J.J. Watt pode perder o resto da temporada

28 de setembro de 2016
Tags: Notícias do Dia, paulo cesar, texans,

Watt 1

A humilhante derrota por 27 x 00 para o New England Patriots que o Houston Texans sofreu na última quinta-feira pode ter sido o último ato do melhor jogador defensivo da NFL, o DE JJ Watt. Segundo diversas informações, a estrela maior da franquia reagravou uma lesão na costa que sofreu ainda nos playoffs da última temporada, na derrota para o Kansas City Chiefs, que exigiu uma operação na hérnia nos meses posteriores e o fez perder toda a pré-temporada, em Agosto. Ao que tudo indica, a nova lesão ocorreu durante a partida contra o Patriots, que limitaram o desempenho do jogador a três ou menos tackles e nenhuma pancada no QB adversário pela primeira desde sua temporada de calouro, datada de 2011.

O Houston Texans assinou com o veterano DE Antonio Smith, que jogou vários anos pela franquia, e em um movimento correspondente, deve colocar Watt na lista dos machucados, o que terminaria a temporada que o atleta buscaria o quarto título de jogador defensivo do ano, algo inédito na história da NFL. Mesmo que o Texans esteja atrasando ao máximo esta decisão, na expectativa de saber mais sobre quão séria é esta nova lesão em seu principal jogador (existe a esperança que ele volte para alguma partida de playoff), a preocupação maior parece ser ao longo prazo, na recuperação plena do tipo de atleta definido como o único em uma geração, já que, após duvidar que estaria pronto para atuar novamente após tal cirurgia na hérnia, Watt até contrariou a maioria das opiniões dos médicos e atuou na abertura da temporada, porém simplesmente não foi perto daquele atleta dominante que aterrorizou coordenadores ofensivos (e defensivos), visto que nas últimas temporadas alinhava também como TE.

Uma lesão do tipo é particularmente difícil de ser contornada em qualquer esporte de alto desempenho, e com certeza perder o melhor jogador de defesa de toda a NFL é uma péssima notícia para as esperanças do Texans, que reformularam o ataque porém contam com o bom desempenho da defesa para conquistarem a AFC Sul em 2016 e posteriormente construírem uma caminha sólida nos playoffs. Em apenas cinco temporadas, Watt colocou seu nome entre os maiores da história da posição, vencendo três prêmios de jogador defensivo da NFL desde 2012. Outra estatística impressionante é que, com 76 sacks em apenas 80 jogos, a média de 0.92 sack por partida é simplesmente a maior da história, superando nomes como Lawrence Taylor e DeMarcus Ware, desde que a estatística passou a ser oficial, em 1982.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

Postagens Relacionadas









Paulo César é o setorista da NFC LESTE. Analisa Giants, Cowboys, Redskins e Eagles às terças e quintas aqui no site. No projeto setoristas, falamos dos 32 times a cada duas semanas! Siga-o no Twitter para acompanhar mais da cobertura dessa divisão e debater sobre as matérias: @PcesarPJunior