sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Compartilhe

Já chegamos a ¾ da temporada, sendo a época mais importante para as equipes conseguirem garantir suas vagas nos playoffs. Antes vamos a alguns destaques da semana 11:

  • RBs Mark Ingram (1.019 jardas de scrimmage e 8 TDs) e Alvin Kamara (906 jardas de scrimmage e 7 TDs)  são a única dupla da era Super Bowl a chegar a pelo menos 900 jardas de scrimmage e 7 TDs cada nos primeiros 10 jogos de uma temporada.
  • Com 4 jogos na temporada com pelo menos 10 recepções e 100 jardas de recepção na temporada, o WR Antonio Brown empatou com Andre Johnson e Julio Jones como os únicos jogadores com esse feito nos 10 primeiros jogos de uma temporada.
  • Brown chegou a 702 recepções na carreira em apenas 111 partidas, a melhor marca da história da NFL.
  • Com 91 jardas de recepção, o WR Larry Fitzgerald (15.157 jardas) passou Tony Gonzalez (15.127) para a quinta melhor marca da história da NFL.
  • WR Michael Thomas chegou a 157 recepções nos primeiros 25 jogos da carreira, sendo a segunda melhor marca da história da NFL. O primeiro é Odell Beckham com 176.
  • QB Carson Wentz chegou a 25 TDs na temporada, é a terceira melhor marca da história para um QB segundo anista nos primeiros 10 jogos de uma temporada.

A semana 12 da NFL começou ontem com o Thanksgiving com três jogos: Minnesota Vikings 30 @ 23 Detroit Lions, Los Angeles Chargers 28 @ 06 Dallas Cowboys e New York Giants 10 @ 20 Washington Redskins. Confira nosso guia e não perca nada.

New Orleans Saints (8-2) @ Los Angeles Rams (7-3) – Domingo, 26/11, 19:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Melhor jogo da rodada, com dois times que vem muito bem na temporada inteira. O Los Angeles Rams já deixou de ser surpreendente e é uma grande realidade na temporada. O time tem um ataque poderoso, mas que foi totalmente dominado pela grande defesa do Vikings. Porém, os números na temporada só comprovam como o ataque mudou da água para o vinho da temporada passada para essa. É o quarto melhor em jardas totais e o segundo melhor em pontos com mais de 30 por partida. A defesa é bem mediana quando se trata de jardas concedidas, mas toma apenas 18,6 pontos por jogo, sendo a sexta melhor da NFL nesse quesito.

O New Orleans Saints vem de oito vitórias seguidas, mostrando que finalmente Drew Brees tem um time que ele possa levar novamente ao Super Bowl. O ataque está bem demais, é o melhor em jardas totais, o terceiro com mais pontos feitos e também o terceiro com melhor média de jardas terrestres, mostrando como é um ataque muito bom e bem equilibrado, não precisando depender totalmente do seu QB. A defesa, que foi tão criticada depois dos dois primeiros jogos da temporada, mudou totalmente nesses oito jogos. Toma menos de 20 pontos por partida, mostrando como evoluiu e tem no DE Cameron Jordan, um dos seus grandes destaques.

É uma partida de dois grandes ataques, dois dos melhores da NFL. Porém, também são duas boas defesas, que são capazes de parar ataques. Deve ser um jogo bem equilibrado, com um pouco de vantagem para o Saints, já que a equipe está voando, só estando abaixo do Eagles na NFC nessas últimas partidas. O Rams lidera o confronto histórico com 40 vitórias e 32 derrotas, tendo vencido 2 dos últimos 3 duelos.

Principais Jogadores:

Los Angeles Rams:

QB Jared Goff passou para 590 jardas, 4 TDs e 1 interceptação nos últimos 2 jogos em casa. RB Todd Gurley correu para TD na semana passada. WR Sammy Watkins teve 2 TDs de recepção nos últimos 3 jogos. DT Aaron Donald teve 4 sacks, 3 fumbles forçados e fumble recuperado nos últimos 5 jogos. LB Mark Barron tenta a terceira partida seguida em casa com interceptação.

New Orleans Saints:

QB Drew Brees teve 385 jardas, 2 TDs e 1 interceptação na semana passada. RB Mark Ingram correu para 134 jardas e TD na rodada passada. WR Michael Thomas tem 31 recepções para 375 jardas e 2 TDs nos últimos 4 jogos na estrada. DE Cameron Jordan teve sack na última semana. DT Sheldon Rankins teve sack e fumble forçado no último encontro entre as equipes.

