Destaques da NFC Sul na Semana 3 da pré-temporada

29 de agosto de 2017
Tags: Buccanneers, Diego Alex, falcons, Notícias do Dia, panthers, saints,

Faltando menos de duas semanas para o início da temporada regular da NFL, chegamos à semana 3 da pré-temporada. Considerado o confronto mais importante, o 3º jogo é uma espécie de ensaio para a estreia em setembro. Dito isto, vamos aos destaques das partidas que envolveram as equipes da NFC Sul.

LEIA MAIS: Destaques da NFC Sul nas semanas 1 e 2 da pré-temporada

Panthers

O retorno de Cam Newton foi o principal destaque do confronto entre Panthers e Jaguars. O QB jogou – como era esperado – pouco tempo, porém demonstrou estar saudável. Conduzindo uma bela campanha que terminou com o TD de Kelvin Benjamin, Newton deu mostras de que pode ter uma temporada muito positiva. Como mencionado, a participação de Cam foi bem pequena, o destaque é muito mais por sua volta aos campos, do que por sua performance, apesar de a mesma ter sido muito boa.

Falando ainda sobre o ataque, os RBs tiveram uma participação interessante, e ao que parece, o Panthers pretende voltar a ser uma equipe muito forte no jogo terrestre. Jonathan Stewart, C. Artis-Payne, e o calouro Christian McCaffrey – que arrancou elogios do ótimo Calais Campbell – tiveram boas participações em seus momentos em campo e, certamente, serão bem relevantes no plano de jogo durante a temporada. Entre os recebedores, destaque para Kelvin Benjamin, que demonstra realmente ter recuperado a sua forma, e para a boa estreia do calouro Curtis Samuel.

Na parte defensiva, o Panthers demonstrou muita qualidade quando esteve com sua defesa titular. Como já falamos anteriormente, este Front Seven é espetacular, e com todos os jogadores saudáveis, é um dos melhores, se não o melhor, de toda a NFL. Os destaques da partida, não são nenhuma novidade: Luke Kuechly e Thomas Davis continuam muito bem, e Kawann short, que teve a melhor avaliação da partida segundo o Pro football Focus, demonstrou estar em ótima forma para temporada; esta defesa promete.

LEIA MAIS: Destaques da NFC Norte em mais uma semana da pré-temporada

Falcons

O Falcons recebeu o Cardinals na inauguração de seu novo (e belíssimo) estádio. O resultado não foi o esperado (vitória do Cardinals por 24 x 14), mas como sabemos, em uma partida de pré-temporada, o placar final pouco importa.

Em campo, o Falcons teve a estreia nesta pré-temporada de dois importantes WRs: o craque Julio Jones, e do dinâmico Taylor Gabriel. É possível afirmar que o grande destaque positivo do Falcons ofensivamente é o retorno destes jogadores. A certeza de que estarão prontos para a partida na semana 1 é a notícia mais relevante, visto que, em campo, o ataque pouco produziu. Matt Ryan não esteve em um dia inspirado, o MVP da última temporada completou apenas 4 de 11 passes tentados para 36 jardas e 1 interceptação, e Devonta Freeman, que ainda permanece no protocolo de concussão, não participou da partida. O melhor RB foi T. Ward, que vem fazendo uma bela pré-temporada, e deve estar no roster final da equipe. Em resumo, o retorno de jogadores importantes foi a melhor notícia para o ataque neste jogo.

Na defesa, alguns jogadores merecem um destaque especial. O SS Keanu Neal, como sempre, demonstrou muita dedicação e energia em campo. O segundo anista está cada vez mais preciso em seus tackles, e mais uma vez conseguiu forçar um fumble. O calouro Takk Mckinley vem evoluindo consideravelmente, e demonstrou mais uma vez suas qualidades como pass rusher conseguindo algumas pressões nos QBs do Cardinals. Nos momentos em que esteve com seus titulares em campo, diferente do ataque, a defesa do Falcons demonstrou muitas qualidades e dá mostras de que será uma grande força da equipe de Atlanta nesta temporada.

