Não há consenso entre 49ers, Kaepernick e Broncos

5 de abril de 2016
Tags: 49ers, broncos, chip kelly, elway, kaepernick, Notícias do Dia, raul kazanowski,

zzzz

O assunto que mais movimenta a Offseason da NFL no momento é a negociação envolvendo o San Francisco 49ers, o Denver Broncos e Colin Kaepernick. Cada vértice desse triângulo tem um desejo, mas não está totalmente disposto a pagar por ele. Vejamos, o 49ers trouxe um novo técnico, uma nova comissão e isso quase sempre significa uma troca na posição de Quarterback. Chip Kelly tem um esquema que pode favorecer Kaepernick, mas talvez o treinador prefira selecionar alguém vindo do College, já posição do time é boa (7ª escolha geral). Nessa esteira, vem o desejo da franquia: trocar Kaepernick, se livrando do salário, e recebendo mais uma escolha – segunda rodada é o objetivo – para remontar o elenco. A comissão não admite, diz que conta com Kaepernick, mas por que então deixou ele reunir-se duas vezes com John Elway para negociar um contrato?

Colin Kaepernick tevchip kellye seu momento de glória há pouco tempo e ajudou a franquia a chegar no Super Bowl XLVII, mas após a saída de Jim Harbaugh as coisas parecem ter desandado para o QB. Como já foi dito, o esquema de Chip Kelly pode favorecê-lo, mas talvez o jogador queira novos ares, um novo time, com uma defesa forte, uma chance real de voltar a brigar por um anel. Assim sendo, o desejo de Kaepernick seria o Denver Broncos.

O Denver Broncos, após glória no Super Bowl 50, viu a lenda Peyton Manning abandonar os gramados e seu sucessor – Brock Osweiler – deixar o time por mágoa e uma boa oferta do Houston Texans. Assim sendo, tornou-se imperiosa a necessidade do time buscar um novo QB. Mark Sanchez assinou, mas John Elway disse que viria outro jogador. A posição do Broncos no Draft não é favorável, afinal o time foi campeão, então não há garantia que um dos melhores QBs universitários (Paxton Lynch, Jared Goff ou Carson Wentz) estará disponível na 31ª escolha. Assim sendo, por que não tentar a contratação de um QB com experiência na liga e com sede por mostrar que ainda pode render? Aí entra Colin Kaepernick.

z

Tudo parece encaixar-se nesse triângulo, as vontades parecem ser complementares, mas não é tão simples. O 49ers quer uma escolha de segunda rodada, mas não quer ajudar a pagar parte do salário de Kaepernick para ele jogar em Denver. O QB, por sua vez, não está disposto a aceitar uma redução salarial para jogar na franquia do Colorado. E o Broncos não aceita pagar o salário integral do QB para tê-lo em seu elenco. A negociação parece esfriar. Não está morta, mas respira por aparelhos, e conforme o Draft vai se aproximando, a janela para o negócio acontecer vai fechando.

Postagens Relacionadas









Redação Liga dos 32 Este texto foi produzido em conjunto por dois ou mais membros da equipe Liga dos 32. Twitter: @LigaDos32 // Facebook: fb.com/ligados32 // Instagram.com/ligados32