Guia da Semana 10 da NFL

10 de novembro de 2017
Tags: guia da rodada, marcos filho,

Chegamos a semana 10 da NFL e já estamos na parte decisiva da liga. Vamos as tradicionais curiosidades da rodada que passou:

  • O New Orleans Saints é a terceira equipe na era Super Bowl a ganhar 6 jogos seguidos depois de começar 0-2. As outras duas – Dallas Cowboys (1993) e New York Giants (2007) – venceram o Super Bowl.
  • Com os dois TDs, QB Drew Brees chegou a 225 TDs no Mercebes-Benz Superdome passando Tom Brady (Gillette Stadium) para o recorde de um jogador em um mesmo estádio.
  • Com os 4 TDs contra o Broncos, o QB Carson Wentz é o quarto QB na história com mais TDs com 25 anos ou menos nos primeiros 9 jogos de uma temporada.
  • Com os dois TDs contra o Packers, o QB Matthew Stafford (29 anos) foi o quarto QB na história a chegar a marca de 200 TDs com menos de 30 anos. Os outros são Dan Marino, Peyton Manning e Brett Favre.
  • Com a partida de 159 jardas terrestres, o QB Adrian Peterson chegou a 19 jogos com pelo menos 150 jardas corridas. Barry Sanders (25), Jim Bronw (22) e Walter Payton (20) são os líderes.
  • QB Matt Ryan chegou ao recorde de jardas com 150 jogos disputados na carreira. São 39.858 jardas passando Drew Brees (39.297).
  • QB Eli Manning (50.034) se tornou o sétimo QB da história a chegar a 50.000 jardas de passe na carreira.
  • Com as 70 jardas recebidas contra o 49ers, o WR Larry Fitzgerald (14.953) passou Tim Brown (14.934) e agora é o sexto jogador com mais jardas de recepção na história.
  • K Adam Vinatieri chegou a 2.442 pontos na carreira ultrapassando Gary Anderson. Ele é o segundo da história só atrás do Morten Andersen com 2.544.

A semana 10 começou ontem com a vitória do Seattle Seahawks sobre o Arizona Cardinals por 22 x 16 pelo Thursday Night Football. Nessa rodada folgam o Baltimore Ravens, Kansas City Chiefs, Oakland Raiders e Philadephia Eagles. Confira nosso guia e não perca nada.

New Orleans Saints (6-2) @ Buffalo Bills (5-3) – Domingo, 12/11, 16:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Excelente partida entre duas equipes que tem grandes chances de chegar aos playoffs e estão em divisões bem disputadas. O Buffalo Bills é aquele famoso leão em casa e gatinho fora. A equipe é muito forte jogando em casa, com 4 vitórias bem convincentes até aqui na temporada, mas perde jogos para times considerados mais fracos jogando longe da sua casa. A equipe tem uma ótima defesa, principalmente contra o jogo terrestre, sendo a oitava melhor, tomando apenas 94 jardas. Em termos de pontos, é a quinta, tomando 18 por partida. Para o ataque funcionar, o jogo corrido precisa estar bem, principalmente com o QB Tyrod Taylor e LeSean McCoy no read option. Conseguindo estabelecer o jogo pelo chão, o ataque flui bem mais tranquilo.

O New Orleans Saints começou a temporada bem mal, perdendo os dois primeiros jogos com uma peneira em vez de uma defesa. Parecia mais uma temporada condenada para Drew Brees e companhia, mas a defesa mudou da água para o vinho e o ataque continua do mesmo nível. Cameron Jordan faz uma temporada espetacular, sendo o terror dos ataques adversários, além de uma boa temporada da secundária que nos últimos anos era sofrível. Toma menos de 20 pontos por partida, o que é excelente para quem tem Brees como QB. O ataque flui muito bem, com Brees achando vários alvos, além do ataque terrestre está em uma ótima temporada, sendo o sétimo melhor da liga.

Vai ser o melhor jogo da rodada, o que antes da temporada começar seria impossível apostar. Vai ser muito bom assistir esse ataque do Saints contra a defesa do Bills jogando em casa, onde ela é ainda melhor. O Saints precisa segurar o ataque terrestre de Buffalo, que já é meio caminho andado para parar o ataque da equipe. No confronto histórico o Saints lidera com 6 vitórias e 4 derrotas, tendo vencido os últimos 4.

Principais Jogadores:

Buffalo Bills:

QB Tyrod Taylor completou 29 de 40 passes para 285 jardas, 2 TDs e 1 corrido na semana 9. RB LeSean McCoy teve 100+ jardas de scrimmage e TD terrestre em 2 dos últimos 3 jogos. WR Kelvin Benjamin vai fazer sua estreia no Bills, tem TD recebido em 3 das últimas 4 partidas na NFC Sul. LB Preston Brown teve 8+ tackles em 5 dos últimos 6 jogos. S Micah Hyde está em segundo na NFL com 5 interceptações.

