segunda-feira, 8 de Janeiro de 2018

Compartilhe

O que antes era apenas um boato, agora é oficial!

Logo após o término do jogo de Wild Card entre Tennessee Titans e Kansas City Chiefs, o Oakland Raiders anunciou de forma oficial a contratação de Jon Gruden como seu mais novo Head Coach. Gruden trabalhou como comentarista nesse jogo, o que fez com que o anúncio só pudesse ser feito após o jogo. O veterano treinador retornará as sidelines dos campos após nove anos como comentarista na ESPN, onde atuava no Monday Night Football. Gruden será apresentado oficialmente pela franquia na próxima terça-feira, dia 09/01.

Para quem não se lembra, Gruden foi HC do Raiders, no período entre 1998 e 2001, quando foi trocado para o Tampa Bay Buccaners. Curiosamente, Gruden foi campeão do SB na temporada seguinte, justamente em cima do Raiders. A época, ele foi trocado por 2 escolhas de 1st round mais 2 escolhas de 2nd round, além de U$ 8 milhões. Ele se iguala a Art Shell como o 2º HC na história da franquia a treiná-la em dois períodos distintos.

Durante a abertura do jogo de Wild Card, Sean McDonough, âncora da transmissão, recepcionou a todos agradecendo ao tempo ao lado de Gruden, e desejando tudo de melhor na sua volta aos campos.

“Eu sou Sean McDonough, juntamente com o treinador, Jon Gruden. Encantado de tê-lo conosco neste dia emocionante para os fãs da NFL em todos os lugares. É um dia emocionante para toda a família do ‘Monday Night Football’ pois hoje dizemos adeus ao coach Gruden, após nove anos conosco”. “Treinador, você deixou um grande legado aqui conosco. Mas eu sei que você está ansioso para voltar aos treinamentos. Nós o parabenizamos pela sua volta ao Raiders”.

Gruden agradeceu a McDonough por suas ​​palavras, mas desconversou dizendo que “Nada ainda é oficial”. Mas como todos sabemos, agora é oficial sim.

Ele chega para o lugar de Jack Del Rio, que foi demitido pelo Raiders, após derrota para o rival de divisão Los Angeles Chargers, na semana 17 da NFL. Del Rio estava a frente do Raiders por 3 anos e foi responsável por levar a franquia de volta aos playoffs após quase 15 temporada longe da pós temporada. Ele sai da franquia com um recorde de 25-23 no período, e firma seu nome na história da franquia como um dos poucos HCs a encerrar sua passagem como um recorde positivo.

Gruden chega ao Raiders com o maior contrato da história da NFL para um técnico. Pelo que se reporta, o acordo firmado foi de 10 anos de duração, com um valor total de U$ 100 milhões, muito a frente dos demais da liga. Também chega com a clara missão de por a franquia nos eixos, e principalmente, colocar o ataque nos eixos.

Derek Carr assinou um contrato de U$ 125 milhões na última offseason e fez uma temporada bem decepcionante. Terminou o ano com 22 TDs e 13 INTs, além de ter sofrido muitas críticas por parte da torcida em virtude da sua postura em campo.

Para isso, chegam alguns bons nomes para compor o staff técnico da franquia. Greg Olson (ex-QB coach do Los Angeles Rams) deverá ser o novo OC; Paul Guenther (ex-DC do Cincinnati Bengals) será o novo DC; enquanto Rich Bisaccia (ex-ST coach do Dallas Cowboys) será o novo ST coach da franquia. Todos são nomes gabaritados e veteranos já na liga, que chegam com a missão de ajudar a retomar os tempos de glórias do Raiders. Os três coordenadores chegam com contratos de quatro anos de duração. Outro nome que vem sendo especulado é o de Rich Gannon, que chegaria como QB coach. Para quem não se lembra, Gannon foi o QB da franquia no SB XXXIII, ocorrido em 2003.

Podemos ver a aquisição de Gruden como uma última cartada de Mark Davis, dono da franquia. O Raiders possui mais 2 temporadas em Oakland, quando se mudará para Las Vegas. Se tornar uma franquia vencedora nesse período é fundamental para manter tanto Oakland quanto Las Vegas interessadas na franquia, além de agregar fãs em ambas as cidades. Além disso, Gruden se tornará a cara da franquia nesse período, servindo de referência para a mesma. Isso pode ajudar a tirar um pouco do peso dos próprios jogadores.

Tal estratégia pode ser encarada como uma faca de dois gumes pela franquia. Como tudo que fazemos, sempre temos os prós e os contras, e no caso do retorno de Gruden, isso fica bem claro.

Pelo aspecto positivo, temos o retorno de um técnico que já possui identificação com a franquia.

Outro ponto que pode ser um fator de sucesso nesse retorno é o ótimo staff que vem sendo montado. Todos são profissionais gabaritados e com bastante respeito dentro da liga, o que certamente será de grande valia nessa retomada. Além disso, o Raiders possui um elenco bem gabaritado, com peças chaves nos dois lados do campo (Derek Carr, Amari Cooper, Khalil mack, Gabe Jakcson, Rodney Hudson,..). Caso sejam explorados de forma correta, esse elenco tem boas chances de dar bons frutos no curto prazo.

Pelo lado negativo, a longa ausência dos campos certamente é explorada como um pos´sivel fator de insucesso. Nesses 9 anos longe dos campos, o jogo na NFL mudou consideravelmente. Hoje é um liga muito mais aérea, sendo diferente da época de Gruden nos campos, onde o jogo corrido era uma presença forte e marcante nas equipes. Isso porque mencionamos as mudanças nas regras que impactam diretamente o jogo.

Além disso, podemos dizer que Gruden tem um nome maior o seu histórico hoje. Ele possui um recorde de 95-81 (0,540 de %), que se olharmos friamente, não são grandes números. Apesar do SB logo em seu primeiro ano no Bucs, sua estadia em Tampa foi bem instável, não conseguindo nenhuma outra vitória em pós temporada.

Ao torcedor do Raiders, resta torcer para que essa equação seja positiva para franquia e que Gruden seja capaz de trazer os tempos de glórias distantes. Resta ver como será isso na prática.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe