segunda-feira, 19 de Março de 2018

Compartilhe

Após a Free Agency, o Jets resolveu por trocar escolhas para subir no Draft. O time de Nova Iorque conseguiu uma troca com o Colts, com isso, o time pulou da sexta escolha para a terceira escolha geral desse Draft. Mas em compensação, teve que mandar quatro escolhas (6°, 37°, 49° e uma de segunda rodada de 2019) para Indianápolis.

(Só para deixar claro, há um consenso geral que será selecionado um QB e não acredito que será diferente). Agora, vale a pena trocar essas escolhas para ter um quarterback, quando já se tem dois bons jogadores da posição no elenco (Teddy Bridgewater e Josh McCown)? É difícil ter uma resposta concreta, mas uma decisão errada causará problemas a franquia. Errar em uma escolha no top 3 é inadmissível, mas vindo do Jets, não seria estranho.

O time já teve Mark Sanchez como quarterback e incrivelmente foi a final da conferência americana, hoje se encontra em uma completa disfuncionalidade na posição. McCown vinha fazendo uma boa temporada até se machucar e ficar fora do resto da temporada. A partir da lesão do titular, Nova Iorque teve de ir com Brice Petty. Não querendo a mesma confusão da temporada passada, o Jets decidiu contratar Bridgewater e renovar com Josh, a esse ponto compreensível, o camisa 16 tem quase 40 anos e Teddy está voltando de uma lesão grave. Mas a questão chave é a seguinte, para que selecionar um quarterback no Draft, tendo jogadores capazes de serem líderes da franquia? Desconfiança em Bridgewater por voltar a jogar depois de um bom tempo? Essas questões só o GM de Nova Iorque poderá responder. Mas já que vamos escolher um QB, vamos as principais opções que estarão disponíveis no dia 26 de abril.

1 – Josh Rosen – UCLA

Ele é um ótimo QB, tem uma excelente mecânica de lançamento, possui também um ótimo trabalho de pés (consequência de o mesmo ter jogado tênis quando criança), além de ter um tamanho ideal para a NFL. Mas como todo prospecto, existem algumas incertezas sobre o jogador. A primeira (de todas a mais estúpida) que Josh não foca 100% no futebol americano, como se os jogadores fossem robôs e obrigados a pensar só em FA, já no quesito em campo, o quarterback não possui tanta mobilidade.Na opinião muitos analistas, Rosen é quarterback mais preparado para a NFL.

2 – Sam Darnold – USC

Lança bons passes em movimento, tem um braço forte e é ágil, além de ter tamanho ideal para um QB. Porém os defeitos preocupam mais do que os de Rosen. Darnold tem problemas em proteger a bola, seja interceptação e/ou fumble, também existem problemas sobre as progressões de rotas feitas por Sam. Para comprovar isso, só ver a estatística do jogador na última temporada, 13 interceptações. No fim, penso que Darnold é o mais talentoso da classe, mas não, o mais preparado para a liga.

3 – Baker Mayfield – Oklahoma

A pessoa mais competitiva desse Draft, era um líder nato em sua faculdade. E possui um braço muito preciso em todos os “níveis” do campo, também é o atual Heisman (prêmio dado ao jogador mais extraordinário do College). Em compensação, Mayfield é o jogador mais problemático dessa classe. O primeiro problema é sobre sua altura, Baker tem 1.80m, considerado baixo para os padrões da liga. Além das confusões fora de campo, o ex-Sooners foi preso em fevereiro de 2017, por causa de intoxicação pública e conduta desordeira, tudo isso somado a um vídeo dele correndo da polícia. Se conseguir ficar fora dos entreveros, Mayfield será um bom jogador na NFL.

4 – Josh Allen – Wyoming

Possui um canhão no braço, um clássico pocket passer, tem experiência jogando under center e também, tem a habilidade de queimar safeties em bolas longas, mas sua precisão é questionável. Allen nunca teve uma temporada com mais de 56% de passes completos. Vale ressaltar, que ele jogou em uma conferência fraca do College, a Mountain West.

Penso que não há necessidade de mais um quarterback, mas sei que ele vai ser escolhido. Não acredito que o QB selecionado será outro além desses quatro, são bons jogadores, os quais possuem problemas, diferentes um do outro. Seja qual for, é necessário ter calma, não apressar a evolução de cada um. A melhor escolha seria Rosen, mas não acredito que ele e Darnold estarão disponíveis na terceira escolha, Mayfield teria problemas com a reserva, assim, a melhor opção é Allen. Com tempo para melhorar sua precisão, Josh pode se tornar um ótimo jogador.

Compartilhe

1 comentário

  1. Nas entrelinhas das entrevistas do Rosen, fica claro, pelo menos para mim, a seguinte mensagem: “Quero ir para os Giants ou Broncos! Quero ir para os Giants ou Broncos…”

Leave A Reply