A Evolução do Madden NFL

16 de maio de 2017
Tags: madden, victor hugo,

John Madden Football 92Cena clássica do jogo era a entrada da ambulância, que atropelava  jogadores para prestar socorro aos lesionados

Na última semana foi divulgada a capa e alguns detalhes do Madden NFL 17. O jogo é um dos maiores sucessos da EA Sports com mais de 100 milhões de cópias vendidas durante 26 anos de existência do game. A prévia mostra gráficos de alta qualidade e a interface virtual parecida com a realidade, mas nem sempre foi assim.

LEIA MAIS: Quais jogadores já estiveram na capa do Madden NFL?

A primeira versão o jogo se chamava John Madden Football, em 1988. Para quem não sabe, Madden foi um técnico campeão do Super Bowl com o Oakland Raiders e posteriormente eleito para o Hall da Fama. O dono da EA, Trip Hawkins, junto com o produtor do game, Joe Ybarra, se reuniu com John Madden em uma viagem de trem pois o técnico tinha medo de voar. Mesmo sem conhecimento sobre computadores, o treinador aceitou dar nome ao jogo, em uma forma de ajudar expandir o conhecimento das pessoas sobre o futebol americano.

Com gráficos bem mais modestos aos encontrado hoje em dia, a primeira versão do jogo apresentava dezenas de jogadas ofensivas e defensivas com comentários do “padrinho” do jogo John Madden. A versão vendeu bem, porém nada de excepcional, tendo muitos problemas com velocidade de processamento do jogo devido seu sistema complicado para a época. Dois anos após sua estreia, John Madden Football foi lançado para Super Nintendo e Sega Genesis (Mega Drive) ganhando espaço no mundo dos videogames. Com muitas inovações perante a primeira edição, o jogo ganhava fãs, apesar de não ter nome dos times e jogadores da época por questão de licença com a NFLPA. Isso que só mudou em 1994, ano também em que o jogo passou a se chamar apenas “Madden NFL”.

Os avanços gráficos e de jogabilidade continuaram a ser feitos, como pode ser percebido com as edições do fim dos anos 90. Esse avanço ocorreu muito por causa do lançamento de novas plataformas de jogo como o Playstation, Nintendo 64 e um avanço com a qualidade dos computadores. A partir do ano de 2001, John Madden deu lugar na capa do jogo a um atleta que é escolhido ano após ano. Além das mudanças rotineiras de modo de jogos e gráficas, foram adicionados times da Europa, que fizeram elevar as vendas por todo o mundo.

michael-vick-madden

No “Madden NFL 04”, Michael Vick – até então no Atlanta Falcons -, foi capa e até hoje é considerado o maior jogador da história do game, graças a sua velocidade insana. O “modo Franchise” ganhou mais aprimoramentos: nessa versão o jogador poderia demitir técnicos e comandar até o preço de um cachorro quente no estádio. Pela primeira vez o “Madden NFL” foi escolhido como o jogo do ano, batendo recorde de cópias vendidas. Na metade dos anos 2000, a franquia sofreu com a concorrência do “ESPN NFL 2K”, lançado pela metade do preço. Mesmo com a disputa, Madden NFL continuou sendo o principal jogo de futebol americano no mercado.

Em 2010, com a chegada de Playstation 3 e Xbox 360, as partidas começaram a ser disputadas online e atualizações semanais começaram a ser liberadas, uma vantagem grande, já que a liga muda muito durante a temporada. Além disso, uma “maldição” tomou conta de quem era a capa do jogo. Desde então, o jogador da capa se machucava ou tinha uma temporada fraca tecnicamente. A “maldição” parece ter sido quebrada por Calvin Johnson em 2012, quando bateu o recorde de jardas recebidas em uma única temporada e atuou no mais alto nível.

Em agosto deste ano, será lançado o novo Madden com Tom Brady, do New England Patriots na capa. Com aprimoramentos no modo carreira, um sistema de recepções e gráficos com mais qualidade, o jogo vem para ser mais um sucesso da EA Sports. Na galeria, veja a evolução em imagens desde o John Madden Football até o Madden NFL 17:

Postagens Relacionadas









Victor Hugo sempre foi fanático por esportes, acompanha a NFL desde 2010. Hoje redator do site, é responsável por escrever as notícias do dia e o resumo dos jogos. No twitter: @viquituxo