New Orleans Saints:

QB Drew Brees completou 26 de 34 passes para 332 jardas com 5 TDs e nenhuma interceptação no último encontro. RB Mark Ingram tem 719 jardas de scrimmage e 4 TDs nas últimas 7 partidas fora de casa contra a AFC. WR Michael Thomas tem 13 recepções para 178 jardas e TD em dois jogos na carreira contra a AFC Leste. DE Cameron Jordan teve sack, fumble forçado e fumble recuperado no último encontro. S Kenny Vaccaro tem 2 interceptações nos últimos 3 jogos fora.

Minnesota Vikings (6-2) @ Washington Redskins (4-4) – Domingo, 12/11, 16:00 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Duelo de duas boas equipes, em situações bem diferentes. O Redskins tem que correr atrás do Eagles e Cowboys, já o Vikings está tranquilo, de certa forma, na liderança de sua divisão. O Washignton Redskins tem um bom time, Kirk Cousins cada temporada que passa se mostra um QB de ótimo nível na NFL, porém as saídas de seus principais WRs prejudicaram muito o seu ataque. Pryor que chegou como esperança de manter o nível, está fazendo uma péssima temporada e o jogo terrestre não consegue carregar o ataque. A defesa tem bons nomes, mas ainda é bem irregular, alternando ótimas partidas com outras bem ruins. Contra Raiders e Seahawks jogaram bem demais.

O Minnesota Vikings é aquele time que não precisa de um QB excepcional para mostrar o quanto é forte. Case Keenun, surpreendentemente, vem fazendo uma boa temporada, já que, mais uma vez, Sam Bradford está fora da temporada. A boa notícia está em Teddy Bridgewater poder voltar a atuar depois de tanto tempo fora. É um ataque com dois ótimos WRs, o que ajuda muito o QB e consegue ter um bom jogo terrestre, apesar de ter perdido o calouro Dalvin Cook. Porém, é a defesa que se mostra o destaque da equipe, sendo a terceira com menos pontos e menos jardas terrestres cedidas e a quarta com menos jardas totais cedidas.

É esse jogo que vai mostrar do que é feito o Kirk Cousins, pegando uma defesa tão forte e que pressiona bem o QB adversário. Keenum terá que tomar cuidado com os TOs, já que a defesa de Washington é bem agressiva. A sorte do Redskins é que o jogo não é em Minnesota, onde a equipe da casa usa muito bem o mando de campo. No confronto histórico, as equipes estão empatadas com um recorde de 10-10, porém o Vikings venceu 2 dos últimos 3 jogos.

Principais Jogadores:

Washington Redskins:

QB Kirk Cousins passou para 262 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação no último encontro entre as equipes. RB Rob Kelley correu para 97 jardas no último duelo entre os times. RB Chris Thompson tem 420 jardas de scrimmage e TD recebido nos últimos 3 jogos em casa. LB Ryan Kerrigan tem 4.5 sacks e interceptação nas últimas 4 partidas em casa. LB Preston Smith teve 2 sacks e interceptação no último encontro.

Minnesota Vikings:

QB Case Keenum teve 3 TDs e 1 interceptação nas últimas 2 partidas fora. RB Jerick McKinnon teve 122 jardas de scrimmage e TD corrido na semana 8. WR Adam Thielen teve 98 jardas e TD recebido na semana 8. DE Everson Griffen e DT Linval Joseph tiveram sack na rodada 8.

Dallas Cowboys (5-3) @ Atlanta Falcons (4-4) – Domingo, 12/11, 19:25 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Duelo de duas equipes que vinham com muita expectativa antes da temporada começar, porém não estão entregando tudo, principalmente a equipe da casa. O Atlanta Falcons vem em uma temporada bem irregular, o ataque não parece mais o mesmo e a defesa não teve a evolução que todos imaginavam. Parece que o problema maior é não ter mais o coordenador ofensivo Kyle Shanahan chamando as jogadas. São várias chamadas estranhas, abandonando o jogo terrestre e deixando tudo nas costas de Matt Ryan. A defesa também parece ter caído um pouco de nível em relação a temporada passada, mostrando algumas falhas que não existiam, apesar de ser um grupo jovem.

O Dallas Cowboys começou o ano de forma estranha, bem irregular, porém nas últimas semanas o time vem jogando como na última temporada. Dak Prescott e Ezekiel Elliott comandando o ataque, usando o read option e o time se utilizando da boa linha ofensiva que tem. Achando alguns bons alvos no passe e deixando as defesas sem imaginar o que vai acontecer. A defesa subiu de nível em relação a temporada passada, muito por conta do grande ano que faz Demarcus Lawrence. O DE está voando, sendo um grande terror para os QBs adversários.