Saints

Mesmo levando em consideração que era uma partida de pré-temporada, e que o ataque do Texans está longe de ser uma potência; assistir um jogo do Saints em que a equipe não permitiu nenhum tipo de pontuação ao adversário é bem relevante. Não estamos afirmando que a defesa será a grande força do Saints na temporada, longe disto, porém a evolução tem sido nítida.

Cam Jordan continua o mesmo, mas desta vez, ao que parece, ele terá companheiros mais compatíveis com seu talento. Alguns atletas têm dado mostras de que irão contribuir de forma relevante nesta unidade. Manti Te’o, que já foi mencionado no texto anterior, tem sido um grande destaque. Ao lado dele, A.J Klein mostra versatilidade e certamente será uma força neste grupo de LBs. Na secundária, o grande problema da equipe, principalmente com a quantidade de lesões entre os CBs na última temporada, Marshon Lattimore e P.J Williams estão jogando muito bem. Permitindo apenas uma recepção, e demonstrando muita capacidade na marcação individual, Lattimore está muito acima, em termos de entendimento do jogo, do que se espera de um calouro. O CB é realmente um atleta diferenciado, e caso se mantenha saudável, será um grande defensor na NFL.

No ataque, o grande destaque foi a estreia de Adrian Peterson pelo Saints. O veterano RB demonstrou estar saudável e pronto para a temporada. Entre os recebedores, Michael Thomas continua se destacando e reafirmando sua posição como o principal WR da equipe. O jovem TommyLee Lewis é outro WR que continua fazendo uma bela pré-temporada, e deve ter uma participação maior no ataque em 2017. A maior preocupação ofensiva do Saints é na posição de LT. O veterano Khalif Barnes dá claros sinais de que não tem condições de ser o titular da equipe. A esperança é que o calouro Ryan Ramczyk esteja saudável, e possa dar estabilidade na posição que perdeu o titular Terron Armstead durante os treinos da offseason.

Buccaneers

Diferente da maioria das equipes, que utilizam a semana 3 da pré-temporada para fazer um teste geral do time, o Bucs poupou alguns de seus principais jogadores nesta partida. O fato ocorreu porque alguns destes atletas necessitavam de repouso, outros se recuperam de lesões leves, e todos eles já haviam atuado por um tempo considerável nos jogos anteriores.

Em campo, o Bucs foi derrotado pelo Browns por 13 x 9. Na parte ofensiva, tivemos uma atuação regular do QB Jameis Winston que completou 17 de 27 passes para 200 jardas e 1 interceptação. Entre os RBs, apesar de nada ter sido confirmado oficialmente, Jacquizz Rodgers deve ser o titular nas três primeiras semanas da temporada durante a suspensão de Doug Martin. Rodgers teve uma boa participação correndo, e ainda contribuiu recebendo um passe para 17 jardas. No jogo aéreo, com Mike Evans e DeSean Jackson poupados, o calouro Chris Godwin mostrou mais uma vez que tem qualidades muito interessantes, e que será bem útil neste ataque.

Do outro lado da bola, Gerald McCoy, Kwon Alexander e Brent Grimes – três dos principais jogadores desta unidade – foram poupados. Os destaques em campo foram o Safety Chris Conte que, se não foi espetacular, demonstrou possuir qualidades para ser um titular seguro na liga. Outro atleta que merece ser mencionado é Vernon Hargreaves. O segundo anista continua evoluindo, e conseguiu nesta partida desviar 3 passes e, com oportunismo, conquistou uma interceptação.

Para fechar, um destaque positivo e um negativo da partida: pelo lado positivo, Nick Folk acertou os 3 FGs que tentou, sendo o mais longo de 43 jardas. Na incerteza da posição atualmente, é uma bela notícia. E pelo lado negativo, o pass rush do Bucs não foi efetivo. Mesmo considerando os desfalques, esta é uma área que precisa evoluir para a temporada regular.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Postagens Relacionadas









Diego Alex é o setorista da NFC SUL. Analisa Falcons, Panthers, Saints e Buccaneers às terças e sextas aqui no site. No projeto setoristas, falamos dos 32 times a cada duas semanas! Siga-o no Twitter para acompanhar mais da cobertura dessa divisão e debater sobre as matérias: @Diego_Alex84