Boletim sobre as recuperações de Bridgewater e Luck

17 de outubro de 2017
Tags: bridgewater, luck, Notícias do Dia, Rafael Storone,

Em janeiro deste ano, o quarterback do Colts, Andrew Luck, foi submetido a uma cirurgia no ombro para corrigir um problema que teve Resultado de imagem para andrew luckinício em 2015. Nove meses depois, o atleta ainda não voltou a treinar com o time titular e os prazos para sua volta sempre são adiados. A princípio, esperava-se que ele voltasse a campo dentro das cinco primeiras semanas; porém, não há mais uma data definida para que isso aconteça, havendo a esperança de que ele jogue em 2017. Essas foram as palavras do próprio quarterback na sideline da partida contra o Titans na última segunda-feira. Talvez ele esteja sendo pessimista, mas com todos os erros já cometidos pela comissão técnica em sua recuperação, espera-se que, desta vez, ele volte a atuar apenas quando tiver totais condições para que não haja nenhuma recaída ou uma nova lesão. Muita coisa mudou desde a última partida de Luck pelo Colts; inclusive, ele não treinou nenhuma vez com alguns novos jogadores como o running back calouro Marlon Mack. Além disso, Jacoby Brissett ainda está aprendendo a lidar com o ataque e o livro de jogadas do time, o que limita o desempenho de ambos. Mesmo assim, a temporada do Colts não está perdida, já que a divisão é muito equilibrada e a franquia ainda está uma vitória atrás dos outros times.

LEIA MAIS: Houve erro de estratégia para lidar com a lesão de Luck?

No caso de Teddy Bridgewater, sua lesão foi mais séria e ocorreu antes do início da temporada passada. O atleta teveResultado de imagem para teddy bridgewater uma lesão no joelho e muitos diziam que isso poderia encerrar sua carreira, mas Teddy teve uma ótima recuperação e deve voltar aos treinos muito em breve, pois já foi liberado pelos médicos para realizar esse tipo de atividade. Bridgewater foi colocado na PUP list e não deve sair dela até que tenha totais condições de jogo; a comissão técnica espera e acredita que ele estará apto a jogar ainda em 2017, não havendo a necessidade de colocá-lo na injured reserve. Ian Rapoport, reporter da NFL, disse que o quarterback deve ser ativado pelo Vikings nessa semana ou na próxima, porém Mike Zimmer afirmou que deve utilizar o prazo permitido pela PUP list de ativar o atleta apenas 21 dias depois do início de seus treinamentos e salientou que não há pressa em relação à sua volta a campo. O Vikings lidera a NFC Norte, mas o então titular, Sam Bradford, lesionou-se e não vem participando das partidas. A franquia precisa de continuidade na posição de quarterback para que a temporada não seja comprometida e será interessante ver a disputa entre Bridgewater e Bradford quando ambos estiverem saudáveis.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

 

Postagens Relacionadas









Rafael Purcini Storone é redator da Liga dos 32 e escreve uma matéria de tema livre às terças-feiras, além do Bizarro Mundo Oval às quartas. No Twitter: @Rafastorone