Tem tudo para ser um ótimo jogo, até porque as duas equipes tem que correr atrás se quiserem vencer as suas divisões. Dallas parece mais encorpado no momento e com Zeke jogando o ataque tem tudo para continuar muito bem. Atlanta precisa usar o seu jogo terrestre com Devonta Freeman e Tevin Coleman, tirar um pouco da pressão do Ryan, principalmente com Lawrence jogando do jeito que está. O Cowboys lidera o confronto histórico com 14 vitórias e 10 derrotas, porém o Falcons venceu os dois últimos jogos.

Principais Jogadores:

Atlanta Falcons:

QB Matt Ryan passou para 627 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação nos últimos 2 confrontos. RB Devonta Freeman correu para 141 jardas e 3 TDs no último duelo entre os times. WR Julio Jones liderou o time com 6 recepções para 118 jardas na semana 9. LB Vic Beasley teve sack no último encontro. S Keanu Neal teve 8 tackles, fumble recuperado e 2 fumbles forçados na semana passada.

Dallas Cowboys:

QB Dak Prescott passou para 249 jardas com 2 TDs e nenhuma interceptação e 1 TD corrido na última rodada. RB Ezekiel Elliott correu para 506 jardas e 6 TDs nos últimos 4 jogos. WR Dez Bryant teve TD de recepção em 3 dos últimos 4 jogos fora. DE Demarcus Lawrence está em segundo na NFL com 10.5 sacks. LB Sean Lee liderou a equipe com 12 tackles na semana 9.

Miami Dolphins (4-4) @ Carolina Panthers (6-3) – Segunda-feira, 13/11, 23:30 (Horário de Brasília) – Transmissão: ESPN

Dois times que não tem como o ataque suas principais qualidades. O Carolina Panthers continua usando de sua defesa para conseguir chegar aos playoffs, porém dessa vez tem o New Orleans Saints em ótimo nível na sua divisão. Cam Newton não está nem perto do nível que ele jogou quando foi MVP, com menos alvos de qualidade também e o jogo terrestre não é nada espetacular, mas a equipe vence jogos e isso que importa na NFL. A defesa é o grande diferencial do time, sendo a melhor da NFL em jardas totais tomadas, a quarta melhor em pontos cedidos e a segunda melhor em jardas terrestres.

O Miami Dolphins ainda está vivo na divisão, apesar do Patriots já ter aberto uma boa diferença. Porém, os torcedores não estão nada felizes com a equipe, trocou o RB Jay Ajayi, o que pareceu para os fãs, uma desistência de uma temporada que ainda não está perdida. O ataque é bem pobre, com um Jay Cutler ruim como QB. A defesa é o que deixa o time com esperanças, sendo a sétima melhor contra o jogo terrestre e também a sétima que mais consegue sacks na NFL.

Esse é um jogo que vai ser um divisor de águas para o Dolphins. Se vencer, ainda tem uma chance para chegar aos playoffs, perdendo a chance quase chega a zero. O Panthers também precisa mostrar a que veio, até porque o Saints mostrou que vem para brigar de verdade esse ano. Os ataques não devem fazer grande coisa nessa partida, sendo uma batalha defensiva entre uma defesa excelente contra uma boa defesa. O Dolphins lidera o duelo histórico com 4 vitórias e 1 derrota.

Principais Jogadores:

Carolina Panthers:

QB Cam Newton teve 2 TDs e 51 jardas terrestres no último encontro. RB Jonathan Stewart tem 3 TDs nos últimos 4 jogos contra a AFC. WR Devin Funchess liderou a equipe com 86 jardas na semana 9. DE Julius Peppers teve 10 tackles, 3 sacks e fumble recuperado nos últimos 2 jogos contra Miami. LB Luke Kuechly liderou a equipe com 11 tackles na semana passada.

Miami Dolphins:

QB Jay Cutler completou 34 de 42 passes para 311 jardas e 3 TDs na semana 9. RB Damien Williams teve TD de recepção na rodada passada. WR Jarvis Landry teve TD de recepção na semana 9. S Reshad Jones teve interceptação na semana passada. DE Cameron Wake tenta o sexto jogo seguido com sack contra times da NFC.

