Confiras algumas impressões dos training camps na NFC Norte

11 de agosto de 2017
Tags: bears, david telles, lions, Notícias do Dia, packers, vikings,

A cada semana a longa espera dos torcedores pela volta temporada regular fica menor. Com a primeira semana da pré-temporada já em andamento, as equipes já fizeram bastantes ajustes para quando a bola oval voar de forma oficial. Veja algumas impressões dos treinos das franquias da NFC Norte.

Chicago Bears

O principal destaque individual dos treinos do Chicago Bears até aqui foi o OLB Leonard Floyd. O jogador, que parece mais preparado fisicamente com aumento de sua massa muscular, tem sido produtivo nos treinos de pass rush, mostrando que pode ter uma grande evolução em seu ano na NFL. A renovada secundária ainda não impressionou, porém o CB Prince Amukamara foi quem mais chamou a atenção até agora. Um nome que vem correndo por fora é o do S Eddie Jackson, selecionado no Draft deste ano e que mostrou boa capacidade contra o jogo corrido.

LEIA MAIS: Mudanças no elenco do Bears dão motivos para o torcedor acreditar em dias melhores

No jogo aéreo, quem surpreendeu foi o WR Tanner Gentry, calouro não selecionado no Draft, e o TE Dion Sims, mais conhecido por sua capacidade nos bloqueios. Sims conseguiu ir bem recebendo passes e os jogos de pré-temporada mostrarão se ele pode brigar por mais tempo de jogo. Já Gentry mostrou um bom entrosamento com o QB Mitchell Trubisky e deve brigar por uma vaga no roster final. Falando em Trubisky, a mecânica de passe jo jovem atraiu elogios e Mike Glennon, outro QB do time, também foi sólidos no comando das ações ofensivas.

Como ponto negativo, podemos destacar as lesões que apareceram. O OL Eric Kush, por exemplo, teve uma lesão na coxa que o afastará de toda a temporada, complicando a profundidade da linha ofensiva. Outros nomes relevantes que enfrentaram problemas físicos foram os LBs Pernell McPhee, Danny Trevathan e Willie Young, o CB Kyle Fuller, o RB Jeremy Langford e o WR Markus Wheaton.

Detroit Lions

O principal destaque foi o QB Matthew Stafford, estrela maior da equipe. O quarterback mostrou que permanece consistente e impressionou nos lançamentos longos, assim como sua movimentação saindo do pocket, que parece ter evoluído. Os recebedores, liderados por Golden Tate e Marvin Jones, foram consistentes, algo que precisa ser mantido na temporada regular. O WR calouro Kenny Golladay se mostra uma ameça na red zone e tudo indica que será bastante utilizado nessa situação. Com isso, o jogo aéreo do Lions como um todo parece que continuará forte. Entretanto, Jake Rudock e o calouro Brad Kaaya, os reservas de Stafford, tem treinado mal.

LEIA MAIS: Destaques dos primeiros treinos do Detroit Lions

A secundária, agora mais peças, foi bem, com destaque para o grupo de CBs. Darius Slay, Teez Tabor, Johnson Bademosi, D.J Hayden e Jamal Agnew mostraram um bom desempennho, com Agnew se destacando também no time de especialistas nos retornos. No front seven, o LB Jarrad Davis se consolida ainda mais como titular, com excelente performance contra o jogo corrido e já mostrando ser um líder. O DE Anthony Zettel se destacou no pass rush e, com as poucas opções de Detroit para pressionar QBs adversários, está no caminho de ter um tempo de jogo considerável em 2017.

Green Bay Packers

Os treinos dos Cabeças de Queijo começaram há cerca de duas semanas e neste período alguns jogadores se destacaram bastante. O primeiro que podemos citar aqui é o CB Quinten Rollins, que teve uma temporada complicada em 2016 e sofreu, assim como todos os membros da secundária de Green Bay. Rollins, todavia, demonstrou muito esforço nos treinamentos e parece ter saído na frente na briga por um vagas de CB titular, além de ganhar elogios da comissão técnica. Aliás, o último nível de defesa foi um dos focos principais dos treinamentos até aqui, trabalhando para que a secundária não ceda jogadas de grandes ganhos para os ataques adversários, fato que ocorreu com frequência na temporada passada. Outros nomes que merecem destaque no setor defensivo são os DLs Dean Lowry e Kenny Clark, que evoluíram fisicamente deverão ter um bom número de snaps em 2017, além do S calouro Josh Jones, que tem conseguido impressionar tanto na secundária como jogando alguns snaps como ILB.

LEIA MAIS: Veja algumas impressões dos treinos de offseason do Packers

Ofensivamente, pode ser destacado uma boa briga pelo posto de RB titular. O veterano Ty Montgomery é o favorito para ter mais tempo de jogo, porém o calouro Jamaal Williams também tem impressionado nas atividades. Entretanto, Montgomery foi outro jogador que evoluiu fisicamente, ganhando porte físico para a posição e melhorando nos bloqueios, deixando de vez a pecha de ser um jogador híbrido. O corredor ganhou bastante elogios do técnico Mike McCarthy, que afirmou que Montgomery “é uma ameaça completa”.

A grande estrela da companhia, o QB Aaron Rodgers se mostrou em forma, porém ficou de fora dos últimos treinos. No jogo aéreo, houve uma boa competição entre todos os recebedores, principalmente entre os calouros, com destaque Malachi Dupre, DeAngelo Yancey e Michael Clark. Clark impressionou bastante por seu por físico e capacidade de recepcionar bolas no alto.

O ponto negativo foram os treinos com os times de especialistas, uma vez que o punter e holder Justin Vogel e o LS Derek Hart, ambos calouros, tiveram algumas apresentações pavorosas, resultando em diversos erros de FGs por parte do K Mason Crosby.

Minnesota Vikings

O DE Danielle Hunter e o WR Stefon Diggs parecem preparados para dar ter um salto de qualidade nesta temporada. Diggs se mostrou um recebedor dinâmico nos treinamentos e deve se consolidar como o principal WR do Vikes, enquanto que Hunter se saiu muito bem tanto nos exercícios individuais contra membros da OL quanto em situações de jogo no pass rush, conseguindo diversos sacks no 11 contra 11.

LEIA MAIS: O Minnesota Vikings renova sua OL, ponto fraco da equipe em 2016

Falando em linha ofensiva, o setor vem apresentando alguma evolução. A proteção para o passe ainda precisa ser lapidada pelo que se viu nas atividades, porém os bloqueios para a corrida tem sido bem-feitos. E quem impressionou no jogo pelo chão foi o RB calouro Dalvin Cook com sua explosão e capacidade de fugir de tackles, inclusive sendo nomeado o RB titular para a temporada. Sua performance recebendo passes também chama a atenção, conseguindo boas jardas após a recepção. O QB Sam Bradford continua preciso, com alto índice de acerto nos passes e com uma sintonia interessante com seus recebedores, em especial Stefon Diggs e Adam Thielen.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Postagens Relacionadas









David Telles é o setorista da NFC NORTE. Analisa Packers, Bears, Lions e Vikings às segundas e sextas aqui no site. No projeto setoristas, falamos dos 32 times a cada duas semanas! Siga-o no Twitter para acompanhar mais da cobertura dessa divisão e debater sobre as matérias: @DavidRTelles