terça-feira, 14 de junho de 2016

Compartilhe

ap-fletcher-cox-eagles

O Philadelphia Eagles e o DT Fletcher Cox chegaram a um acordo quanto a renovação do contrato do jogador. Cox aceitou uma proposta que vai mantê-lo como atleta da franquia até 2022, totalizando U$ 103M por seis anos de contrato, sendo U$ 63M garantidos. Esse é o maior valor garantido que um jogador que não seja QB vai receber na liga.

Apesar de ainda estar distante do nível e reputação na NFL que nomes como J.J. Watt e Ndamukong Suh possuem, Cox foi um dos melhores jogadores de linha defensiva nas últimas duas temporadas da NFL. Nomeado para o Pro Bowl em 2015, chegou a ser considerado o “MVP do Eagles” no ano anterior por Chip Kelly, até então técnico da equipe de Philadelphia. Liderou o time em sacks (9,5), teve 11 tackles para perda de jardas e 20 QB hits. Terminou como segundo melhor DE pressionando QBs adversários na liga, conseguindo fazer isso em 54 oportunidades.

Fletcher Cox, que atuou como DE nos últimos anos, deverá ser deslocado para jogar como DT no novo esquema que será implementado em Philadelphia. O novo coordenador defensivo da equipe, Jim Schwartz, irá adotar o sistema 4-3, fazendo com que o jogador fique no interior da linha. Analistas consideram que esta mudança será benéfica para seu estilo de jogo e que sua produção poderá ser ainda maior.

Vale lembrar que o acordo celebrado entre Cox e Eagles deve trazer repercussões à liga. Isso porque outro defensor deve ser afetado pela assinatura desse contrato: Von Miller, o MVP do Super Bowl 50, está em negociações para renovação de seu vínculo com o Denver Broncos e certamente o negócio realizado entre Cox e Eagles será usado como referência.

Compartilhe

Comments are closed.