Training Camp – Cincinnati Bengals

29 de julho de 2016
Tags: Andre Korb, bengals, training camp,

 

CIN

De 05/08 a 11/08

Semana movimentada e cheia de visitas ilustres aos treinamentos do Bengals. Primeiro foi Kevin Greene que parou para exibir sua novíssima jaqueta dourada que recebeu no último final de semana ao entrar para o Hall da Fama. O astro que defendeu as cores de Rams, Panthers e Steelers fez treinamentos com o DE Margus Hunt na offseason e deu algumas dicas para outros defensores do Bengals durante a visita. Derron Smith, Jake Kumerow, Ryan Hewitt e Chris Lewis-Harris voltaram aos treinos. Kumerow perdeu quase uma semana inteira com problemas no músculo posterior da coxa. Por outro lado AJ McCarron não treinou com um desconforto no pescoço.

Na quarta o Bengals fez um treino em conjunto com o Vikings que gerou interesse e a visita de Tom Coughlin, ex-técnico do New york Giants. As equipes treinaram em clima até certo ponto harmonioso por dois dias consecutivos antes de se enfrentarem no dia 12 pela pré temporada. A exceção ficou por conta de Adam Jones, que bateu boca com o técnico Mike Zimmer e trocou alguns empurrões com o WR Adam Thielen, ambos do Vikings. Os donos da casa não tiveram um bom desempenho frente ao time de Minneapolis. A defesa do Vikings dominou o ataque do Bengals e chegou nos QBs com certa facilidade tanto no time principal quanto no time número 2. Para piorar a situação Andrew Bilings, escolha de quarto round do draft desse ano saiu carregado do campo. O atleta fará um exame de ressonância magnética no joelho para saber qual a gravidade da lesão.

Brandon LaFell vem fazendo um bom camp, assim como o novato Tyler Boyd e a expectativa é que a dupla consiga suprir a falta de Mohamed Sanu e Marvin Jones. Outro atleta que vem fazendo um bom trabalho é o TE C.J. Uzomah, que vem conseguindo boas recepções consistentemente pelo meio do campo.

 

 


 

De 29/07 a 04/08

Com a saída de Mohamed Sanu e Marvin Jones ninguém teve mais a ganhar do que Jake Kumerow. O atleta assinou com o Bengals em 2015 após não ser escolhido no draft e passou a temporada passada no practice squad. Mas esse ano o jovem vem impressionando desde os primeiros treinamentos e no training camp não está sendo diferente. Kumrow foi destaque no primeiro dia, batendo Dre Kirkpatrick e William Jackson III em jogadas importantes. Outro atleta que deve se beneficiar é o calouro WR Tyler Boyd, que talvez tenha mais tempo de jogo do que os demais escolhidos no draft desse ano. No segundo dia de treino a defesa mostrou serviço e o S Derron Smith de apenas 1,78m interceptou Andy Dalton em um passe que tinha como alvo o WR Cody Core, que tem 1,90m. Esse foi apenas um dos vários turnovers cedidos pelo QB no training camp. Dalton teve como destaque em 2015 justamente a segurança, sendo interceptado apenas 9 vezes durante toda a temporada e deve entrar no ritmo aos poucos. Alguns atletas sofreram com cãibras, como Tyler Boyd, Cody Core e Dre Kirkpatrick.  No terceiro dia Tyler Boyd continuou trabalhando duro e mostrando resultado, com excelentes recepções. A.J. Green só é notícia quando não faz jogadas espetaculares e até esse momento ele continua sendo ele mesmo. Já Rashaun Simonise vem mostrando dificuldade em se adaptar à NFL após jogar na CFL. Até mesmo em jogadas simples o atleta vem se complicando e dificilmente deve passar pelos cortes que reduzirão o grupo de 90 atletas para 53 no início da temporada.

No quarto dia de training camp finalmente os atletas vestiram todo o equipamento de proteção e houve mais contato físico. Josh Shaw vem chamando atenção, mas não como CB, posição na qual estreou na liga ano passado, mas como safety, onde deve atuar mais esse ano devido à fartura de conerbacks e a falta de safeties no elenco. No quinto dia de treino veio uma enxurrada de más notícias referentes ao treino do dia anterior. Jake Kumerow enfrenta uma lesão na parte posterior da coxa. Tyler Kroft e Shawn Williams também saíram do treino mais cedo por causa de lesões. Mas nada se compara à lesão da escolha número 1 do draft, William Jackson III, que rompeu o músculo peitoral, passará por cirurgia e pode perder a temporada inteira. As boas novas ficaram novamente por conta de Tyler Boyd e Cody Core, que continuam impressionando.

 

Postagens Relacionadas









André Korb acompanha a NFL desde 2006, quando foi conquistado pela mistura de estratégia, inteligência e força física do esporte. Tem interesse especial por estatísticas e história do jogo. É editor do podcast e redator no Twitter. No Twitter: @andrekorb