Buffalo Bills (5-5) @ Kansas City Chiefs (6-4) – Domingo, 26/11, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

São duas equipes que já viveram momentos bem melhores, mas ainda tem chances de playoffs. O Kansas City Chiefs ainda está confortável na liderança da sua divisão, apesar da grande queda de desempenho que a equipe teve. O time começou bem demais, mas seus principais jogadores caíram demais de rendimento, principalmente do ataque. Alex Smith, que vinha sendo falado para o prêmio de MVP, e Kareem Hunt foram os principais exemplos de jogadores do time que não conseguem ter o rendimento do início. O ataque que tinha média de mais de 400 jardas por partida, já caiu para 370 por jogo. A defesa continua tomando muitas jardas, mas a quantidade de pontos que toma por jogo também aumentou.

O Buffalo Bills teve uma decisão bem estranha na semana passada. Colocou Nathan Peterman como titular e ele lançou simplesmente 5 interceptações no primeiro tempo. Ninguém conseguiu entender essa decisão do técnico Sean McDermott, porém nessa semana ele já confirmou que volta Taylor como QB titular, uma decisão mais sensata. O Bills teve um bom início de temporada, até conseguindo liderar a divisão em alguns momentos, mas o time começou a cair e nesse momento ainda briga por uma vaga no Wild Card. O ataque nunca foi uma maravilha, mas a defesa teve uma queda muito grande, o que fez o time perder várias partidas.

Esse é um jogo que não dá para ter um prognóstico do que vai acontecer. Os dois times estão em viés de queda, mas precisam melhorar se quiserem se garantir nos playoffs, até porque todos os dois tem chance para chegar os playoffs. Vamos ver como volta o ataque de Buffalo com a volta de Taylor como titular e Smith precisa voltar a jogar bem, junto com outros jogadores importantes do ataque. O Bills lidera o confronto histórico com 23 vitórias, 20 derrotas e 1 empate, porém o Chiefs venceu os últimos 3 jogos.

Principais Jogadores:

Kansas City Chiefs:

QB Alex Smith passou para 558 jardas com 5 TDs e nenhuma interceptação nos últimos 2 encontros entre as equipes jogando em casa. RB Kareem Hunt lidera a AFC e está em segundo na NFL com 1.208 jardas de scrimmage. TE Travis Kelce teve 109 jardas de recepção na semana passada. LB Justin Houston tem 3 sacks nos últimos 4 jogos em casa. LB Derrick Johnson é 1 de 2 jogadores ativos com 1.100+ tackles (1.123) e 25+ sacks (27.5).

Buffalo Bills:

QB Tyrod Taylor passou para TD e correu para TD na semana passada. RB LeSean McCoy correu para 114 jardas e 2 TDs na semana passada. WR Andre Holmes teve TD de recepção no último confronto contra o Chiefs. DE Jerry Hughes teve 2 sacks no último duelo. LB Preston Brown teve 13 tackles na semana passada.

Carolina Panthers (7-3) @ New York Jets (4-6) – Domingo, 26/11, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Um jogo que pode ser legal pelo o Jets jogar em casa e essa partida ser um divisor de água para a equipe de New York. O New York Jets entrou na temporada como uma das piores equipes da NFL, só vendo qual seria a posição no Draft do ano que vem para começar sua reconstrução. Porém, o time começou a jogar bem e para surpresa de muitos, o QB Josh McCown está jogando bem na temporada. Com isso, e também pela AFC não ter grandes times, a equipe de New York tem uma chance de conseguir chegar aos playoffs. Esse jogo em casa vai mostrar se a equipe continua lutando por isso ou vai ver apenas em qual posição do Draft vai escolher em 2018.

O Carolina Panthers voltou a fazer um grande ano depois da fraca temporada passada. O ataque é mediano na NFL, com médias bem mais ou menos, mas ainda falta um grande WR nesse time. A defesa é o melhor disparado da equipe, é a segunda melhor equipe em jardas cedidas, com apenas 278 por jogo. É a quinta melhor em pontos tomados e a terceira melhor em jardas terrestres cedidas, mostrando como voltou a ser aquela defesa dominante que foi em 2015. Se não fosse o grande do Saints, o time tinha tudo para ser líder da sua divisão, porém o time ainda vai ter que brigar muito para vencer a sua divisão.

