sexta-feira, 19 de Maio de 2017

Compartilhe

O Buccaneers possui uma das equipes mais promissoras da NFL em 2017. Na última temporada o time de Tampa conseguiu uma campanha de 9 vitorias e 7 derrotas, ficando à apenas uma vitória da vaga aos playoffs. Nesta offseason, como discutimos neste texto, o Bucs buscou dar mais armas e melhores condições ao QB Jameis Winston, com a intenção de otimizar a sua evolução e buscar objetivos maiores na temporada 2017. Um dos obstáculos para esta meta é a dificuldade da tabela do Buccaneers.

Este ano jogar na NFC Sul será bem difícil, todas as equipes teoricamente estão mais fortes e buscaram fechar as brechas que possuíam nesta offseason. Obviamente que isto não quer dizer que todos os times da divisão estarão espetaculares, mas é seguro afirmar que os confrontos divisionais estarão ainda mais equilibrados nesta temporada. Além dos confrontos divisionais, todo o restante do calendário do Bucs é repleto de jogos difíceis. Será um teste bem duro para um time que busca uma mudança de patamar dentro da NFL.

O Buccaneers estreia contra o Dolphins em Miami, um jogo bem complicado contra um bom adversário e que esteve nos playoffs na última temporada. Estrear com vitória seria muito importante, porém não enxergo como uma obrigação. Além disto, o primeiro jogo sempre é o mais complexo, ainda mais em um time com várias peças novas, principalmente no ataque. Coloquei este jogo em destaque exatamente por ser a semana 1 e também por ser contra um time que é equilibrado e que manteve sua base. É um começo difícil, mas que será muito interessante para avaliar em qual nível se encontra a equipe do Bucs.

Vencer a divisão é o objetivo de qualquer equipe no inicio da temporada, o Buccaneers tem condições para isto, porém vamos analisar os confrontos fora da NFC Sul. Os jogos divisionais são ainda mais imprevisíveis, e como dito acima, provavelmente serão extremamente equilibrados, sendo assim, considero válida uma análise que vá além dos confrontos internos. Separei entes confrontos restantes em três grupos: Jogos em Tampa contra adversários da NFC, jogos na casa dos adversários contra equipes da NFC e jogos contra times da AFC.

Neste primeiro grupo temos os confrontos contra: Bears na semana 2, Giants na semana 4 e Lions na semana 14.  Considero estes três jogos como confrontos em que a vitória é fundamental. O Bears não fez uma boa temporada e não acredito numa grande evolução do time de Chicago neste ano, portanto a vitória deve ser considerada uma obrigação. Os confrontos contra Giants e Lions são bem mais complicados, ambos são times que foram aos playoffs da temporada passada, o Lions inclusive com a mesma campanha 9-7 do Buccaneers. Sem dúvidas serão confrontos bem difíceis, mas são jogos que a equipe de Tampa precisa vencer para se posicionar bem dentro da Conferência Nacional.

No segundo grupo, temos mais alguns encontros contra equipes da NFC, mas realizados fora de casa. Vikings na semana 3, Cardinals na semana 6 e Packers na semana 13, são os jogos deste bloco. Como podemos perceber, são partidas bem difíceis, porém seria importante para o Bucs conseguir no mínimo uma vitória dentro destes confrontos. Na temporada passada o Packers foi aos playoffs, já Vikings e Cardinals não se classificaram, todavia possuem bons times, e podem disputar uma vaga à pós-temporada neste ano. Teoricamente também são equipes que estarão melhores, sendo assim, estes jogos podem ser confrontos diretos por uma vaga aos playoffs.

No último grupo de jogos que separamos, temos os disputas contra adversários da Conferencia Americana. Além do já comentado Dolphins, os jogos restantes são contra Patriots na semana 5 e Jets na semana 10, que serão realizados na casa do Buccaneers, e ainda o confronto contra Bills na semana 7, jogo que acontecerá em Buffalo. Destas partidas, obviamente o mais difícil é contra o Patriots. Diante do Bills, apesar de fora de casa, é um confronto que o Bucs tem boas possibilidades de buscar uma vitória. Fechando os embates com a AFC, a partida contra o Jets em Tampa é um jogo em que uma vitória é fundamental para as pretensões de playoffs.

Somando estes três grupos aos jogos divisionais, temos o seguinte panorama para o Bucs: Nos 16 confrontos, em 8 deles a disputa será contra times que foram aos playoffs, jogará contra Packers e Cardinals fora de casa, e irá enfrentar o atual campeão do Super Bowl. É verdade que também podemos dizer que cinco adversários neste ano serão equipes que tiveram campanhas negativas em 2016, porém dentre estes times, Panthers, Saints e Cardinals, podem e devem evoluir para a temporada 2017.

Em sua campanha 9-7 na temporada passada, o Bucs teve um desempenho 4-2 dentro da divisão, o que considero muito bom, porém nos jogos dentro de casa o desempenho 4-4 não é o ideal. Para conseguir a classificação dentro desta divisão tão difícil, será muito importante melhorar o aproveitamento nos jogos realizados em Tampa. Além disto, caso não consiga garantir a NFC Sul, vencer os jogos em casa, principalmente contra times da NFC, pode ser a chave para uma classificação via Wild Card.

Em 2014 o Panthers conquistou a NFC Sul com uma campanha negativa de 7-8, atualmente um campeão desta divisão com este nível de aproveitamento é extremamente improvável. O Bucs tem totais condições de vencer a divisão, todavia não será nada fácil, esta é uma das poucas divisões de toda a NFL, talvez a única, em que os quatro times são candidatos ao título. Ao analisarmos um pouco mais a fundo os confrontos da equipe de Tampa, conseguimos observar que a tabela não é nada simples. A ideia deste texto é exatamente mostrar que o caminho não será fácil, principalmente para um time que ainda está em evolução, todavia pelo que foi apresentado ano passado, e pelos jogadores que chegaram, acredito que o Buccaneers é forte candidato a uma vaga nos playoffs nesta temporada.


Acompanhe nosso conteúdo mais de perto e fique por dentro de tudo o que rola na NFL e NCAA: Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook. Para ganhar DEZENAS de benefícios e se tornar um apoiador do site e do nosso trabalho, clique aqui.

Compartilhe

Comments are closed.