jogo, antes de ser selecionado em 2010 pelo New Orleans Saints. Desde a temporada de 2015 no Seattle Seahawks, teve um ano encurtado por lesões, mas voltou com tudo para continuar sendo considerado um dos melhores TEs da NFL.

Julius Thomas – Jacksonville Jaguars

julius thomas basqueteAltura: 1,96m / Peso: 112kg

Com boas características físicas, Julius Thomas foi mais um que teve seus dias de jogador de basquete. Em 121 jogos, venceu 78 jogando por Portland State, teve médias de 6,8 pontos, 4,3 rebotes e 1,2 assistência por partida. Ajudou o time a chegar a duas decisões e  foi selecionado para equipe do Big Sky All-Tournament duas vezes. Depois de ótimas temporadas com Peyton Manning no Denver Broncos, Thomas ainda não chegou ao entrosamento desejado com Blake Bortles no jovem e promissor ataque do Jacksonville Jaguars e acabou trocado para o Miami Dolphins.

Antonio Gates  – San Diego Chargers

antonio gates basqueteAltura: 1,93m / Peso: 115kg

O grande TE veterano já escolhido oito vezes para o Pro Bowl e futuro membro do Hall da Fama, Antonio Gates é mais um da posição que jogava basquete. Em seu último ano praticando o esporte por Kent State, foi o segundo maior pontuador do campeonato. Suas médias foram de 18,1 pontos, 7,9 rebotes e 2,9 assistências por jogo, tamanho sucesso que sua camisa #44 foi aposentada em 2010 por lá. Hoje, Gates é um ídolo no Los Angeles Chargers e parece incansável dentro de campo na NFL.

Martellus Bennett  – New England Patriots

martellus bennett basqueteAltura: 1,98m / Peso: 120kg

Martellus Bennett também praticou basquete e atuou por Texas A&M por dois anos, obtendo médias de 1,7 pontos, 1,4 rebotes e 0,4 assistência por partida. Agora, mesmo com a idade já batendo na porta, o TE segue sendo um grande alvo e útil no bloqueio, tanto que o New England Patriots trouxe o jogador através de uma troca e o viu exercer um papel importante no título conquistado no Super Bowl LI. Agora, Bennett está no Green Bay Packers.

Tony Gonzalez  – Kansas City Chiefs e Atlanta Falcons

tony gonzalezAltura: 1,96m / Peso: 112kg

Mesmo aposentado, não poderíamos deixar de mencionar o maior TE de todos os tempos, que tem números de dar inveja até em grandes WRs, escolheu a Universidade da Califórnia Berkeley, dentre as 12 que, supostamente, estavam interessadas nele. Por lá, jogou basquete durante 3 anos, com médias de 6,8 pontos, 4,5 rebotes e 0,3 assistências por partida. Em seu primeiro ano, ajudou sua equipe a chegar à decisão. Muitos dizem que ele poderia jogar na NBA, mas para nossa sorte, ele veio para o futebol americano.

Postagens Relacionadas









Murilo Faitanini é apaixonado por esportes, em especial futebol americano. Acompanha a NFL desde 2011 e é o Coordenador da Redação, sendo o responsável por escrever notícias, resumo dos jogos e pela seção Dicas de Fantasy, às quintas. No twitter: @MuriloFaitanini