Deve ser um bom jogo, que vai depender muito de como o Jets vai chegar para esse jogo. O Panthers todo mundo sabe como deve jogar, centrado no QB Cam Newton e usando sua forte defesa. É ver como McCown vai se comportar contra essa grande defesa e se o time vai conseguir estabelecer o jogo corrido com Bilal Powell e Matt Forte. O confronto histórico está empatado com 3 vitórias para cada lado, com o Panthers vencendo 2 dos últimos 3 duelos.

Principais Jogadores:

New York Jets:

QB Josh McCown teve 2+ TDs em dois dos últimos 3 jogos contra o Panthers. RB Bilal Powell tem 365 jardas de scrimmage com 3 TDs nas últimas 4 partidas contra equipes da NFC. WR Robby Anderson teve 85 jardas e TD na semana 10. LB Demario Davis tem 43 tackles, 5 tackles para perda de jardas, sack e fumble recuperado nos últimos 5 jogos em casa. S Marcus Maye é o único S rookie com 45+ tackles (49) e 2+ interceptações (2).

Carolina Panthers:

QB Cam Newton passou para 254 jardas com 4 TDs e nenhuma interceptação e ainda com 95 jardas terrestres na semana 10. RB Christian McCaffrey lidera os rookies RBs com 57 recepções e está em quinto com 433 jardas de recepção. WR Devin Funchess teve 92 jardas e 2 TDs na semana 10. DE Julius Peppers teve 2 sacks, 2 fumbles forçados e 2 passes desviados nos 4 jogos na carreira contra o Jets. LB Luke Kuechly tem 2 interceptações nos últimos 3 jogos.

Green Bay Packers (5-5) @ Pittsburgh Steelers (8-2) – Domingo, 26/11, 23:30 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Esse jogo poderia ser o melhor da rodada se Aaron Rodgers não se machuca. O Pittsburgh Steelers vem em um grande ano, com uma ataque totalmente sufocante – pergunte a Mariota – e um ataque como sempre bem forte. Le’Veon Bell e Antonio Brown continuam espetaculares, Big Ben está um pouco errático, mas todos nós sabemos a qualidade que tem o QB. A defesa é uma das melhores da NFL, sendo a quarta melhor em jardas cedidas e a segunda melhor em pontos tomados com apenas 16,5 por jogo. É um time com um nível muito e um dos grandes candidatos para chegar ao Super Bowl pelo lado da AFC juntamente com o Patriots. Muito por isso, Pittsburgh não pode desprezar algum jogo da temporada regular, as equipes tem a mesma campanha e o Steelers precisa tentar encontrar New England em Pittsburgh, o que geralmente não acontece.

O Green Bay Packers ainda tem chance de chegar aos playoffs, mas precisa começar a vencer jogos. A lesão de Aaron Rodgers foi uma facada no coração dos torcedores do Packers, já que a equipe depende totalmente do grande talento do QB. Nas estatísticas, Green Bay é bem mediano, tanto no ataque como na defesa. Brett Hundley não parece ser um QB ruim, mas ainda é inexperiente e como o jogo terrestre do Packers não é nada bom, não ajuda em nada o QB. Enfrenta várias defesas muito boas e sempre jogando na pressão e com descidas longas, a dificuldade de Hundley fica escancarada.

O Packers terá que jogar muito para conseguir fazer frente a esse grande time do Steelers. Vai ser interessante ver esse time de Pittsburgh jogando, um time com muitas jogadas explosivas e uma defesa que dá gosto de ver. Green Bay precisa ficar longe de TOs e que o jogo terrestre funcione minimamente para ter chance. No confronto histórico o Packers lidera com 18 vitórias e 15 derrotas, porém o Steelers venceu os últimos 4 jogos.

Principais Jogadores:

Pittsburgh Steelers:

QB Ben Roethlisberger completou 30 de 45 passes para 299 jardas com 4 TDs e nenhuma interceptação na semana passada. RB Le’Veon Bell lidera a NFL com 886 jardas terrestres. WR Antonio Brown teve 10 recepções para 144 jardas e 3 TDs na última rodada. DE Cameron Heyward teve 2 sacks na semana 11. DE Stephon Tuitt tenta o terceiro jogo seguido com sack.

Green Bay Packers:

QB Brett Hundley completou 65 de 99 passes para 696 jardas nas últimas 3 partidas. RB Ty Montgomery tem 3 TDs nos últimos 3 jogos fora de casa. WR Davante Adams liderou o time com 8 recepções para 126 jardas na semana 11. S Ha Ha Clinton-Dix teve interceptação na semana passada. CB Damarious Randall teve 2 interceptações e 2 passes desviados nas últimas 3 partidas fora.

