J.J. Watt duvidou se estaria apto a jogar novamente

8 de setembro de 2016
Tags: Notícias do Dia, paulo cesar, texans,

Dec 23, 2012; Houston, TX, USA; Houston Texans defensive end J.J. Watt (99) is introduced before a game against the Minnesota Vikings at Reliant Stadium. Mandatory Credit: Brett Davis-USA TODAY Sports

Um dos jogadores de defesa mais dominantes deste século, o DE JJ Watt, do Houston Texans, vêm de temporada em que liderou a NFL com 17.5 sacks, que culminaram na terceira nomeação consecutiva de melhor jogador defensivo da Liga na última campanha, uma verdadeira máquina de sacks dentro de campo. Mais impressionante do que seu currículo, é o fato que durante todo o ano passado, o DE atuou com diversos tipos de lesões na virilha e no abdômen, que inclusive o obrigaram a deixar a partida de Wild Card contra o Kansas City Chiefs, tamanho desconforto que Watt sentia. Após ser submetido a uma cirurgia no abdômen ao final da temporada, o atleta descreveu o status de como atuou na segunda metade da temporada, bem como tal situação o fez pensar na vida sem o futebol americano.

“Alguns músculos do abdômen estavam totalmente fora (do osso), enquanto alguns estavam parcialmente rompidos, é algo muito sério. Quando estava na Filadelfia, havia dias que eu simplesmente questionava se eu estaria apto a jogar novamente. A pior situação ocorreu durante um período de dez dias seguidos após a cirurgia, em que não conseguia caminhar nem fazer nada do tipo, foi um ponto em que realmente pensei se valia a pena voltar a atuar novamente,” declarou o atleta, que ventilou a possibilidade se aposentar precocemente em Maio, quando Calvin Johnson Jr anunciou aposentadoria.

É realmente um relato assustador, porém mais do que ninguém, Watt tem demonstrado ser extremamente resiliente em sua carreira, visto que atuou (e de forma magnífica) com diversos tipos de lesões desde que entrou na Liga, ao ser recrutado na 11ª escolha do Draft de 2011, vindo da universidade de Wisconsin.  Porém, após todo o processo de recuperação que levou praticamente nove meses, o DE foi retirado da lista de jogador sem condição de jogo, o que simboliza que o atleta está pronto para a temporada que começa no domingo, quando enfrentarão o Chicago Bears.

“Me sinto ótimo, sem nenhum tipo de limitação física. Na verdade, me sinto em melhor forma se comparado à segunda parte da temporada passada, quando algumas lesões limitaram meu desempenho, claro, com tudo aquilo que enfrentei, obviamente estou numa situação melhor agora.” Ao que tudo indica, Watt parece saudável para a temporada regular, o que é um sinal de terror para as linhas ofensivas adversárias, pois se lidando com lesões na virilha e abdômen, partes tão importantes para um atleta de linha defensiva, ele teve médias de mais de um sack por partida, qual seria o limite para o defensor estando totalmente saudável, e contando com o DE Jadaveon Clowney alinhando do lado oposto para dividir as atenções? Estamos prestes a descobrir, e com a exceção da torcida do próprio Houston Texans, não deve ser algo animador para os adversários da equipe do Texas.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook.

Postagens Relacionadas









Paulo César é o setorista da NFC LESTE. Analisa Giants, Cowboys, Redskins e Eagles às terças e quintas aqui no site. No projeto setoristas, falamos dos 32 times a cada duas semanas! Siga-o no Twitter para acompanhar mais da cobertura dessa divisão e debater sobre as matérias: @PcesarPJunior