Como as divisões da NFL foram montadas?

31 de março de 2017
Tags: a liga explica, Divisões, marcos garcia, nfl, Realinhamento, tabela,

Free-NFL-Predictions-Divisions

O atual formato de disputa da NFL já é bem familiar a quase todos os fãs do esporte; duas conferências (NFC e AFC) e 16 times divididos em quatro divisões, nas quais as equipes com a melhor campanha garantem uma vaga nos playoffs, assim como outras duas equipes de qualquer divisão com um recorde melhor do que as outras 10 restantes. Chegar até esta estrutura, porém, não foi tão simples assim, e A Liga Explica de hoje vai contar esta história.  Apesar de um pouco confusa no início, a estrutura da liga vem se mantendo intacta desde 2002 e a tendência é que continue desta forma por um longo período de tempo.

Leia Mais: Como são definidos os números dos jogadores

Equilíbrio e continuidade é o que a NFL pretende ter depois das modificações na forma como os times passaram a ser divididos na tabela desde 1970, ano em que a liga se juntou à AFL (American Football League). Com 26 times oficiais, o campeonato daquele ano marcou a estreia das conferências NFC e AFC, uma mudança que segue sendo utilizada até hoje. O número menor de equipes na época fez com que cada conferência tivesse apenas três divisões, formato que permaneceu em uso até 2002 mesmo com a adição de novas franquias, por meio de mudanças de cidade ou pelo processo de expansão. 

Em 1970, a NFL ainda contava com equipes como Boston Patriots, Houston Oilers, Baltimore Colts, St.Louis Cardinals e Los Angeles Rams. Ao longo dos anos e à medida em que os times foram realocados e mudaram de nome, a liga ganhou outras cinco equipes e passou a organizar um campeonato com 31 participantes. O último ano neste formato foi 2001; As três divisões eram separadas em Central, Oeste e Leste e uma delas, a AFC Central, contava com uma franquia a mais em sua composição.

ESTRUTURA DA LIGA EM 2001 – último ano com seis divisões

AFC

AFC Leste: Patriots, Dolphins, Jets, Colts e Bills

AFC Central: Steelers, Ravens, Bengals, Browns, Jaguars e Titans

AFC Oeste: Raiders, Seahawks, Chiefs, Broncos e Chargers

NFC

NFC Leste: Eagles, Redskins, Giants, Cardinals e Cowboys.

NFC Central: Packers, Vikings, Lions, Bucanneers e Bears

NFC Oeste: Rams, 49ers, Saints, Falcons e Panthers.

O REALINHAMENTO DE 2002

texans-2002-liga-dos-32A estreia do Houston Texans em 2002 forçou um novo formato para as divisões da NFL e modificou a liga

A possibilidade de receber um time para “fechar as contas” em todas as divisões e a confirmação de Houston como sede de uma nova franquia fez com que a NFL discutisse na primavera de 2002 o realinhamento da liga. As votações acabaram tendo um resultado unânime e todas as 32 equipes aceitaram a nova estrutura das conferências para os anos seguintes. As conversas, porém, tiveram algumas controvérsias, como por exemplo o pedido de três equipes da antiga AFC Central (Browns, Steelers e Ravens) para continuarem atuando na mesma divisão, mantendo a rivalidade construída ao longo dos anos. Após a negociação de alguns acordos para manter todos os times satisfeitos, a NFL anunciou as mudanças, que desde então permanecem intactas. A nova estrutura permitiu uma separação geográfica das equipes por meio das novas divisões e também possibilitou algumas alterações interessantes:

– O Seattle Seahawks foi a única equipe que mudou de conferência após o realinhamento, saindo da AFC Oeste para a NFC Oeste.

– O Arizona Cardinals foi outra equipe que se mudou para a NFC Oeste, após atuar desde 1988 na NFC Leste.

– A AFC Sul, divisão nova criada pela liga, recebeu Titans e Jaguars, que já atuavam entre si na AFC Central, além do Indianapolis Colts e do Houston Texans, a equipe mais recente da NFL.

– A divisão NFC Sul ganhou a presença de Tampa Bay Buccaneers, New Orleans Saints e Carolina Panthers.

– As antigas NFC e AFC Central foram rebatizadas com o nome de AFC Norte e NFC Norte.

Com 32 equipes e uma nova estrutura, a NFL modificou o formato de classificação para os playoffs e ainda passou a estabelecer um rodízio de adversários para garantir que todos os times enfrentassem uns aos outros pelo menos duas vezes em um período de oito anos. O realinhamento de 2002 propiciou grandes e importantes mudanças nos últimos 13 anos e teve uma boa aceitação por parte dos torcedores e franquias. Com grandes rivalidades já estabelecidas e um bom equilíbrio entre os times, as oito divisões da NFL oferecem as condições perfeitas para um campeonato disputado e justificam ano após ano as mudanças realizadas em 2002.

Postagens Relacionadas









Marcos Garcia é fã assíduo da NFL desde 2008, já escreveu sobre o assunto por dois anos no Jornaleirosdoesporte.com e está sempre ligado nas novidades da liga e também da NCCA. Responsável pela edição e revisão dos textos publicados no site, por uma matéria semanal e é um dos analistas do Programa Debate NFL, toda quinta, ao vivo aqui no site. No twitter: @markosvinicius6