sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018

Compartilhe

Na última quinta-feira, a NFL anunciou os jogos que comporão a International Series de 2018, com os jogos sediados em Londres. Os jogos escolhidos foram:

  • Oakland Raiders vs Seattle Seahawks – Semana 6 (14 de outubro)

  • Jacksonville Jaguars vs Philadelphia Eagles – Semana 7 ou 8 (21/28 de outubro)

  • Los Angeles Chargers vs Tennessee Titans – Semana 7 ou 8 (21/28 de outubro)

Esses jogos marcam as primeiras aparições de Eagles, Seahawks e Titans em jogos fora dos EUA. Dessa forma, ficam restando apenas duas franquias que não participaram de jogos fora do país: Green Bay Packers e Carolina Panthers.

Desde o inicio dos jogos em Londres em 2007, muito tem se falado sobre a possibilidade da cidade sediar uma franquia na liga. Em outubro de 2016, Roger Goodell – comissário da liga – disse que a maior preocupação é garantir que essa possível equipe possa ter uma legítima chance de competir, conforme entrevista dada a Sky Sports.

“O maior obstáculo é se podemos ter uma franquia sediada aqui e ela ter uma base que possa ser competitiva com as demais franquias da liga”, disse ele. “Isso é algo em que temos que ter a máxima confiança, porque é premissa sobre o qual a nossa liga está baseada. Queremos que uma equipe jogue aqui e compita no mesmo nível que se estivesse nos Estados Unidos. Estou ficando mais confiante nisso porque estamos olhando os desafios e estamos encontrando soluções para eles”.

Mark Waller, vice-presidente executivo da liga, disse que a liga vislumbra o ano de 2022 como um alvo para o estabelecimento de uma franquia em Londres.

“Absolutamente”, disse ele. “E isso alinha bem do ponto de vista da CBA e da união dos jogadores, pois isso precisaria fazer parte de um acordo entre todas as partes. Não queríamos dizer que não podíamos negociar esses pontos separadamente, mas, obviamente, se o fazemos naquela época, isso faz sentido . E, do ponto de vista de mídia/transmissão, precisamos pensar. Isso me parece que todos os indicadores estão lá, mostrando que ainda é um cronograma realista”.

Entretanto, apesar de toda a empolgação da liga com relação a isso, esse assunto ainda encontra ecos entre os jogadores, e obviamente, entre os torcedores.

Todd Gurley, RB do Los Angeles Rams, foi um dos que manifestaram publicamente contra a realização dos jogos em Londres. Muito disso em função da longa viagem feita até o local, ainda mais para quem se encontra na Costa Oeste americana. Aliás, as longas viagens são uma das grandes preocupações com relação a jogos em Londres. O desgaste dos jogadores é apontado como um fator complicador nesse caso.

“Horrível”, disse Gurley a jornalistas antes do jogo que o Rams participou nessa temporada. “Eles precisam parar com isso. Seja Londres ou Cidade do México, precisamos parar com esses jogos distantes.”. “É legal jogar lá, não me interprete mal. Apenas é complicado em função de toda logística adotada para a participação no jogo. Horários diferentes, fuso diferente, etc. Mas não podemos negar o carinho que recebemos quando estamos aqui. Os fãs são ótimos.”

Pelo lado dos torcedores, a reclamação faz bastante sentido. A NFL é uma liga profissional com menos jogos disputados por cada franquia, com 16 jogos na temporada regular. Ter o cenário de perder um jogo por causa de uma partida em Londres será sempre criticada pelos fãs, que desejam ver suas equipes de perto.

No entanto, a NFL continuou a avançar com seu cronograma internacional. A liga tem o compromisso de jogar no icônico Wembley Stadium pelo menos até 2020, além de já ter firmado contratos com o novo estádio do Tottenham (contato até 2027).

Um ponto a se destacar á a presença de Raiders e Chargers nesses jogos. Isso deve-se ao fato de ambas as franquias terem sofrido relocações recentes. Segundo normativo da liga, as equipes em transição são obrigadas a sediar um de seus jogos como mandante nos jogos internacionais. Dessa forma, é esperado vermos novamente Raiders e Chargers fora dos EUA em 2019, dado o fato que os novos estádios em Las Vegas e Los Angeles tem a previsão de serem inaugurados para a temporada de 2020.

Outro fato interessante é que o jogo contra o Titans marca o retorno do Chargers a Londres após 10 anos de sua última partida. Além disso, para quem não sabe, a franquia esteve no primeiro jogo da liga fora do solo americano, após a sua fusão com a AFL. Trata-se do Mainichi Star Bowl, realizado em 16 de agosto de 1978, em Tokyo, Japão.

Pelo lado do Raiders, trata-se do 4º jogo em cinco anos sendo mandado fora dos EUA. Foram dois jogos na Cidade do México (Houston Texans – 2016 e New England Patriors – 2017), além de um jogo contra o Miami Dolphins em 2014, em Londres.

A liga ainda não anunciou de forma oficial qual será o jogo que será realizado na Cidade do México em 2018, mas especula-se que será feito entre Los Angeles Rams e Kansas City Chiefs. Isso fica alinhado com a mesma premissa adotada para Raiders e Chargers.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe
  • Silas Hamilton

    Boa tarde meus caros, só informando um erro, na matéria o primeiro jogo está Raiders x Raiders “(Oakland Raiders vs Oakland Raiders – Semana 6 (14 de outubro)”

    Parabéns pelo conteúdo do site e pela matéria em especial.

  • Giovani Natal

    Olá, Silas!

    Obrigado pela correção!