Training Camp – Indianapolis Colts

29 de julho de 2016
Tags: Andre Korb, colts, training camp,

IND

De 05/08 a 11/08

No oitavo dia do training camp, na sexta-feira, a velocidade e intensidade das jogadas foram reduzidas. A equipe se preparou para enfrentar o Green Bay Packers no domingo pelo jogo do Hall da Fama e com um jogo a mais na pré temporada do que as demais equipes não havia a necessidade arriscar nada nesse treinamento. A jogada do dia foi um passe de Andrew Luck para T.Y. Hilton, que executou com perfeição uma rota crossing, bateu seu marcador e recebeu a bola com apenas uma mão em uma das mais belas recepções do training camp. Outro destaque do ataque foi novamente Josh Ferguson, que está claramente a frente de Robert Turbin na briga pelo posto de RB2 e se conseguir levar o sucesso do training camp para os jogos da temporada regular vai fazer bastante barulho esse ano. No domingo, como todos ficaram sabendo, a organização do jogo do Hall da Fama cometeu um erro terrível e estragou o gramado sintético, impedindo a realização do jogo. Esse cancelamento foi desastroso para a preparação da equipe que só voltou a treinar na terça-feira.

O ataque aéreo continuou funcionando e vários recebedores apareceram bem, T.Y. Hilton, Donte Moncrief, Phillip Dorsett e até os menos comentados Tevaun Smith e Chester Rogers. Luck lançou várias bolas em profundidade com ótimo aproveitamento que resultaram em 5 TDs e apenas 1 INT. O lance da interceptação foi numa bola disputada entre Mike Adams e Phillip Dorsett. Melhor pra o veterano de 35 anos que recebeu elogios. Já Dorsett foi cornetado por Robert Mathis: “Um cara de 35 ganhando de um cara de 25” (Dorsett na verdade tem 23 anos). Dia 11/08 aconteceu a última atividade do training camp. Mais um dia com treinos em marcha reduzida, mais focados nos fundamentos, sem exigir muito da parte física. Fora Luck e Hilton (sim, eles continuaram fazendo sua mágica) os destaques ficaram por conta de Adam Vinatieri que acertou 11 chutes consecutivos, Pat McAfee que voltou a treinar depois de uma leva torção no joelho e Scott Tolzien, sobre o qual não falamos muito mas fez um trabalho sólido com o ataque do segundo time. Agora a equipe retorna para Indianapolis, onde farão a preparação para os jogos da pré temporada e o últimos ajustes para a temporada regular que inicia dia 11 de setembro contra o Detroit Lions.


 

De 29/07 a 04/08

O terceiro dia do camp rolou sem muitas novidades, e isso às vezes é uma boa notícia. Erick Swoop vem se firmando como o tight end número 3, atrás de Dwayne Allen e Jack Doyle. Os TYs (Hilton e McGill) continuaram surpreendendo positivamente. Ryan Kelly, escolha número 1 do Colts no draft saiu mais cedo do treino do quarto dia e teve seu ombro enfaixado por um período, mas nada de muito grave. Jonotthan Harrinson teve chance como center número 1 e errou um snap e isso é tão ruim quanto a lesão de Kelly.

No dia 5 Andrew Luck acertou 17 de 21 passes, para 6 TDs e 1 INT. Outro destaque foi Earl Okine, que vem atuando no pass rush onde a equipe precisa desesperadamente de talento. Okine fez várias jogadas expressivas, deixando alguns jogadores da linha ofensiva reserva envergonhados, tamanha a facilidade do defensive end em passar pelos bloqueios. O time sofre com as lesões dos safeties. O CB Darius Butler atuou na posição improvisado e recebeu muito elogios. Butler é muito atlético e conhece o sistema defensivo do Colts como poucos.

No sexto dia o treino foi à noite, no estádio da Universidade de Anderson. O destaque ficou por conta de Winston Guy, que devido à falta de safeties teve mais oportunidades e interceptou Scott Tolzien duas vezes. A equipe liberou o primeiro deph chart da temporada sem muitas surpresas. T.J. Green aparece como safety titular, mas a posição deve ser de Clayton Geathers assim que se recuperar da lesão no pé. O ataque não foi muito bem e o único destaque ficou por conta de Josh Ferguson que continua impressionando e está cada vez mais próximo de garantir a vaga de RB número 2. No dia 7 de training camp o atleta continuou mostrando porque merece essa vaga: com as costas para a parede, a linha ofensiva abriu um belo corredor que Ferguson encontrou rapidamente e conseguiu um belo avanço. Joe Retiz, que é listado como RT titular saiu do treino mais cedo e o calouro Joe Haeg assumiu.


