A história do prêmio de MVP na NFL

23 de agosto de 2016
Tags: a liga e a historia, Gabriel Plat, nfl,

A-liga-e-a-historia-L32

Ele é o prêmio mais importante de praticamente todas as grandes ligas americanas. O Prêmio de Jogador Mais Valioso (MVP na sigla em inglês) é dado, obviamente, ao jogador com melhor desempenho durante toda a temporada regular dentre todos da liga. Na NFL, o prêmio está presente por nove décadas, premiando jogadores desde a época amadora da liga até os dias atuais, onde o campeonato é um dos mais valiosos de todo o mundo esportivo. Mas o prêmio de MVP sempre foi da maneira que conhecemos hoje? A resposta, é claro, é não.

 

A história de Joseph Carr

Joseph Carr, ao meio, no dia em que foi reeleito presidente da NFL

Antes de falar do prêmio de melhor jogador da temporada, precisamos falar de Joseph Carr. Nativo da cidade de Columbus, Ohio, Carr nasceu em 1879 (!) e com isso pode ver todo o primeiro processo de amadurecimento e da evolução do futebol americano. Sua história com a NFL começou em 1907, quando ele refundou o Columbus Panhandles, que havia sido extinto em 1904. Em 13 anos, Carr fez com que os Panhandles se tornassem o “time de futebol americano profissional mais renomado dos Estados Unidos” de acordo com o Fort Wayne Journal. Seu trabalho no comando do time o levou para a presidência da Associação de Futebol Americano Profissional (APFA na sigla em inglês). Graças a seu trabalho de expansão da liga, a APFL ganhou pela primeira vez o nome de NFL, já que seus times agora estariam espalhados em território nacional e não apenas na região de Ohio. Joseph Carr ficou no cargo até 1939, quando acabou falecendo por conta de um ataque cardíaco.

Mas vamos com calma: o que isso tem a ver com o prêmio de MVP?

Bom, foi logo após a sua morte que ele surgiu. George Halas, lenda do Chicago Bears, propôs para a liga que o prêmio de melhor jogador da NFL — que havia sido aprovado naquele ano — fosse nomeado como Troféu Joe F. Carr, o que foi prontamente aceito. O Joe F. Carr Trophy durou entre 1938 e 1946 e permanece até hoje como o único prêmio de MVP sancionado oficialmente pela liga.

 

Dias Atuais

Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers, vencedor do prêmio de MVP da NFL em 2014

Depois do fim do Troféu Joe F. Carr, vários veículos realizaram seus próprios prêmios de melhor jogador da temporada. Entre eles, destaca-se o prêmio dado pela Associated Press, votado por jornalistas do meio esportivo ao fim da temporada regular e divulgado apenas no dia anterior ao Super Bowl. Hoje, o prêmio de MVP da NFL feito pela AP é o que possui o maior prestígio e é também o divulgado pela NFL em sua noite de premiações, a NFL Honors. A AP começou a premiação em 1957 e o mantém até hoje.

Além da Associated Press, temos o prêmio de MVP feito pelo Pro Football Writers of America, Sporting News e United Press International. O prêmio de MVP feita pela Newspaper Enterprise Association recebia o nome de Jim Thorpe Trophy, que possuía grande prestígio na década de 50. Esse prêmio de MVP, assim como o feito pela cerveja Miller Lite, pararam de serem feitos no fim da década de 2000.

 

Curiosidades

  • O primeiro vencedor do Troféu Joe F. Carr foi Mel Hein, center e linebacker do New York Giants em 1938. Você não leu errado, ele era center e linebacker mesmo;
  • Vencedor em 1941 e 1942, o end (antiga posição do futebol americano) Don Hutson, do Green Bay Packers foi o primeiro jogador a ganhar duas vezes o prêmio e também de forma consecutiva;
  • O último vencedor, como todos devem saber, foi Cam Newton, quarterback do Carolina Panthers. Ele também acabou levando o prêmio de Jogador Ofensivo do Ano na mesma temporada;
  • Jogadores de ataque são, sem dúvidas, unanimidade no prêmio de MVP. Desde o começo do prêmio da AP, somente três vezes em quase 60 anos que ele não foi dado para um jogador de ataque;
  • Os únicos jogadores de defesa a vencerem o prêmio são Alan Page, DT do Minnesota Vikings em 1976, e Lawrence Taylor, LB do New York Giants, em 1986.
  • Se o prêmio só não foi dado para um jogador de ataque 3 vezes e só 2 jogadores de defesa foram MVP, quem levou o outro? Um kicker. Sim. Mark Moseley, kicker do Redskins em 1982, levou o prêmio de melhor jogador da temporada e você pode saber essa história clicando aqui;
  • Por incrível que pareça, nenhum wide receiver jamais ganhou o prêmio. Isso se dá porque quando WRs conseguem bons números na liga, os créditos acabam ficando com o quarterback, que acaba levando o prêmio em seu lugar;
  • Johnny Unitas, lendário quarterback do então Baltimore Colts, foi por 42 anos o jogador com mais prêmios de MVP da história da NFL, com três. O número foi quebrado por Peyton Manning, que recebeu seu quarto troféu de MVP em 2009 e ainda receberia seu quinto em 2013 jogando pelo Denver Broncos;
  • O único jogador a ser eleito MVP por unanimidade foi Tom Brady em 2010. Seu destino foi o mesmo da temporada de 2007: ganhou o troféu de MVP, mas perdeu o Super Bowl;
  • O prêmio de MVP já foi dividido em duas ocasiões: em 2003, com os QBs Peyton Manning (IND) e Steve McNair (TEN) e em 1997, com o QB Brett Favre (GB) e o RB Barry Sanders (DET);
  • Brett Favre é o único jogador a ser nomeado MVP por três temporadas consecutivas. O feito aconteceu entre os anos de 1995-97;
  • O último não-quarterback a vencer o prêmio foi Adrian Peterson em 2012, quando correu para mais de duas mil jardas;
  • O Indianapolis Colts é o time que mais teve jogadores nomeados para MVP, com nove no total. Já Jaguars, Texans, Cardinals, Chiefs, Jets, Ravens, Buccaneers e Falcons nunca tiveram um jogador nomeado para MVP;

Postagens Relacionadas









Gabriel Plat acompanha a NFL desde 2009 e se tornou completamente obcecado pelo esporte. Editor da Liga dos 32 e também editor-chefe do portal Blue Star Brasil. Responsável por uma matéria semanal e revisão. Está no twitter como @gabrielplat.