Como funciona a classificação para os playoffs da NFL?

2 de setembro de 2016
Tags: a liga explica, Caio Miari, playoffs,

A liga explica - L32

É comum vermos alguns fãs de futebol americano que não entendem como realmente funciona a classificação aos playoffs da NFL. Quantos times vão? Quais são eles? Por que, em alguns casos, times com melhores campanhas ficam atrás de times com pior aproveitamento? Entre outras incertezas. Deste modo, A LIGA EXPLICA de hoje responderá a todas essas questões e deixará você pronto para torcer pelo seu time, fazer suas contas e secar os rivais.

VEJA: Vídeo no nosso Canal no Youtube explicando em detalhes como os times chegam aos playoffs

AS CONFERÊNCIAS

Como já foi explicada em posts anteriores, a NFL é formada por 32 times, sendo esses divididos em duas conferências (Americana e Nacional), com 16 times cada. Nessas duas conferências, em ambas, encontramos quatro divisões (Norte, Sul, Leste e Oeste), cada qual composta por quatro equipes.

Ou seja, de outra perspectiva, temos oito “pequenos grupos”, formados cada um por quatro franquias (são oito divisões, quatro da Americana e quatro da Nacional), o que totaliza 32 times.

QUEM SE CLASSIFICA

Entendida a disposição dos times da NFL, fica mais fácil compreender quem são os times classificados aos playoffs. O playoff da National Football League é composto por 12 times, sendo que seis vêm da Conferência Americana (AFC) e seis da Conferência Nacional (NFC).

Detalhando melhor esses seis classificados de cada lado, temos quatro campeões de divisão e dois que se classificam pela repescagem, mais conhecida no futebol americano como Wild Card.

Leia Mais: Os critérios de desempate para definir quem vai para os playoffs

COMO OS TIMES SE CLASSIFICAM

Como fora falado anteriormente, cada conferência tem quatro divisões compostas por quatro franquias. Ao final das 17 semanas da temporada regular da NFL, o time com melhor campanha dentro de cada divisão é consagrado o “campeão divisional” e, como reconhecimento disso, garanta vaga aos playoffs.

Então, até agora, já sabemos como oito times vão à pós-temporada: vencendo suas divisões.

Mas por que oito? Não seriam apenas quatro?” Como explicado no parágrafo acima, o campeão de cada divisão já garante sua classificação. Como cada conferência tem quatro divisões, quatro classificados. Como a Liga tem duas conferências, oito classificados pelo “título divisional”, quatro da AFC e quatro da NFC.

Pois bem, agora restam apenas quatro vagas. Essas também serão divididas igualitariamente entre AFC e NFC.

Como foi introduzido previamente, essas quatro vagas restantes são ocupadas pelas equipes que levarem vantagem na repescagem (ou Wild Card). E é bem simples como esse funciona: o Wild Card manda aos playoffs os dois melhores times de cada conferência que não venceram suas divisões. 

“Ah, então é por isso que já vi três equipes de uma mesma divisão classificadas aos playoffs?”  Sim! Nesse caso, os dois melhores times da conferência que não foram “campeões divisionais”, coincidentemente, fizeram parte da mesma divisão. Ou seja, são três times, pois: um consagrou-se campeão (garantindo assim a vaga automaticamente) e os outros dois levaram na repescagem.

“É possível que todos os times de uma divisão vão aos playoffs na mesma temporada?” Não! Como uma divisão tem quatro times, seu campeão garante uma vaga e apenas outras duas franquias podem fazer o mesmo (pelo Wild Card), esse fato não é possível. O número máximo de equipes classificadas por divisão é três e o mínimo é um, pois toda divisão sempre terá seu vencedor após o término de cada temporada, seja ele bom ou não.

A CONTRADIÇÃO

Um dos pontos mais contraditórios dos playoffs da NFL tem a ver com o que foi dito no parágrafo anterior. No atual formato imposto pela Liga, é possível que um time com mais derrotas do que vitórias (7-9, por exemplo) vá aos playoffs e uma equipe que teve nove triunfos na temporada (9-7) fique de fora.