 

De 26/07 a 28/07

Os atletas do Colts se apresentaram para os exames iniciais terça-feira, dia 26. O clima geral foi de animação, com destaque para Andrew Luck, que falou com a imprensa e se mostrou muito animado com o início dos treinamentos. Luck garantiu que está 100% saudável e pronto para deixar 2015 para trás.

Mas nem tudo foi alegria: Arthur Jones falou com os reporters presentes e pediu desculpas aos fãs e à franquia pela suspensão. Jones falou que fez um péssimo trabalho não prestando atenção à lista de substâncias proibidas da liga, mas se negou a dar detalhes do caso, como qual substância ele usou ou se vai apelar da decisão que o suspendeu por 4 jogos. Outro ponto negativo da apresentação foi o S Clayton Geathers, que se apresentou usando uma bota ortopédica. Geathers, que deve ser titular nessa temporada se machucou treinando sozinho no período de férias e foi listado na NFI (lista de atletas que sofreram lesões sem ligação direta com o esporte). Henry Anderson que foi destaque defensivo no ano passado ainda se recupera da lesão que sofreu e está na lista PUP (fisicamente incapaz de atuar). Ambos podem ser retirados dessas listas e voltar a treinar quando a equipe achar prudente.

Quarta-feira foi o primeiro dia de treino para os atletas do Colts. Vários sustos do início ao fim do treinamento: cinco atletas precisaram de atendimento médico, mas nenhum com muita gravidade.  O primeiro a receber atendimento foi o S TJ Green, logo no início do treino. Depois de alguns minutos no chão, Green levantou-se de caminhou vagarosamente para a tenda da comissão técnica. Em seguida foi a vez do OT Le’Raven Clark, DE Streling Bailey e do RB Josh Ferguson, todos novatos assim como Green. O único veterano que precisou de atendimento foi Winston Guy. A equipe informou após o treino que todos os atendimentos foram devido a cãibras. Na quinta-feira porém foi anunciado que TJ Green sofreu um estiramento na panturrilha e deve perder alguns dias de treino.

Sustos a parte, foi um treino satisfatório, onde vários atletas importantes que retornam de lesões tiveram boas participações, como Donte Moncrief, Hugh Thornton e Arthur Jones. Destaque especial para D’Joun Smith, que apesar de estar voltando de uma temporada marcada por lesões, participou de várias repetições, aparecendo bem em algumas jogadas defensivas.

A linha ofensiva está bem definida. A equipe deve iniciar a temporada com o LT Anthony Castonzo, LG Jack Mewhort, C Ryan Kelly e RT Joe Reitz. A única dúvida parece estar na posição de right guard onde Hugh Thornton, que ainda não conseguiu mostrar serviço pelo Colts, teve que dividir seu tempo na equipe principal com Jonotthan Harrison e Denzelle Good, mas Thornton parece ser o dono da posição no momento.

A defesa da equipe foi muito bem, parando o ataque e conseguindo inclusive duas interceptações contra Luck, com Winston Guy e Patrick Robinson. Destaque também para TJ Green, defendendo um passe para Jack Doyle e Trent Cole, que conseguiu passar pela OL e chegar ao QB, parando a jogada.

No treino de quinta os desfalques foram TJ Green, como esperado, e Sio Moore, que foi poupado depois de um companheiro pisar acidentalmente em seu pé no treino de quarta. Andrew Luck mostrou mais sincronia com seus recebedores e acertou 21 dos 32 passes tentados. T.Y. anotou um TD, mas não o T.Y. que você está pensando. O DT T.Y. McGill, de 140 quilos, mostrou muita percepção na jogada e interceptou Luck em um passe lateral para o RB. McGill retornou a bola até a end zone e anotou 6 pontos para a defesa.

Phillip Dorsett vem aparecendo muito nos treinos até agora, participando de muitos snaps com o time principal e recebendo vários passes. O atleta foi protagonista em uma jogada reverse, onde normalmente um WR rápido atua como RB, correndo contra o sentido inicial da jogada. Outro atleta que tem se destacado é o RB Josh Ferguson, que também tem ficado bastante tempo entre os titulares e tem impressionado nos treinos, achando os buracos abertos pela OL e capitalizando grandes avanços. O atleta vem sendo usado também entre os retornadores.

Hoje, dia 29 será o primeiro treino com pads, o que deixará o treino mais intenso e físico, um ambiente mais próximo da realidade dos jogos.

Postagens Relacionadas









André Korb acompanha a NFL desde 2006, quando foi conquistado pela mistura de estratégia, inteligência e força física do esporte. Tem interesse especial por estatísticas e história do jogo. É editor do podcast e redator no Twitter. No Twitter: @andrekorb