New York Giants (1-7) @ San Francisco 49ers (0-9) – Domingo, 12/11, 19:25 (Horário de Brasília) – Sem transmissão

Duas das piores equipes da temporada da NFL, com problemas bem distintos uma da outra. O San Franscico 49ers era o esperado, o time trouxe Kyle Shanahan para comandar uma restruturação e todos sabiam que a temporada não seria boa para San Francisco. O time adquiriu Jimmy Garoppolo por meio de troca, mas ainda não vai poder contar com o QB nessa partida, então vai jogar o calouro C.J. Beathard. O time vem muito mal e foi moldado para ser perdedor nessa temporada para ter uma ótima posição no draft do ano que vem. Está lutando com o Bronws para a posição de número 1.

O New York Giants já tem problemas bem diferentes. As notícias que vem de New York são de problemas de relacionamento entre os jogadores e o técnico principal Ben McAdoo, que não consegue controlar o vestiário. O time teve várias lesões, principalmente na posição de WRs e a temporada já foi por água abaixo, o que é incrível para um time que começou com expectativa de playoffs no início. A defesa não é a mesma do ano passado, a única coisa que é igual é o jogo terrestre, que continua sem conseguir fazer nada. O problema é que praticamente todos os WRs se machucaram ao mesmo tempo, então o ataque praticamente inexiste.

Não deve ser um bom jogo, com os dois times esperando a temporada acabar a se remontar para o próximo ano. Do jeito que vai, McAdoo não deve ter mais tanto tempo controlando o Giants. O 49ers espera para ver o que consegue Garoppolo assim que ele estrear para ver se consegue contar com ele para ser o QB de franquia da equipe. O Giants lidera o confronto histórico com 16 vitórias e 15 derrotas, tendo vencido 2 dos últimos 3 jogos.

Principais Jogadores:

San Francisco 49ers:

QB novato C.J. Beathard passou para 294 jardas na semana passada. RB Carlos Hyde teve 9 recepções para 84 jardas na última semana. WR Marquise Goodwin tem 148 jardas de recepção nos últimos 2 jogos em casa. LB Elvis Dumervil teve 2 sacks e fumble forçado no único jogo contra o Giants. LB Reuben Foster teve 14 tackles na semana 9.

New York Giants:

QB Eli Manning passou para 270 jardas e 2 TDs na semana 9. RB Orleans Darkwa liderou a equipe com 71 jardas terrestres na última rodada. WR Sterling Shepard tem 12 recepções para 187 jardas e TD nos últimos 2 jogos fora. DE Jason Pierre-Paul teve 2 sacks no último encontro contra o 49ers. DE Olivier Vernon tem 6 sacks nos últimos 7 jogos fora de casa.

  • Com a vitória contra o Broncos, o técnico Bill Belichick empatará com Tom Landry em terceiro lugar na história com 270 vitórias, incluindo pós-temporada.
  • QBs Philip Rivers (3.984) e Ben Roethlisberger (3.972) podem se tornar o oitavo e novo jogadores da história a ter pelo menos 4.000 passes completos na carreira.
  • Iniciando o jogo contra o 49ers, o QB Eli Manning vai empatar com Peyton Manning na segunda posição da história com mais jogos seguidos iniciados com 208. O líder é Brett Favre com 297.
  • Com pelo menos 2 TDs de passe e 1 TD terrestre, o QB Dak Prescott empatará com Cam Newton como os maiores da história com 6 partidas com pelo menos 2 passes para TD e 1 TD corrido nas duas primeiras temporadas da carreira.
  • Com oito recepções contra o Dolphins, o RB calouro Christian McCaffrey (54) passará Reggie Bush (61) com mais recepções para um RB novato em seus 10 primeiros jogos na história da NFL.
  • Com um sack contra o Redskins, o DE Everson Griffen se tornaria o primeiro jogador da história da NFL a conseguir pelo menos um sack em todos os primeiros nove jogos de uma temporada.
  • Com uma interceptação contra o Bengals, o S Kevin Byard se juntaria a Jairus Byrd, Albert Lewis, Kenny Easley e Mike Haynes como os únicos jogadores da era Super Bowl a conseguir 6 interceptações no período de três jogos de uma temporada.
  • Se RB Le’Veon Bell (979) e WR Antonio Brown (835) chegarem a 1.000 jardas de scrimmage contra o Colts, seria a sétima vez que companheiros de equipes chegam a pelo menos 1.000 jardas de scrimmage nos primeiros nove jogos da equipe em uma temporada. Eles já fizeram isso em 2014 e seriam a segunda dupla a conseguir o feito em duas temporadas empatando com Edgerrin James e Marvin Harrison.

Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Postagens Relacionadas









Marcos Filho é co-criador da Liga dos 32 e acompanha a NFL desde 2006. Escreve uma coluna por semana no site, a “Guia da Rodada”, disponível às sextas para mostrar o que tem de bom e de ruim nas partidas da rodada. Na offseason, aborda temas gerais. Twitter: @marcosfilho_20