quinta-feira, 19 de maio de 2016

Compartilhe

pro bowl corpo

O Pro Bowl há anos gera discussões sobre sua utilidade e nível de jogo, já que todos os atletas já estão em ritmo de férias quando se reúnem na semana anterior ao Super Bowl para disputar o partida. Recentemente, o evento tem gerado mais repercussão sobre a incrível quantidade de jogadores que simplesmente recusam o convite do voto popular para a partida, alegando a indisponibilidade principalmente por conta de lesões dos mais variados tipos. Nem mesmo o novo formato adotado, que extirpou os antigos times da AFC e NFC e mudou para uma espécie de Draft comandado por duas lendas da liga pareceu atrair os holofotes para o evento.

Para tentar mudar isso, a NFL anunciou que o próximo Pro Bowl será jogado em Orlando, na Flórida, no lendário Citrus Bowl Stadium, que mistura toda a mística de um dos estádios mais tradicionais dos EUA com grandes reformas, que foram realizadas para, num futuro próximo, receber jogos das franquias da Flórida – Jacksonville Jaguars, Miami Dolphins e Tampa Bay Bucanneers – ou até a realização de uma edição do Super Bowl.

Segundo fontes, a cidade de Sidney, na Austrália, fez grande coro para receber o evento neste ano, mas ao que tudo indica, a provável internacionalização da NFL para este grande centro comercial esperará ao menos mais um ano. Além de Houston, que sediará o Super Bowl 51, a cidade de Honolulu também enviou sua proposta para sediar o evento, mas sem sucesso. O Pro Bowl era realidade no Havaí todos os anos desde sua criação em 1979 – exceção dos anos de 2010 (Miami) e 2015 (Arizona), cidades que sediaram o Super Bowl na época.

Fato é que a NFL cada vez mais procura formas de tornar o jogo mais atrativo e a cada mudança na estrutura do evento gera-se mais crítica acerca dos mais radicais que simplesmente defendem a exclusão do jogo. A união de desinteresse do público e mídia em geral com um nível de jogo totalmente questionável só ganham mais adeptos que pregam o fim do tradicional evento. Para os jogadores, resta saber se a viagem gratuita até a cidade da Flórida os animará para jogar, mas, convenhamos, se nem a viagem até o Havaí era suficiente para tal, não devemos criar muitas expectativas.

Compartilhe

Comments are closed.