quarta-feira, 29 de junho de 2016

Compartilhe

640Luck032916

O Indianapolis Colts anunciou nesta tarde a renovação do contrato de Andrew Luck por mais cinco anos que, somados ao ano em que Luck ainda teria no acordo de calouro assinado em 2012, contabilizam seis anos do atleta por lá. Algum tempo atrás, Jim Irsay, dono do time, havia prometido um contrato impactante ao jogador e a promessa foi cumprida: são  U$ 140M (U$ 87M garantidos) pelos seis anos de contrato, colocando-o como o atleta mais bem pago da história da NFL com uma média anual de U$ 23,3M.

“Estou entusiasmado e ansioso para continuar com essa grande organização. Agradeço a Irsay e sua família por depositar em mim toda essa confiança, não vejo a hora de a temporada começar”. Andrew Luck tem muito a agradecer, pois o acordo mostra o tamanho da confiança a qual Irsay e o Colts têm no atleta, que tem feito por merecer, visto que conseguiu 14.838 jardas aéreas em apenas quatro anos como profissional, colocando-o na quarta posição entre os QBs de toda a história no mesmo período de tempo.

Para Irsay, esse acordo valerá muito a pena: “Hoje é um dia marcante para essa organização e para os fãs do time no mundo todo. Andrew é um ótimo profissional, dotado de um talento extraordinário e é nosso líder dentro e fora do campo. Quando vemos o quanto o time cresceu ao longo desses quatro anos em que Luck esteve atrás do Center, só podemos ficar entusiasmados quanto ao futuro”. O atleta de 26 anos foi um dos motivos da dispensa de Peyton Manning em 2012, quando o time acordou em não assinar um novo acordo com o veterano, que vinha de uma séria lesão no pescoço, para selecionar Andrew Luck com a primeira escolha do Draft de 2012.

A confiança no atleta não é uma novidade para os torcedores do time de Indianapolis, que esperam dele a liderança apresentada na pós-temporada de 2013, quando levou o time a uma virada histórica após 28 pontos de desvantagem na rodada de Wildcard contra o Kansas City Chiefs. Andrew Luck está chegando na 5ª temporada com o Colts e teve em 2014 o seu melhor ano, quando lançou para 4.761 jardas e 40 TDs. Porém, ele não conseguiu repetir os mesmo números, graças a lesões que o tiraram de grande parte da temporada.

Compartilhe

Comments are closed.