Cleveland Browns (0-10) @ Cincinnati Bengals (4-6) – Domingo, 26/11, 16:00 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Confronto de divisão, mas não vale praticamente nada para temporada, até porque os dois times não vêm nada bem. O Cincinnati Bengals é um time muito inconstante o ano todo, começou com o ataque patético, Andy Dalton jogando muito mal e demitiram o coordenador ofensivo. Porém, Dalton até que teve um pouco de melhora nas últimas semanas. O ataque terrestre da equipe, que já foi muito bem nas últimas temporadas, é o pior da NFL com apenas 68 jardas por partida. É também o pior em jardas totais com 265,6 por partida, 14 jardas de média a menos que o segundo pior, que é o do Ravens. A defesa tem algum talento e é uma das medianas da NFL.

O Cleveland Browns continua com todos os problemas dos últimos anos. Não tem um bom QB e não tem uma boa equipe. Até adicionou bons talentos nos últimos anos, via draft ou por transferência de jogadores, mas a equipe ainda não conseguiu chegar perto de vencer jogos. Mais uma temporada sem vencer e deve vir novamente a primeira escolha do Draft, com Cleveland torcendo muito para pegar um QB que possa ser o titular e liderar o Browns durante muitos anos. É a quarta pior defesa da NFL em pontos cedidos com quase 26 por partida. Porém, é uma das 8 melhores em jardas cedidas. O ataque é o quinto pior em jardas totais e o pior em pontuação com apenas 15 por jogo.

Não é um jogo com muitas coisas interessantes para assistir. Os jogadores do Browns já tentam jogar para garantir ficar na equipe na próxima temporada, principalmente os que têm só esse ano de contrato. No Bengals, mesmo o time sendo bastante irregular, ainda tem chance de playoffs, pela qualidade não muito boa das equipes da AFC. Se quiser ter alguma chance, precisa vencer a equipe que não ganhou de ninguém no ano. O Bengals lidera o confronto histórico com 49 vitórias e 39 derrotas, tendo vencido os últimos 6.

Principais Jogadores:

Cincinnati Bengals:

QB Andy Dalton tem 7 passes para TD e nenhuma interceptação nos últimos 4 jogos. RB Joe Mixon teve TD terrestre em 2 das últimas 3 partidas. WR A.J. Green teve 165 jardas com 2 TDs nos últimos 2 jogos. LB Vontaze Burfict teve 12 tackles, sack e fumble forçado na semana 11. DE Carlos Dunlap teve 2 sacks na última semana.

Cleveland Browns:

QB DeShone Kizer tenta o terceiro jogo seguido com passe para TD. RB Isaiah Crowell teve TD terrestre em dois dos últimos três jogos em Cincinnati, WR Corey Coleman liderou a equipe com 6 recepções e 80 jardas na última semana. LB Christian Kirksey teve 55 tackles, 2 sacks e 2 fumbles forçados nas últimas 5 partidas. DE Myles Garrett teve fumble recuperado na semana 11.

  • Com 52 jardas de recepção contra o Jaguars, o WR Larry Fitzgerald (15.157) vai passar Isaac Bruce (15.208) para o quarto melhor posto da história da NFL.
  • Com 6 recepções, Fitzgerald vai se juntar com Jerry Rice (1.549) e Tony Gonzalez (1.325) como os únicos jogadores com pelo menos 1.200 recepções na carreira.
  • Com 272 jardas contra o Dolphins, o QB Tom Brady (64.728) vai se tornar o quarto jogador da história com pelos menos 65.000 jardas na carreira. Os outros na lista são Peyton Manning, Brett Favre e Drew Brees.
  • Com 89 jardas terrestres contra o Titans, o RB Frank Gore (13.574) vai passar Jerome Bettis (13.662) para o sexto lugar na história da NFL.
  • Com 8 recepções contra o Bucs, o WR Julio Jones (551) vai passar Anquan Boldin (558) para se tornar o jogador com mais recepções nos primeiros 90 jogos da carreira.
  • Com 199 jardas contra o 49ers, o QB Russell Wilson vai se tornar o quarto QB da história da NFL com pelo menos 3.000 jardas de passe em cada uma de suas seis primeiras temporadas na carreira.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.