“Mas por quê?” Isso acontece pelo seguinte fato: como exposto, o primeiro requisito para estar dentro da pós-temporada da NFL é vencer sua divisão. Assim, já aconteceu – e vem acontecendo nos anos mais recentes – de alguma divisão ter seu campeão com uma campanha negativa. Por outro lado, nesse mesmo ano, as outras três divisões da mesma conferência podem estar competitivas, e terem (cada uma) pelo menos dois times com campanhas positivas. Desse modo, a repescagem “pegaria” apenas duas dessas franquias, deixando ao menos uma desclassificada mesmo após ter um ano vitorioso.

FOLGAS E MANDO DE CAMPO

Agora que você já sabe como os times se classificam, é hora de explicarmos o que são as folgas na pós-temporada e como os mandos de campo são definidos.

As folgas de pós-temporada são disputadas pelos quatro campeões de divisão, cada qual em sua conferência. Os dois “campeões divisionais” que tiveram as melhores campanhas gerais garantem o descanso na primeira rodada dos playoffs. Ou seja, a AFC e NFC têm – cada uma – dois times folgando por pós-temporada.

O mando de campo em jogos da pós-temporada também é definido pela campanha que cada time teve ao longo da temporada regular. Campanhas melhores sobressaem diante de campanhas inferiores, sempre limitadas pelo fato de ser ou não “campeão divisional”. Ou seja, times que vencem suas divisões sempre jogarão em seus domínios contra adversários que se classificam via Wild Card. Entre os campeões de divisão, quem tiver a melhor campanha, joga em casa.

ORGANIZAÇÃO DOS CONFRONTOS

Como tudo devidamente explicado, é hora de entrarmos um pouco na organização dos playoffs, como são os chaveamentos e qual é o caminho das franquias até o Super Bowl. Importante deixar claro que os duelos que serão explicados abaixo acontecem em ambas às conferências que, através disso, terão seus respectivos campeões, os quais se enfrentam na grande final.

RODADA WILD CARD: a primeira rodada dos playoffs da NFL recebe o nome de Rodada de Wild Card. Nela, os times que receberam as folgas (campeão de divisão #1 e #2) não jogam, estabelecendo os seguintes confrontos: campeão de divisão #3 versus classificado pelo Wild Card #6 e campeão de divisão #4 versus classificado pelo Wild Card #5. Os duelos são simples e diretos; quem vencer avança e quem perder volta pra casa.

RODADA DIVISIONAL: a rodada seguinte, enfim, inclui os melhores campeões de divisão, os quais haviam folgado na Rodada Wild Card. Agora, o campeão de divisão #1 (por ter sido o melhor time da conferência) tem a vantagem de jogar contra o pior time ainda na disputa.

 “Ah, então não é como no futebol que a tabela de jogos é previamente estipulada?” Não. No “mata-mata” da NFL tudo depende da posição que cada time se classificou. Por isso, o campeão de divisão #1 nunca enfrentará o #3 na Rodada Divisional. Pois, se o #3 ainda está na disputa, ele é o time de melhor colocação vencedor na rodada Wild Card e por isso, necessariamente, deve encarar o #2 na Rodada Divisional, já que esse ficou pior colocado que o #1.

Esta mesma situação se repete de outra forma: o #2 nunca enfrentará o #6 na Rodada Divisional. Isso porque se o #6 – time de pior colocação entre todos os classificados de uma conferência – sair vencedor na primeira rodada dos playoffs, deverá obrigatoriamente jogar contra o #1, já que esse foi o melhor colocado na temporada regular e recebe essa “vantagem”.

FINAL DE CONFERÊNCIA: após o término da Rodada Divisional, apenas dois times sobrevivem em cada conferência. Deste modo, esses sobreviventes jogarão entre si, em confronto único, para definir qual será o melhor time de cada conferência e que, mais tarde, disputará o Super Bowl.

Ficou claro o que seu time deve fazer para se consagrar na NFL? Ainda tem alguma dúvida, opinião ou sugestão? Entre em contato conosco pelo nosso email ou nos comentários abaixo.

Postagens Relacionadas









Caio Miari acompanha a NFL há quase 10 anos, é estudante de jornalismo e sempre teve o sonho de atuar nesta área com o futebol americano. Responsável pela edição e revisão dos textos publicados no site, por uma matéria semanal e co-apresentador do Podcast Liga dos 32. No twitter: @CaioMiari