Destaques da NFC Sul nas semanas 1 e 2 da pré-temporada

22 de agosto de 2017
Tags: buccaneers, Diego Alex, falcons, Notícias do Dia, panthers, saints,

Com metade da pré-temporada já disputada, o momento é propício para fazer uma avaliação de quem se destacou até agora dentro das equipes da NFC Sul. Como sabemos, nestes confrontos o placar final das partidas pouco importa, as avaliações individuais é que são relevantes.

LEIA MAIS: A chave para o sucesso de cada time nesta temporada – NFC

New Orleans Saints

No Saints, o calouro RB Alvin Kamara vem impressionando. Mostrando explosão em suas corridas e ótima capacidade como recebedor, Kamara esta colocando uma pressão extra nos veteranos Mark Ingram e Adrian Peterson. O Saints, que recebeu algumas críticas no último draft quando selecionou o RB, principalmente pela troca feita para trazê-lo, neste momento parece bem satisfeito A equipe de New Orleans cedeu sua escolha de 2ª rodada do próximo draft para escolher o dinâmico RB na 3ª rodada do recrutamento de 2017.

Da mesma forma que ocorria nos treinos, Kamara está demonstrando nos jogos da pré-temporada que pode realmente ser um fator no ataque do Saints. O calouro trás um componente diferente a este grupo de RB, que é a capacidade de receber passes e de conquistar jardas após a recepção. Além disto, Kamara se mostrou capacitado para correr bem com a bola, o que o torna uma ameaça dupla.

Do outro lado da bola, o destaque fica com Manti Te’o. O LB demonstrou, principalmente, no 2º jogo da pré-temporada, que saudável, não pode ser reserva neste time. Jogando em alto nível, Te’o conseguiu 8 Tackles, 1 sack e ainda recuperou um fumble. Provavelmente, esta é a melhor notícia da pré-temporada para o Saints, a equipe tem em seu roster, um LB com condições de ser decisivo na defesa.

LEIA MAIS: Resumo dos Training Camps 2017

Atlanta Falcons

No Falcons, poucos foram os destaques individuais, especialmente, na parte ofensiva. Nada que fosse inesperado, visto que, a equipe tem uma base bem sólida para a temporada, e poucas são as vagas em aberto no forte elenco do time. No ataque podemos destacar o desempenho do RB Terron Ward que tem demonstrado muita força em suas corridas, desenvoltura recebendo passes e, provavelmente, fará parte do grupo final de RBs.  No jogo aéreo, uma surpresa tem sido o desempenho do calouro não-draftado, Reggie Davis. O WR já conseguiu 117 jardas de recepção nestes dois primeiros jogos. É muito cedo para fazer qualquer previsão sobre Davis, porém o novato tem demonstrado qualidades interessantes para brigar por um lugar no roster final.

Na defesa, a escolha de 1ª rodada, Takk Mckinley fez sua estreia. O pass rusher jogou pouco em seu 1º jogo, foram apenas 10 snaps, com estatísticas regulares – 1 Hit e 2 pressões no QB adversário. A boa noticia é ver Takk em campo, pois muito se questionava sobre a saúde do jogador. A participação em um jogo, já na semana 2 da pré-temporada, é um ótimo sinal. Outro destaque, principalmente por estar saudável, é o retorno de Desmond Trufant. O CB será um grande reforço para a secundária do Falcons que tem tudo para manter o bom nível apresentado na segunda metade da última temporada.

Carolina Panthers

Em Carolina, como não poderia ser diferente, a maior expectativa nestes jogos preparatórios era sobre o desempenho da 8ª escolha do ultimo draft, Christian McCaffrey. Em campo, o RB tem demonstrado muitas das qualidades que o fizeram ser considerado um fenômeno no College Football. Diferente do que alguns analistas previam, o Panthers tem usado o calouro também em corridas pelo meio da defesa, e em situações de red zone. As qualidades como recebedor também foram exploradas no 2º jogo da pré-temporada contra o Titans. Até o momento, as expectativas estão sendo supridas. A precaução recomenda aguardar os próximos confrontos e, principalmente, os jogos da temporada regular, todavia as perspectivas são muito positivas para McCaffrey.

Outro novato que merece destaque é o OL Taylor Moton. Jogando como OG e OT, Moton demonstrou muita qualidade, e tem na incerta posição de RT do Panthers, totais condições de ser titular já em sua temporada de calouro. Entre os veteranos, Cam Newton, ainda em recuperação, não participou dos jogos da pré-temporada, porém existe a possibilidade de que o QB jogue na semana 3. Pelas imagens dos treinos, a questão é apenas precaução, o ombro de Newton não preocupa para a temporada regular. Também é valido destacar a participação de Luke Kuechly na pré-temporada. Um jogador com a sua história, só entra em campo em uma partida de preparação caso esteja completamente saudável, ou seja, ótima notícia para o Panthers.

Tampa Bay Buccaneers

No Bucs, o ataque deu mostras, especialmente no partida contra o Jaguars, que tem qualidades para ser um dos mais empolgantes da NFL. Fora os destaques esperados como Mike Evans, outros jogadores demonstraram qualidades que serão muito úteis na temporada. DeSean Jackson teve sua versatilidade explorada, inclusive em uma jogada de corrida. O veterano WR é muito mais do que um recebedor de passes longos, a variação de jogadas com a sua participação demonstrou que o Buccaneers, inteligentemente, enxerga isto. Os calouros O.J Howard e Chris Godwin estão aparecendo aos poucos e evoluíram consideravelmente do 1º para o 2º jogo da pré-temporada.

James Winston demonstrou muita precisão nos passes e ótima sintonia com seus alvos. O único ponto negativo foi uma jogada inexplicável contra o Jaguars que quase resulta em uma interceptação na end zone. Como já falamos anteriormente, caso consiga evoluir no cuidado com a bola e na tomada de decisões, Winston será um dos melhores QBs da liga. Pelo solo, Doug Martin mostrou em campo a boa forma física que vinha chamando a atenção desde o inicio dos treinos da offseason. Mesmo suspenso por 3 jogos, Martin é o titular absoluto da equipe e demonstrou uma – surpreendente – evolução em sua participação no jogo aéreo.

Na defesa, os destaques ficam com o grupo de LBs. Lavonte David e Kwon Alexander continuam muito bem, e o calouro Kendell Beckwith possui qualidades interessantes. A secundária preocupa, principalmente, na questão da profundidade. Com Brent Grimes fora, ficou evidente como seus reservas não estão em um nível sequer semelhante, e como o experiente CB é vital para esta unidade. Para a sorte do Bucs, a lesão de Grimes não é grave, e ele estará recuperado para a temporada regular.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Postagens Relacionadas









Diego Alex é o setorista da NFC SUL. Analisa Falcons, Panthers, Saints e Buccaneers às terças e sextas aqui no site. No projeto setoristas, falamos dos 32 times a cada duas semanas! Siga-o no Twitter para acompanhar mais da cobertura dessa divisão e debater sobre as matérias: @Diego_Alex84