Atuações de destaque na NFC Norte na rodada de abertura da pré-temporada

18 de agosto de 2017
Tags: bears, david telles, lions, Notícias do Dia, packers, vikings,

A bola oval voltou a jogo com o início da pré-temporada da NFL. Mesmo não valendo nada, os jogos servem como preparação para as equipes e dá a oportunidade aos torcedores de observarem os calouros de seus times e outros atletas que poderão contribuir com a principal unidade de suas franquias. Na NFC Norte esse cenário não é diferente e, já com a conclusão da Semana 1 dos jogos amistosos, algumas performances chamaram a atenção. Vamos a elas:

LEIA MAIS: Resumo dos Training Camps 2017

Chicago Bears

O principal destaque do Bears foi o grande investimento do time na intertemporada, o QB calouro Mitchell Trubisky. A 2a escolha geral do Draft teve uma boa participação na derrota de Chicago para o Denver Broncos por 24 x 17, conduzindo o time em todas as campanhas em que obteve pontuações. O atleta completou suas 10 primeiras tentativas de passe, mostrando calma e boa força no braço, além de ter conseguido lidar bem em situações de pressão. Chamou a atenção também como o Bears utilizou bem a movimentação de Trubisky, chamando jogadas na qual o QB se movia para fora do pocket para executar seus passes. No total, o novato completou de 18 passes de 25 tentados para 166 jardas e um TD, além de um rating de 103.1.

Defensivamente, Leonard Floyd deu sequência ao seu desempenho apresentado no training camp, sendo dominante no pouco tempo que esteve no gramado. Explosivo, o LB atacou muito bem a OL adversária e conseguiu um sack logo na primeira campanha ofensiva do Broncos. Vale mencionar aqui a boa participação da linha defensiva, nas quais os titulares Akiem Hicks, Eddie Goldman e Mitch Unrein se mostraram sólidos.

Na secundária, um dos pontos fracos da equipe em 2016, o setor contou com uma grande apresentação do S Eddie Jackson, que começa a despontar na briga pela titularidade. Muito atlético, o produto de Alabama mostrou como é bom na cobertura de passes e que pode ser um grande ativo para Chicago. Os recém-contratados CBs Prince Amukamara e Marcus Cooper atuaram pouco, mas mostraram ser uma clara evolução em relação as peças que o time continha em 2016.

Detroit Lions

O WR Kenny Golladay confirmou o que se esperava dele. Recebedor habilidoso, Golladay foi dominante na partida que resultou em vitória contra o Indianapolis Colts, ao anotar 2 TDs e terminar a peleja como o jogador que teve mais jardas aéreas e pegando todas as bolas lançadas em sua direção.

Ainda no ataque, o QB reserva Jake Rudock deixou para trás um pouco da desconfiança que havia sobre as peças de reposição de Matthew Sttaford. Rudock teve boa presença no pocket e se saiu bem quando teve que usar a pernas para fugir da pressão. Na OL, podemos destacar o trabalho de Greg Robinson como LT, que em 37 snaps jogados só permitiu uma pressão em seu QB.

A linha defensiva da equipe foi bem, contrariando todas as expectativas. Destaque que para A’Shawn Robinson, Bruce Gaston, Jeremiah Ledbetter, Anthony Zettel, Jeremiah Valoaga e Alex Barrett que conseguiram ter um bom desempenho no pass rush e colocaram bastante pressão no QB adversário. A profundidade na DL é fundamental para o Lions, uma vez que a equipe não terá Kerry Hyder para a temporada e o estado de Ziggy Ansah é uma incógnita.

Green Bay Packers

O Packers abriu sua pré-temporada com uma vitória por 24 x 09 contra o Philadelphia Eagles na qual a defesa foi o maior ponto de relevância. O front seven se portou bem, dominando a OL adversária e conseguindo pressões significativas, com destaque para Christian Ringo, Reggie Gilbert e Johnathan Calvin nessa vertente, enquanto que Kenny Clark foi efetivo parando corridas enquanto esteve em campo.

O grupo de CBs mostrou potencial, com o reserva Lenzy Pipkins se destacando. O atleta registrou 3 tackles (sem perder nenhum durante o jogo – deficiência que se notou por parte de GB), 1 passe defendido e um QB hit. Ladarius Gunter e Daquan Holmes completaram as boas atuações dos cornerbacks. Já entre os safeties, o ponto positivo foi Marwin Evans, que impressionou tanto no jogo corrido quanto na cobertura de passes (6 tackles, sendo nenhum perdido, 3 run stops e 1 INT). Seu companheiro de posição Jermaine Whitehead também conseguiu ir bem contra o passe.

No ataque, os WRs Michael Clark e Max McCaffrey não tiveram atuações brilhantes, mas foram sólidos e mostram que podem brigar por uma vaga no roster final.

Minnesota Vikings

O principal ponto fraco da equipe em 2016, a linha ofensiva teve altos e baixos durante a estreia da franquia na pré-temporada. Na vitória por 17 x 10 do Vikings sobre o Buffalo Bills, o setor viu boas atuações dos centers Nick Easton e Pat Elflein, mostrando que a disputa pela posição está em aberto. O OG Danny Isidora foi efetivo na proteção para o passe, porém os OTs foram mal, em especial o titular Mike Remmers.

O RB calouro Dalvin Cook continua impressionando. Nesse jogo Cook encontrou dificuldades para correr, porém foi um alvo importante no jogo aéreo, recepcionado 4 bolas para 30 jardas. Entre os recebedores o também calouro Stacy Coley demonstrou que pode ser uma ameaça em profundidade (foram 3 recepções para 67 jardas).

Já a defesa, carro-chefe de Minnesota, continua sendo um show quando se fala em pressão no QB adversário. Apesar de só ter feito 3 sacks, a unidade conseguiu 11 QB hits. Everson Griffen e Danielle Hunter estão em grande forma e podem ser decisivos quando a temporada começar. O reserva Jaleel Johnson também se destacou no pass rush, mas quem realmente deve levar créditos aqui é o LB Tashawn Bower. O calouro impressionou ao colocar pressão em 5 oportunidades, com 1 sack e 1 QB hit, além de sido efetivo contra a corrida ao parar 3 investidas pelo chão. Isso levou Bower a ser escolhido pelo PFF como o jogador da rodada na NFC Norte.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Postagens Relacionadas









David Telles é o setorista da NFC NORTE. Analisa Packers, Bears, Lions e Vikings às segundas e sextas aqui no site. No projeto setoristas, falamos dos 32 times a cada duas semanas! Siga-o no Twitter para acompanhar mais da cobertura dessa divisão e debater sobre as matérias: @DavidRTelles